Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DQI - Departamento de Química >
DQI - Programa de Pós-graduação >
DQI - Agroquímica - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2197

Title: Análise do modo de ação biocida de compostos organoestânicos: ensaios a partir de modelos teóricos e experimentais
Other Titles: Analysis of biocide action from organotin compounds: insights from theoric and experimental models
???metadata.dc.creator???: Rocha, Marcus Vinícius Juliaci
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Ramalho, Teodorico de Castro
???metadata.dc.contributor.referee1???: Melo, Walclée de Carvalho
Costa, Luciano Tavares da
Oliveira Júnior, Ênio Nazaré de
???metadata.dc.description.concentration???: Agroquímica e Agrobioquímica
Keywords: Fungicidas
DFT
Modelagem molecular
Fungicides
Molecular modeling
???metadata.dc.date.submitted???: 25-Feb-2010
Issue Date: 5-Aug-2014
Citation: ROCHA, M. V. J. Análise do modo de ação biocida de compostos organoestânicos: ensaios a partir de modelos teóricos e experimentais. 2010. 97 p. Dissertação (Mestrado em Agroquímica)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: A alta frequência de contaminação por pesticidas sugere a necessidade de agrotóxicos mais ativos e seletivos. Compostos organoestânicos são uma classe de fungicidas, que também são potentes inibidores da F1FO-ATP Sintase. Essa é uma enzima-chave, porque a produção de ATP é uma das principais reações químicas nos organismos vivos. Assim, a ATP Sintase é considerada um alvo para os compostos organoestânicos. Nesta linha, estudos de modelagem molecular e cálculos de DFT foram realizados a fim de compreender o comportamento molecular desses compostos em solução. Além disso, investigou-se nesta pesquisa o mecanismo de reação por análise de ESI-MS do dicloreto de difenilestanho, e pelos resultados, infere-se que um intermediário chave instável é gerado in situ e poderá ter lugar na reação com a ATP Sintase.
The high frequency of contamination by pesticides suggests the need for more active and selective agrochemicals. Organotin compounds are the fungicides class, which are also potents inhibitors of the F1FO-ATP Synthase. That is a key enzyme, because the ATP production is one of the major chemical reactions in living organisms. Thus ATP Synthase is regarded as a prime target for organotin compounds. In this line, molecular modeling studies and DFT calculations were performed in order to understand the molecular behavior of those compounds in solution. In addition, we investigated the reaction mechanism on-line by ESI-MS analyses of the diphenyltin dichloride. Our findings indicate that an unstable key-intermediate generated in situ might take place in the reaction with ATP Synthase.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2197
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DQI - Agroquímica - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Análise do modo de ação biocida de compostos organoestânicos ensaios a partir de modelos teóricos e experimentais.pdf2.37 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback