Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2155

Título: Colonização, esporulação e caracterização fenotípica e molecular de fungos micorrízicos arbusculares mantidos em cultura
Título Alternativo: Colonization, sporulation and phenotypic and molecular characterization of arbuscular mycorrhizal fungi kept in host culture
Autor(es): Novais, Cândido Barreto de
Orientador: Siqueira, José Oswaldo de
Membro da banca: Covacevich, Fernanda
Souza, Francisco Adriano de
Assunto: Microbiologia e Bioquímica do Solo
Formononetina
Esporulação
PCR-DGGE
Caracterização genotípica
Caracterização fenotípica
Fomononetin
Sporulation
PCR-DGGE
Characterization phenotypic
Characterization genotypic
Data de Defesa: 27-Mar-2008
Data de publicação: 4-Ago-2014
Referência: NOVAIS, C. B. de. Colonização, esporulação e caracterzação fenotípica e molecular de fungos micorrízicos arbusculares mantidos em cultura. 2008. 73 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: The aim of this study was to evaluate the effect of the isoflavonoid formonometin on the colonization and sporulation, and characterize phenotypicaly and genotypically through PCR-DGGE 36 arbuscular mycorrhizal fungi isolates from the collection of Soil Microbiology Laboratory, Department of Soil Science of Federal Lavras University, Minas Gerais, Brazil. The study was conducted in pots (500g) with Brachiaria decumbens in a disinfested soil/sand mixture (2:1). The effect of formonometine was evaluated through the application of 1 mg of MycoformTM (commercial product of PHC, Inc) into the soil in each pot at planting and inoculation and after two months of growth, comparing with a treatment without the product. The treatments were layed out in a completely random design with five replicates. it The root colonization and the spore density of samples collected directly from the pots were evaluated after five month of growth.Phenotypic and molecular characterization was conducted for the isolates that were able to multiply. The molecular analysis was made through the discrimination of the specific V9 region in the 18S rDNA. Colonization and sporulation varied a lot, both between and within the species and the isolates could be grouped on clusters that sporulated abundantly, moderately and sparsely. Thirteen isolates showed successful multiplication, 31% of these isolates responded to the application of MycoformTM, increasing the colonization rate up to 27% and 54% had the sporulation increased up to 54%. The morphological characterization of the spores is in accord with the original descriptions of the species. The molecular evaluation by PCR-DGGE also allowed the differentiation of the species and did not reveled any differences between the isolates of the same species, in agreement with the phenotypic characterization.
O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da aplicação do isoflavonóide formononetina na colonização e esporulação, e caracterizar fenotipicamente e genotipicamente por meio de PCR-DGGE 36 isolados de fungos micorrízicos arbusculares mantidos em vasos de cultivo na coleção do Laboratório de Microbiologia do Solo do Departamento de Ciência do Solo da Universidade Federal de Lavras, Minas Gerais, Brasil. O estudo foi conduzido em vasos de cultivo (500g) com Brachiaria decumbens em mistura desinfestada de solo e areia (2:1). O efeito da formononetina foi avaliado pela aplicação de 1mg por vaso de MycoformTM (produto comercial da PHC, Inc) ao solo por ocasião da repicagem das plantas e inoculação e aos dois meses de crescimento, em comparação a um tratamento sem a aplicação do produto. Os tratamentos foram dispostos em delineamento inteiramente casualizado com cinco repetições. A colonização das raízes e a densidade de esporos em amostras coletadas diretamente dos vasos foram avaliadas após cinco meses de crescimento. A caracterização fenotípica e molecular foi conduzida para os isolados que foram capazes de multiplicar. A analise molecular foi feita com base na discriminação específica da região V9 do 18S rDNA. A colonização e esporulação variou muito dentre e entre as espécies e os isolados puderam ser agrupados em aqueles que esporularam abundantemente, moderadamente e fracamente. Treze isolados demonstraram sucesso na multiplicação e 31% destes isolados responderam a aplicação de MycoformTM aumentando a taxa de colonização em até 27% e 54% tiveram sua esporulação aumentada em até 54%. A caracterização morfológica dos esporos está de acordo com as descrições originais das respectivas espécies. A avaliação molecular por PCR-DGGE também permitiu a diferenciação das espécies e não revelou qualquer diferença entre os isolados da mesma espécie corroborando com a identificação fenotípica.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2155
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Colonização, esporulação e caracterização fenotípica e molecular de fungos micorrízicos arbusculares mantidos em cultura.pdf1,4 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback