Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2145

Título: Resistência ao cisalhamento e compressibilidade de um Latossolo sob diferentes usos e manejos.
Título Alternativo: Shear strength and compressibility of a Latosol under different uses and weed management
Autor(es): Pires, Bruno Silva
Orientador: Dias Júnior, Moacir de Souza
Membro da banca: Oliveira, Geraldo César de
Rocha, Wellington Willian
Assunto: Compactação do Solo
Pastagem
Pressão de preconsolidação
Resistência e susceptibilidade
Tensão cisalhante
Data de Defesa: 25-Jul-2007
Data de publicação: 4-Ago-2014
Referência: PIRES, B. S. Resistência ao cisalhamento e compressibilidade de um latossolo sob diferentes usos e manejos. 2007. 85 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: Soil compaction has been pointed out as one of the main process of yield reduction of a number of farming activities. Amongst the affected activities, the ones that suffer the most from this problem are the ones that preserve the soil structure, namely, those which do not imply in having the annual soil tillage. Grasslands and no-tillage planting of maize fit into that reality, since, in most times, the plowing operations of soil in these activities occur as related to soil surface compaction, whether by animal trampling whether by machine traffic, without moisture control. The use of the load support capacity models to aid in preventing or in identifying the more resistant or susceptible managements to soil compaction is a tested and consolidated methodology. However, the shear strength of agricultural soils and its parameters can help and add to the methodologies used at present time. This study was carried out with the objectives of: a) generating load support capacity models for the different managements of a Red-Yellow Latosol; b) identifying through of the use of the load support capacity models the management more susceptible and more resistant to compaction; c) developing shear strength envelopes and obtaining its parameters for the different management systems of a Red-Yellow Latosol; d) comparing the shear strength envelopes and proposing a better soil use based on these managements. The study was conducted in the period of February of 2006 to February of 2007, in the town of Passos, MG, at latitude of 19ºS and longitude 43ºW from Greenwich. The areas of the study lie at an average altitude of 700 m, with annual average temperature of 19ºC, annual average rainfall of 1,709, 4 mm and average slope of 6%. Seven managements in soil under study were evaluated, namely: (1) grasslands irrigated before animal trampling (2) grasslands irrigated after animal trampling (3) grasslands not-irrigated after animal trampling and (4) after animal trembling, access corridor to the enclosures (5) no tillage planting of corn (6), and native woodland (7). The unaisturbed soil samples were utilized in the uniaxial compression test and in the shearing strength trials. Texture, organic matter, field capacity and permanent wilting point were also determined. The management: irrigated and non-irrigated grassland, before animal trampling generated similar load support
A compactação do solo tem sido apontada como um dos principais processos de redução da produtividade de diversas atividades agrícolas. Dentre as atividades afetadas, as que mais sofrem com esse problema são as que preservam a estrutura do solo, ou seja, as que não implicam em ter o preparo do solo anual. As pastagens e o plantio direto de milho se enquadram nessa realidade, pois, na maioria das vezes, as operações de revolvimento do solo nessas atividades ocorrem em função da compactação superficial do solo, seja pelo pisoteio animal ou pelo tráfego de maquinas, sem o controle da umidade. A utilização dos modelos de capacidade de suporte de cargas para auxiliar na prevenção ou na identificação de manejos mais resistentes ou susceptíveis à compactação dos solos é uma metodologia testada e consolidada. No entanto, a resistência ao cisalhamento dos solos agrícolas e seus parâmetros podem auxiliar e somar às metodologias utilizadas na atualidade. Este estudo foi realizado com os objetivos de: a) gerar modelos de capacidade de suporte de carga para os diferentes manejos de um Latossolo Vermelho-Amarelo; b) identificar, por meio do uso dos modelos de capacidade de suporte de carga o manejo mais suscetível e mais resistente à compactação; c) desenvolver envoltórias de resistência ao cisalhamento e obter seus parâmetros para os diferentes sistemas de manejo de um Latossolo Vermelho-Amarelo; d) comparar as envoltórias de resistência ao cisalhamento e propor melhor utilização do solo baseado nestes manejos. O estudo foi conduzido, no período de fevereiro de 2006 a fevereiro de 2007, no município de Passos, MG, à latitude de 19ºS e longitude 43ºW de Greenwich. As áreas do estudo encontram-se a uma altitude média de 700 m, com temperatura média anual de 19ºC, precipitação média anual de 1.709,4 mm e declividade média de 6%. Foram avaliados sete manejos no solo em estudo, sendo: pastagens irrigadas antes (1) e após (2) o pisoteio animal, pastagens não irrigadas antes (3) e após (4) o pisoteio animal, corredor de acesso aos piquetes (5), plantio direto de milho (6) e mata nativa (7). As amostras indeformadas foram utilizadas no ensaio de compressão uniaxial e nos ensaios de resistência ao cisalhamento. Determinaram-se também textura, matéria orgânica, capacidade de campo e ponto de murcha permanente. Os manejos pastagem irrigada e não irrigada, antes do pisoteio animal, geraram modelos de capacidade de suporte de cargas semelhantes e não alteraram a estrutura do solo. Os manejos pastagem irrigada após pisoteio, pastagem não irrigada após pisoteio, plantio direto de milho e corredor de acesso aos piquetes geraram modelos de capacidade de suporte de cargas semelhantes e alteram a estrutura do solo. As pastagens que sofreram o pisoteio animal apresentaram maior resistência ao cisalhamento. De forma geral, a presença de matéria orgânica aumentou a resistência ao cisalhamento. Os ensaios de resistência ao cisalhamento realizados em amostras com maior umidade avaliaram a estrutura do solo de modo semelhante aos modelos de capacidade de suporte de cargas.O ângulo de atrito interno foi mais eficiente para determinar maior ou menor resistência ao cisalhamento em solos agrícolas.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2145
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Resistência ao cisalhamento e compressibilidade de um Latossolo sob diferentes usos e manejos.pdf475,37 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback