Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2184

Título: Estratégia como prática social em redes interorganizacionais: um estudo na perspectiva da teoria ator-rede
Título Alternativo: Strategy as social practice in interorganizational networks: a study based on the Actor-Network Theory
Autor(es): Morais, César Augusto Tureta de
Orientador: Lima, Juvêncio Braga de
Membro da banca: Ashley, Patrícia Almeida
Brito, Mozar José de
Assunto: Rede interorganizacional
Estratégia como prática social
Teoria ator-rede
Interorganizational networks
Strategy as social practice
Actor-network theory
Data de Defesa: 4-Mai-2007
Data de publicação: 5-Ago-2014
Referência: MORAIS, C. A. T. de. Estratégia como prática social em redes interorganizacionais: um estudo na perspectiva da teoria ator-rede. 2007. 136 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2007.
Resumo: Interorganizational networks have been focused from diverse studies that analyze them through distinct points of view. However, in dealing with the thematic of "networks strategy", in general it has a predominance of macro level perspectives, whose ontological and epistemological orientation are based on the modern thought perspectives. Aiming to apprehend the strategic process in an interorganizational network of small and medium size enterprise, we adopt the Strategy as Social Practice perspective, to analyze in the practical activities of the network, how strategies emerge and spread among the actors. This perspective allows getting simultaneously the common and divergent interests that can occur in the extent of such arrangement. Thus, this dissertation adopted Actor-Network Theory as methodological pathway to provide the possibility to investigate the actors-networks in a local and specific context, composed by human and non-human actors. In this way one can (re)constitute the strategic practices in the relations among several actants. The research unfolds on the basis of qualitative-description of a case study, without assuming a priori what it is strategy. The data allowed identify some interaction moments (have lunch, meeting and coffee break) in which the strategists translate theirs interests. Through of depth interviews, non-participant observation and documentary analysis, we verified the existence of four principal strategic subjects (Negotiations/Purchases, Price, Brand/Franchising and Credit Card) as the main strategic orientation of the actors in the network. We still observed the importance of the non-human elements in the strategic process, as well as its active participation, as agents, in strategizing. We conclude that strategies emerge and spread out through relations among human and non-human elements in the social practices, and its development is pointed out by tension among several and contradictory interests of actors. In such a way, there isn´t anything certain and irreversible in the strategizing process of the investigated network. Therefore, the strategies stabilize, temporarily acquiring new forms at the moment another elements enter into the actor-networks which generate such strategies.
As redes interorganizacionais têm sido foco de diversos estudos que as analisaram sob distintas óticas. Porém, de modo geral, quando se trata da temática "estratégia em redes", há uma predominância de perspectivas de nível macro, cujas orientações ontológicas e epistemológicas estão ancoradas em algumas idéias oriundas do pensamento moderno, limitando o entendimento sobre o fazer estratégia nestes espaços sociais. Com o objetivo de apreender a prática estratégica de uma rede interorganizacional de pequenas e médias empresas, considerando os interesses comuns e divergentes ao mesmo tempo, que podem ocorrer no âmbito de tal arranjo, adota-se nesta pesquisa a perspectiva da Estratégia como Prática Social, visando analisar nas atividades práticas da rede, como as estratégias emergem e se difundem entre os atores. Para tanto, parte-se da Teoria Ator-Rede como caminho metodológico que proporcionou investigar em um dado contexto local e específico, as redes-de-atores compostas por humanos e não-humanos, que (re)constituem as práticas estratégicas nas relações entre vários atuantes. A pesquisa se desdobra com base em um estudo de caso qualitativo-descritivo, sem assumir a priori o que seja estratégia. Com isso, o trabalho de campo permitiu identificar alguns momentos de interação (almoço, reunião e coffee break) nos quais os estrategistas transladam seus interesses. Por meio de entrevistas em profundidade, observação não participante e análise documental, verificou-se a existência de quatro grandes temas estratégicos (Negociações/Compras, Preço, Marca/Franquia e Cartão de Crédito) que, dentro do recorte temporal da pesquisa, se apresentaram como as principais orientações estratégicas dos atores da rede. Observou-se ainda o quão importante são os elementos não-humanos no processo estratégico, bem como sua participação ativa, como agentes, no fazer estratégia. Concluí-se que as estratégias emergem e se difundem por meio das relações entre elementos humanos e não-humanos nas práticas sociais, e que seu desenvolvimento é marcado por constante tensão com os variados e contraditórios interesses dos atores. Desta forma, não há nada estável ou que se possa assumir como certo e irreversível no fazer estratégia da rede investigada, pois no limite, as estratégias se estabilizam temporariamente podendo ganhar novos contornos na medida em que outros elementos passam a constituir a rede-de-atores que produz tais estratégicas.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2184
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO Estratégia como prática social em redes interorganizacionais um estudo na perspectiva da teoria ator-rede.pdf8,34 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback