Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAG - Departamento de Agricultura >
DAG - Programa de Pós-graduação >
DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2283

Title: Expressão de genes relacionados à tolerância à baixa temperatura de germinação em sementes de milho
???metadata.dc.creator???: Silva Neta, Izabel Costa
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Pinho, Édila Vilela de Resende von
???metadata.dc.contributor.referee1???: Guimarães, Renato Mendes
Resende, Luciane Vilela
Timóteo, Tathiana Silva
???metadata.dc.description.concentration???: Produção Vegetal
Keywords: RT-qPCR
Enzima antioxidante
Ácido graxo
Estresse abiótico
Eletroforese
Antioxidant enzymes
Electrophoresis
Fatty acid
Abiotic stress
???metadata.dc.date.submitted???: 7-Feb-2014
Issue Date: 2014
???metadata.dc.description.sponsorship???: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Citation: SILVA NETA, I. C. Expressão de genes relacionados à tolerância à baixa temperatura de germinação em sementes de milho. 2014. 81 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fitotecnia) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: Sabe-se que durante o período de germinação de sementes e emergência de plântulas a temperatura é um fator determinante que influencia o estabelecimento de plântulas no campo. Assim cultivares tolerantes a baixas temperaturas nessas fases são fundamentais nos programas de melhoramento. A identificação de genes de importância, os quais poderão ser usados ou manipulados em programas de melhoramento vislumbrando a produção de sementes de milho tolerantes ao estresse causado pelo frio. Diante disso, objetivou-se nesta pesquisa caracterizar linhagens de milho tolerantes ao frio durante o processo de germinação por meio de testes fisiológicos, perfil de ácidos graxos, transcriptômica e proteômica. Para realização do trabalho foram utilizadas sementes de linhagens com diferentes níveis de tolerância e baixas temperaturas, sendo três classificadas como tolerantes e três classificadas como suscetíveis a baixas temperaturas de germinação. Para obtenção de material em quantidade suficiente para realização do trabalho, foi instalado um campo para a multiplicação das sementes das linhagens selecionadas. Após as sementes colhidas e classificadas, realizou-se, testes fisiológicos, e na análise de ácidos graxos determinou-se os teores dos ácidos palmítico, esteárico, oleico, linoleico, linolênico e ecosenoico. Na análise proteômica foi avaliada a expressão das proteínas resistentes ao calor, catalase, peroxidase, esterase, superóxido dismutase e α-amilase. Na análise de transcritos foi estudada a expressão dos genes AOX1, AOX2, ZmMPK-17 e ZmAN-13. Pode-se concluir que os materiais mais suscetíveis a baixas temperaturas de germinação apresentaram maiores teores de ácidos graxos saturados. A expressão da α-amilase em sementes embebidas por 72 horas na temperatura de 10 ºC é inferior à expressão quando as sementes são embebidas a 25 ºC pelo mesmo período de tempo. Há variação da expressão das proteínas resistentes ao calor em sementes das linhagens avaliadas. Os genes AOX e Zm-AN13 se mostraram promissores para identificação de materiais de milho tolerantes à baixa temperatura de germinação.
Abstract: It is known that during the seed germination and seedling emergence the temperature is a decisive factor influencing the seedling establishment in the field. So, cultivars tolerant to low temperatures in these phases are fundamental in breeding programs. The identification of importance genes, which may be used or manipulated in breeding programs envisaging the production of corn seeds tolerant to cold stress. Therefore, this study aimed to characterize corn strains tolerant to cold during the germination process by physiological tests, fatty acid profile, transcriptomic and proteomic. To carry out the work seed strains with different levels of tolerance and low temperatures were used, with three classified as tolerant and three classified as susceptible to low temperatures of germination. To obtain material in sufficient quantity to perform the work, was installed a field for seed multiplication of selected strains. After the collected and sorted seeds, it was held, physiological tests, and analysis of fatty acids were determined the levels of palmitic, stearic, oleic, linoleic, linolenic and eicosenoico. In proteomic analysis was evaluated the protein expression heat to resistant, catalase, peroxidase, esterase, superoxide dismutase and α-amylase. In the transcripts analysis was studied the expression of AOX1, AOX2, ZmMPK-17 and ZmAN-13. It can be concluded that the most susceptible materials at low temperatures of germination showed higher levels of saturated fatty acids. The α-amylase expression in seeds imbibed for 72 hours at a temperature 10 °C is lower than the expression when the seeds are imbibed at 25 °C by the same period of time. There is expression variation of the proteins resistant to heat in seeds of the tested strains. The genes AOX and Zm-AN13 showed promise for identifying corn materials tolerant to low temperature germination.
Description: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Agronomia/Fitotecnia, área de concentração em Produção Vegetal, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2283
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DAG - Agronomia/Fitotecnia - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Expressão de genes relacionados à tolerância à baixa temperatura de germinação em sementes de milho.pdf1.33 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback