Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEN - Departamento de Entomologia >
DEN - Programa de Pós-graduação >
DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2171

Título: Herbivoria múltipla na indução de voláteis atrativos a Cycloneda sanguinea (Linnaeus, 1763) (Coleoptera: Coccinellidae)
Autor(es): Oliveira, Mayara Silva
Orientador: Piaggio, Martin Francisco Pareja
Membro da banca: Olavarrieta, Alberto José Arab
Souza, Brígida
Área de concentração: Entomologia
Assunto: Composto orgânico volátel
Joaninha
Olfatômetro
Herbivoria múltipla
Volatile organic compound
Ladybug
Olfactometer
Multiple herbivory
Data de Defesa: 25-Fev-2014
Data de publicação: 4-Ago-2014
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Referência: OLIVEIRA, M. S. Herbivoria múltipla na indução de voláteis atrativos a Cycloneda sanguinea (Linnaeus, 1763) (Coleoptera: Coccinellidae). 2014. 58 p. Dissertação (Mestrado em Entomologia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Natural enemies of insect herbivores can use volatile organic compounds (VOCs) released by plants as cues for finding suitable foraging environments. When a plant is damaged by a herbivore, it can change its VOC profile, increasing the attraction of these natural enemies. There is evidence that different herbivore species can activate alternative biochemical pathways in plants and these may have positive or negative interactions between them, but little is known about how this can interfere with the attraction of predators. Ladybugs of the family Coccinellidae are predatory insects in all stages of life, and have a high searching efficiency, attacking aphids as their preferred food source. Aphids are phloem-feeding insects, mainly inducing the shikimic acid pathway. A little known aspect is how the interactions mediated by plant VOCs happen when there is more than one species of herbivore feeding on the plant. This work aimed to evaluate the olfactory response of the ladybug Cycloneda sanguinea to plants damaged by more than one species of aphid. Olfactometer bioassays were carried out, where odors of sweet pepper plants were offered without damage and damaged by the aphids Myzus persicae, Aphis gossypii or by both. Plants damaged by aphids A. gossypii and M. persicae were significantly more attractive than plants without damage. Plants damaged by both aphids at the same time, or sequentially were more attractive than undamaged plants. From this study we conclude that the ladybug is attracted by VOCs from plants damaged by aphids, and that multiple damage does not interfere with attraction of this natural enemy. Studies with several herbivores attacking one plant are necessary to understand better the how changes in plant VOCs suffering multiple herbivory affect predator-prey interactions.
Inimigos naturais de insetos herbívoros podem utilizar compostos orgânicos voláteis (COVs) liberados pelas plantas como pistas para encontrar ambientes de forrageio adequados. Quando uma planta é danificada por um herbívoro, ela pode alterar o perfil de COVs liberados, aumentando a atração desses inimigos naturais. Existem evidências de que diferentes espécies de herbívoros podem ativar rotas bioquímicas alternativas nas plantas e estas podem ter interações positivas ou negativas entre elas. Mas, ainda pouco se sabe sobre como isso pode interferir na atração de predadores. Joaninhas pertencem à família Coccinellidae e são insetos predadores em todas as fases da vida, vorazes, com alta capacidade de busca e alimentam-se, preferencialmente, de pulgões. Os pulgões são insetos sugadores, se alimentam da seiva do floema, induzindo, principalmente, a rota do ácido chiquímico. Um aspecto ainda pouco conhecido é como as interações mediadas por COVs acontecem quando há mais de uma espécie de herbívoro na planta. Com este trabalho, objetivou-se avaliar a resposta olfativa da joaninha Cycloneda sanguinea para plantas danificadas por duas espécies de pulgão. Foram feitos bioensaios em olfatômetro em Y, nos quais foram oferecidos odores de plantas de pimentão sem dano e danificadas pelos pulgões Aphis gossypii e Myzus persicae, ou por ambos. As plantas danificadas pelos pulgões A. gossypii e M. persicae foram significativamente mais atraentes do que as plantas sem dano. C. sanguinea mostrou maior resposta para COVs de plantas danificadas pelas duas espécies de pulgão, seja de forma conjunta ou sequencial, do que para plantas danificadas por uma espécie só. O estudo permitiu concluir que a joaninha é atraída pelos COVs das plantas danificadas por pulgões e, também, entender melhor as mudanças de COVs em plantas que sofrem herbivoria múltipla e se o dano sofrido por elas, causado por espécies diferentes de pulgões, modifica seu perfil de voláteis.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Entomologia, área de concentração em Entomologia, para a obtenção do título de “Mestre”.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2171
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Herbivoria múltipla na indução de voláteis atrativos a Cycloneda sanguinea (Linnaeus, 1763) (Coleoptera_ Coccinellidae).pdf385,41 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback