Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2277

Título: Diferentes formas físicas da ração para vacas Holandezas.
Título Alternativo: Differents physical forms of concentrate of Holstein cows.
Autor(es): Madeira, Beatriz Conceição
Orientador: Teixeira, Júlio César
Membro da banca: Souza, José Camisão de
Pérez, Juan Ramón Olalquiaga
Evangelista, Antônio Ricardo
Muniz, Joel Augusto
Área de concentração: Nutrição de Ruminantes
Assunto: Produção de leite
Composição do leite
Processamento da ração
Consumo
Milk composition
Milk production
Consumption
Ration processing
Data de Defesa: 4-Jun-2004
Data de publicação: 6-Ago-2014
Referência: ADEIRA, B. C. Diferentes formas físicas da ração para vacas holandesas. 2004. 59 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2004.
Resumo: O experimento foi conduzido na Fazenda Vista Alegre III, pertencente ao grupo Newton Paiva Empreendimentos Rurais, localizada no município de Curvelo, MG, no período de outubro a novembro de 2001, com o objetivo de avaliar a influência da forma física de rações concentradas sobre a produção e composição de leite de vacas holandesas em regime de confinamento total. Foram selecionadas 27 vacas da raça Holandesa, distribuídas em 9 quadrados latinos 3 X 3, sendo três períodos experimentais, três tratamentos e três animais por tratamento, agrupados por produção e ordem de lactação. Cada período experimental teve duração de catorze dias, nove dias para adaptação e cinco dias para a coleta de dados. Utilizou-se a silagem de capim napier e pré-secado de tifton como volumosos. Os tratamentos foram: T1-concentrado farelado, T2-concentrado peletizado e T3- concentrado extrusado, todos com a mesma composição bromatológica. As três dietas tinham o mesmo nível de FDN, FDA, energia, PB, PDR, Ca e P. As amostras de leite de cada vaca foram retiradas e pesadas nas duas ordenhas (manhã e tarde) e enviadas para análise de gordura, proteína, lactose, sólidos totais e uréia, pelo processo de infravermelho, na Clínica do Leite do Departamento de Produção Animal da ESALQ/USP. Os tratamentos não influenciaram (P>0,05) os teores de gordura, proteína, sólidos totais e lactose do leite. Houve diferenças significativas para produção de leite e produção de leite corrigido para 4% de gordura; o tratamento em que se utilizou o concentrado extrusado demonstrou melhor desempenho lactacional das vacas.
The objective was to determine the effect of these three different physical forms of concentrate on milk composition and milk production of lactating cows. This trial was conducted at Bela Vista Farm III, Newton Paiva Empreendimentos Rurais, in Curvelo, MG, Brazil, from October to November, 2001.Twenty seven lactating Holstein cows averaging 20 kg of milk yield (50 days lactation) were used in a 3x3 Latin square design trial, with three treatments and three periods of 14 days each. The three treatments tested were different physical forms of concentrate: (T1) pellet, (T2) meal and (T3) extruded. The diets had the same chemical composition. Cows were selected based on milk production and lactation order. Each experimental period consisted of a 9 day adaptation phase and a five day milk collection window. All cows were fed napier grass and tifton haylage. Milk samples were collected and weighed at two dairy milking every 5-days. The following milk components were determined: fat, solids, lactose, crude protein and urea using the infrared method at the animal production department laboratory, at ESALQ/USP. Treatments did not affect (P<0.05) milk composition, however the extruded form (P<0.05) decreased urea concentrations (mg/dl) (T1) 21.88; (T2) 21.15; (T3) 19.16 and increased milk and 4% fat corrected milk production, showing better milk production performance. Average milk production (kg/cow/day) and 4% fat corrected milk production was (T1) 17.32; (T2) 17.35; (T3) 18.31 and (T1) 15.66; (T2) 15.78 and (T3) 16.81, respectively.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2277
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Diferentes formas físicas da ração para vacas Holandezas.pdf214,38 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback