Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2248

Title: Controle genético da inflorescência e sua associação com a produtividade de grãos do feijoeiro
???metadata.dc.creator???: Guilherme, Scheila Roberta
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Ramalho, Magno Antonio Patto
???metadata.dc.contributor.referee1???: Abreu, Ângela de Fátima Barbosa
Botelho, Flávia Barbosa da Silva
???metadata.dc.description.concentration???: Genética e Melhoramento de Plantas
Keywords: Melhoramento vegetal
Phaseolus vulgaris
Inflorescência composta
Componente genético
Herdabilidade
Composite inflorescence
Genetic component
Heritability
Plant breeding
???metadata.dc.date.submitted???: 18-Feb-2014
Issue Date: 2014
???metadata.dc.description.sponsorship???: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Citation: GUILHERME, S. R. Controle genético da inflorescência e sua associação com a produtividade de grãos do feijoeiro. 2014. 62 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: O número de vagens por planta do feijoeiro é um dos componentes primários da produtividade de grãos. Ele depende do número de flores produzidas e do vingamento floral. Assim, para se aumentar a produtividade uma das alternativas é ter maior número de flores por planta. Foram identificadas linhagens que possuem as inflorescências com grande número de flores, bem distintas dos feijões cultivados. Visando o estudo do controle genético desse caráter e a sua associação com a produtividade de grãos foi realizado o presente trabalho. Para isso foi realizado o cruzamento da cultivar ‘BRSMG Talismã’ com duas linhagens possuindo grande número de flores, a L.59583 e L.59692. Foram obtidas as gerações F1, F2 e F3. Essas foram avaliadas juntamente com os genitores no delineamento de blocos casualizados com duas repetições. Os caracteres obtidos foram: o comprimento da inflorescência (CI); o número de vagens por inflorescência (NVI); o número de vagens por planta (NV); o número de grãos por planta (NG); o peso médio dos grãos (P100) e a produtividade de grãos/planta (PG). Estimaram-se os componentes genéticos de média e variância. Para os caracteres associados à inflorescência do feijoeiro, CI e NVI predominaram os efeitos aditivos no controle genético. Constatou-se também que embora esses caracteres apresentem estimativas médias de herdabilidade, são de difícil mensuração o que dificulta o trabalho de seleção. Para a produtividade de grãos, número de vagens por planta, número de grãos por vagem e o peso médio dos grãos a dominância foi expressiva. Em princípio a associação entre o CI, NVI com a PG foi pequena. Contudo, a ampla variabilidade para os caracteres avaliados possibilita inferir que é possível aumentar o potencial produtivo de uma planta de feijão por meio do incremento no número de flores.
The number of pods per common bean plant is one of the primary components of grain yield. It depends on the number of flowers produced and flower set. Thus, to increase yield one of the alternatives is to have a greater number of flowers per plant. It have been identified lines that have inflorescences with many flowers, distinct from the cultivated beans. The present work was conducted to study the genetic control of this trait and its association with grain yield. For this purpose, it was performed the crossing of the cultivar 'BRSMG Talismã' with two lineages having a large number of flowers, L.59583 and L.59692. F1, F2 and F3 generations were obtained. These were evaluated together with the genitors in a randomized complete block design with two replications. The traits obtained were: inflorescence length (IL), number of pods per inflorescence (NPI), number of pods per plant (NPP), number of beans per plant (NB), average weight of grains (P100) and bean yield/plant (BY). Genetic variance components and means were estimated. For the characters associated with the common bean inflorescence, IL and NPI predominated the additive effects on genetic control. I was also found that although these characters present mean heritability estimates, they are difficult to measure, which hinders the selection work. For grain yield, number of pods per plant, number of grains per pod and average grain weight, the dominance was expressive. In principle the association between IL, NPI with BY was low. However, the wide variability for the traits evaluated allows us to infer that it is possible to obtain higher yield potential of a common bean plant through the increase in the number of flowers.
Description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação Genética e Melhoramento de Plantas, área de concentração em Genética e Melhoramento de Plantas, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2248
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO Controle genético da inflorescência e sua associação com a produtividade de grãos do feijoeiro.pdf434.08 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback