Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2185
Título: Experiências de comercialização agroextrativista dos agricultores familiares do Rio dos Cochos, Januária/Cônego Marinho - MG
Título(s) alternativo(s): Familiar agriculturists' commercial agroextractive experiences from river dos Cochos - Januária/Cônego Marinho - MG
Autor : Freitas, Camila da Silva
Primeiro orientador: Ribeiro, Aureo Eduardo Magalhães
Primeiro membro da banca: Oliveira, Elias Rodrigues de
Galizoni, Flávia Maria
Área de concentração: Gestão Social, Desenvolvimento e Ambiente
Palavras-chave: Agricultura familiar
Mercado
Conhecimento tradicional
Produção agroextrativista
Familiy agriculture
Fair
Traditional knowledge
Production agroextrativista
Data da publicação: 5-Ago-2014
Referência: FREITAS, C. da S. Experiências de comercialização agroextrativista dos agricultores familiares do rio dos Cochos, Januária/Cônego Marinho - MG. 2010. 118 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: The commercialization of agriculture production Agroextrativista family needs of specific channels of entry, which must be understood as the ways people interact in different traditional rural markets where it operates. This study aims to describe the process of commercialization of production Agroextrativista family farmers of the river Troughs. Seeks to analyze the achievements and possibilities of product flow, analyze the restrictions on marketing and describe the support in different markets. The methodology was a qualitative one, using the multicase study, performing the data collection through semi-structured questionnaires, oral history and non-participant observation. It was observed that the production of Troughs Agroextrativista River is available via local markets, regional, national and institutional. The commercialization of production Agroextrativista is guided by relationships that go beyond the predominantly commercial: is associated with the relationship of farmers with natural resources, culture and organizational forms of this population. The study concludes that the actions intended to support the marketing initiative Agroextrativista should consider these aspects, besides the economic.
A comercialização da produção agroextrativista da agricultura familiar necessita de canais específicos de entrada, os quais devem compreender as formas como agriculotres familiares interagem nos diferentes mercados em que se insere. Neste estudo, pretendeu-se descrever o processo de comercialização da produção agroextrativista dos agricultores familiares do rio dos Cochos. Buscou-se analisar as efetividades e as possibilidades de escoamento da produção; analisar as limitações à comercialização e descrever os apoios nos diferentes mercados identificados. A metodologia utilizada foi de cunho qualitativo, utilizando-se o estudo de multicasos, realizando a coleta de dados por meio de questionários semiestruturados, história oral e observação não-participante. Observou-se que a produção agroextrativista do rio dos Cochos é comercializada via mercados locais, regionais, nacionais e institucionais. A comercialização da produção agroextrativista é pautada por relações que extrapolam as eminentemente mercantis e está associada à relação dos agricultores com os recursos naturais, à cultura e às formas organizativas desta população. Concluiu-se que as ações voltadas ao apoio à iniciativa da comercialização agroextrativista devem considerar estes aspectos, além dos econômicos.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2185
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.