Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2186

Título: A dinâmica entre família e organização: representações sociais acerca das relações de parentesco em uma organização familiar
Título Alternativo: The dynamic between family and organization: social representations concerning kinship relations in a family organization
Autor(es): Castro, Carolina Lescura de Carvalho
Orientador: Brito, Mozar José de
Membro da banca: Cappelle, Mônica Carvalho Alves
Área de concentração: Organizações, Estratégia e Gestão
Assunto: Organizações familiares
Família
Parentesco
Representações sociais
Family organization
Family
Kinship
Social representations
Data de Defesa: 13-Fev-2009
Data de publicação: 5-Ago-2014
Referência: CASTRO, C. L. de C. Dinâmica entre família e organização: representações sociais acerca das relações de parentesco em uma organização familiar. 2009. 165 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: In the last years, family organizations have been focused by many researchers, due to its social and economic importance worldwide. However, the studies are yet in an embryonic stage, once the theoretical approaches about this object of analysis are fragile and incipient. One of the fundamental aspects, though less explored, for the understanding of these systems is the family. In according to this, it was sought to understand the Social Representations concerning the dynamic between family and organization, particularizing the kinship relations influence on a family organization everyday. The investigated unit was a family business group from the pharmaceutical sector located in São João del Rey. To accomplish the main objective of this research, it was necessary to recuperate the family and business histories presented on the narratives of the interviewees, by applying the historiographical method. The technique of genogram was also used to identify familiar ties and the nature of the relations between family members. Finally, the Social Representations methodological approach was fundamental to fulfill the purpose of the research. Through narrative analysis, it was possible to understand the Social Representations produced by different actors about the kinship relations influence on the family organization studied. The analysis demonstrated the occurrence of two major representations, that involve a group of meanings - kinship as social integration, and mechanism for the maintenance of the established organizational order and kinship as conflict "source". The emergency of paradoxal symbolical constructions denotes that family organizations have a singular dynamic of hard characterization, because they share, in a single space, opposite rationalities, diverse purposes, once attending business purposes and needs, and once being dominated by personal or family desires. Therefore, it becomes difficult to determine models and formulas to comprehend these objects because their actions are characterized by subjective and objective aspects at the same time.
Nos últimos anos, as organizações familiares têm se tornado alvo de investigação para muitos pesquisadores, em virtude da importância socioeconômica que esses empreendimentos possuem, tanto em âmbito nacional, quanto internacional. Nota-se, entretanto, que os estudos ainda estão em um estágio embrionário, dado que as teorizações sobre esse objeto de análise ainda são incipientes e frágeis. Um dos aspectos fundamentais, porém pouco explorados, para a compreensão desses sistemas é a família. Tendo constatado tal fato, objetivou-se compreender as representações sociais acerca da dinâmica entre família e organização, particularizando a influência das relações de parentesco no cotidiano da organização familiar estudada. A unidade investigada foi um grupo empresarial familiar que atua no ramo farmacêutico na cidade de São João del Rey. Para a efetuação do objetivo central foi necessário resgatar, utilizando a historiografia, a história organizacional/familiar, construída por meio das narrativas dos entrevistados. Foi preciso também fazer uso da técnica do genograma para identificar os laços familiares e a natureza das relações entre os integrantes da família. Por fim, a abordagem teórico-metodológica das representações sociais foi fundamental para efetuar a proposta desta pesquisa. Esse recurso possibilitou, por meio das análises das narrativas, compreender as representações sociais produzidas pelos diferentes atores sobre a influência das relações de parentesco no cotidiano da empresa investigada. As análises possibilitaram a ocorrência de duas grandes representações, que abarcam em seu interior um conjunto de significados: parentesco como integração social e mecanismo de manutenção da ordem organizacional vigente e parentesco como "fonte" de conflito. A emergência de construções simbólicas paradoxais denota que organizações familiares possuem uma dinamicidade singular, de difícil caracterização, pois se compartilham, em um único espaço, racionalidades opostas, objetivos diversos, ora atendendo às necessidades e aos anseios empresariais, ora sendo dominados pelo desejo particular, ou familiar. Assim, torna-se complicado ditar modelos, fórmulas para compreender esses objetos em análise, pois, em seu cotidiano, suas ações são permeadas de aspectos objetivos e subjetivos, concomitantemente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2186
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_A dinâmica entre família e organização.pdf829,57 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback