Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2163

Title: Desenvolvimento de sementes e crescimento inicial de Vernonanthura phosphorica (Vell.) H. Rob
Other Titles: Seed development and initial growth of Vernonanthura phosphorica (Vell.) H. Rob
???metadata.dc.creator???: Souza, Elma dos Santos
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Alvarenga, Amauri Alves de
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Alves, Eduardo
???metadata.dc.contributor.referee1???: Nery, Fernanda Carlota
Guimarães, Renato Mendes
???metadata.dc.description.concentration???: Fisiologia Vegetal
Keywords: Sementes
Germinação
Morfologia
Sombreamento
Seeds
Germination
Morphology
Shading
???metadata.dc.date.submitted???: 27-Jul-2009
Issue Date: 4-Aug-2014
Citation: SOUZA, E. dos S. Desenvolvimento de sementes e crescimento inicial de Vernonanthura phosphorica (Vell.) H. Rob.. 2009. 88 p. Dissertação (Mestrado em Fisiologia Vegetal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
???metadata.dc.description.resumo???: Vernonanthura phosphorica (Asteraceaea) popularly known as "assa-peixe" is a pioneer species, native from Brazil, shows potential in medical use and in recovery of degraded lands. However, the studies for this species are rare, so, it is crucial the knowledge of information that make feasible the evaluation of physiological quality of the seeds, from their maturation to germination, and, later, the initial development of the plants, aiming seedlings production for future plantings in order to subsidize the pharmaceutical industry and also projects of recovery of degraded areas. Thus, this research aimed to perform a biochemical structural, ultra-structural characterization of the seeds, as well as the aspects concerned with germination regarding to its physiological maturation and storage in different packagings and storage places. It was also sought to evaluate the effect in different shading levels in the initial development in young plants of V. phosphorica. The seeds were collected in intervals of 7 days after the beginning of anthesis, in trees located in the region of Lavras, MG. In each collect, the seeds were submitted to microscopical analyses, evaluating the morphological, structural, ultra-structural changes, physiological quality, chemical composition, storage, as well as their development in different shading levels. On the 34th day after anthesis (DAA), it was noted a green coloration on the bracts of the collected capitulum, and on the 62DAA all the bracts showed a brown color. The fruit is obovoid- shaped, narrow-obovoided outline, present pappus. It was verified on the exocarp the presence of biseriate tectores and glandular trichomes. The embryo is dominating regarding to the intern space occupied in diaspore, obovoid -shaped. The embryonic axis is short. The cotyledons are fleshy, yellow -colored that changes to green as the plantlet develops, with soft texture, with only one central nervure. Regarding to the seed physiological quality, for germination percentage (%G), and indication of germination velocity (IVG) higher values were noted on 55th DAA. Through structural analyses, it was possible to verify that regardless to the harvesting time, all embryos were in the heart stage. Regarding to ultra-structural changes the most marked differences were noticed in the cell wall with a better definition along the harvesting and reduction of globular-shape structures, probably indicating a hydrolyses process. Regarding to the chemical composition, it is noted that levels of starch reserves, lipids, total soluble sugar and non-reducer sugar were higher on 62nd day. The germination is epigealphanerocotylar, with rootlet protrusion at 28 hours after plantlet sowing and emerging at 56 hours after sowing. The seeds showed positive photoblastic behavior and higher %G, IGV and normal plantlet percentage (%NP) were obtained on the paper substrate at 25ºC and30°C. The storage can be carried out for 4 months in cold room and environment in polyethylene packaging. Better results of vegetative development of V. phosphorica seedlings were obtained in 50% shading conditions.
Vernonanthura phosphorica (Asteraceaea), conhecida popularmente como assa-peixe, é uma espécie pioneira, nativa do Brasil, apresenta potencial de uso na medicina e na recomposição de áreas degradadas. Contudo, raros são os estudos para essa espécie, portanto, torna-se fundamental o conhecimento de informações que possibilitem a avaliação da qualidade fisiológica das sementes, desde a sua maturação até a germinação e, posteriormente, o desenvolvimento inicial das plantas, visando à produção de mudas para futuros plantios com o fim de subsidiar a indústria farmacêutica e, também, a projetos de recomposição de áreas degradadas. Desta forma, objetivou-se, com esta pesquisa, realizar uma caracterização estrutural, ultra-estrutural, bioquímica das sementes, bem como aspectos relacionados à germinação em virtude da sua maturação fisiológica e armazenamento em diferentes embalagens e locais de armazenamento. Buscou-se, também, avaliar o efeito de diferentes níveis de sombreamento no desenvolvimento inicial em plantas jovens de V. phosphorica. As sementes foram coletadas em intervalos de 7 dias, após início da antese, em árvores localizadas na região de Lavras, MG. Em cada coleta, as sementes foram submetidas às análises microscópicas, avaliando-se as alterações morfológicas, estruturais, ultra-estruturais, qualidade fisiológica, composição química, armazenamento, bem como o seu desenvolvimento em diferentes níveis de sombreamentos. Aos 34 dias após antese (DAA), observou-se uma coloração verde nas brácteas dos capítulos coletados e aos 62 DAA todas as brácteas apresentavam coloração marrom. O fruto apresenta o formato obovóide, contorno estreito-obovado, pápus presente; no exocarpo foi verificada a presença de tricomas tectores bisseriados e glandulares. O embrião é dominante em relação ao espaço interno ocupado no diásporo, tem formato obovóide. O eixo embrionário é curto. Os cotilédones são carnosos, de coloração amarela que evolui para verde com o desenvolvimento da plântula, como textura lisa, com apenas uma nervura central. Com relação à qualidade fisiológica das sementes, para percentagem de germinação (%G) e índice de velocidade de germinação (IVG) maiores valores foram observados aos 55 DAA. Por meio das analises estruturais das sementes, pode-se verificar que independente da época de coleta, todos os embriões encontravam-se no estádio de coração. Em relação às alterações ultra-estruturais, as diferenças mais evidentes foram observadas na parede celular, com uma melhor definição ao longo das coletas e uma redução de estruturas de formato globular, indicando provavelmente um processo de hidrólise. Com relação à composição química, observa-se que os teores de reservas de amido, lipídios, açúcar solúvel total e açúcar não redutor foram maiores aos 62 DAA. A germinação é epígea fanerocotiledonar, com protrusão da radícula aos 28 horas após semeadura e emergência da plântula 56 horas após semeadura. As sementes apresentam o comportamento fotoblástico positivo e maiores %G, IVG e percentagem de plântulas normais (%PN) foram obtidas no substrato papel a 25ºC e 30°C. O armazenamento pode ser realizado por 4 meses em câmara fria e ambiente na embalagem de polietileno. Melhores resultados do desenvolvimento vegetativo de mudas de V. phosphorica foram obtidos em condições de 50% de sombreamento.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2163
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Desenvolvimento de sementes e crescimento inicial de Vernonanthura phosphorica (Vell.) H. Rob.pdf746.17 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback