Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2285

Título: Distribuição espacial de cafés do estado de Minas Gerais e sua relação com a qualidade
Título Alternativo: Spatial distribution of coffees from Minas Gerais state and their relation with quality
Autor(es): Barbosa, Juliana Neves
Orientador: Borém, Flávio Meira
Coorientador(es): Alves, Helena Maria Ramos
Alvarenga, Amauri Alves de
Membro da banca: Alves, José Donizeti
Volpato, Margarete Marin Lordelo
Alves, Helena Maria Ramos
Área de concentração: Fisiologia Vegetal
Assunto: Café
Espacialização
Qualidade sensorial
Método de Kernel
Spatial distribution
Coffees
Data de Defesa: 26-Fev-2009
Data de publicação: 6-Ago-2014
Referência: BARBOSA, J. N. Distribuição espacial de cafés do estado de Minas Gerais e sua relação com a qualidade. 2009. 90 p. Dissertação (Mestrado em Fisiologia Vegetal)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: O café é o segundo produto na pauta das exportações agrícolas do Brasil, constituindo uma das mais importantes fontes de renda para a economia brasileira. O estado de Minas Gerais destaca-se como o maior produtor. Os municípios mineiros vêm conquistando concursos de qualidade de café no âmbito nacional, abrindo espaço no mercado e agregando valor ao produto. Diante da necessidade de se conhecer as áreas com potencial de produção de cafés de qualidade, objetivou-se neste trabalho relacionar a qualidade sensorial dos cafés participantes do Concurso de Qualidade - Cafés de Minas nos anos de 2007 e 2008, com características ambientais dos municípios do Estado e o conteúdo de trigonelina, cafeína e ácido-5-cafeiolquínico. Para a realização das avaliações o conjunto de amostras foi distribuído em quatro fases, sendo a primeira constituída por todos os inscritos e a última apenas pelos cafés pré-finalistas. Os cafés foram categorizados em natural e cereja descascado. A espacialização das amostras de ambos os anos foi realizada utilizando-se mapas de Kernel para a visualização da intensidade amostral de concentração de amostras, em cada fase do concurso. Os resultados evidenciaram que na primeira fase, as amostras apresentaram-se bem distribuídas, com focos de intensidade amostral média, alta e muito alta. Na quarta fase foi observada uma alta concentração de amostras na região do Sul de Minas, para ambos os anos e categorias. As correlações entre fatores ambientais, compostos químicos e qualidade sensorial foram realizadas pela Análise de Componentes Principais e gráficos Biplots. Para tanto foram selecionados 60 cafés, 30 da categoria café natural e 30 da categoria cereja descascado, sendo 15 com notas acima de 80 pontos e 15 com notas abaixo de 75 pontos, segundo a metodologia da BSCA, para a análise sensorial da bebida do café. Os resultados demonstraram discriminação de notas altas e baixas em decorrência das variáveis ambientais, dos compostos químicos avaliados e da qualidade sensorial. Semivariogramas dos estudos geoestatísticos, indicaram ajuste do modelo para as amostras inscritas em 2007. Os dados das 60 amostras selecionadas não apresentaram ajuste de modelos. Mesmo assim, os resultados são uma relevante contribuição, pois direcionam novos caminhos para trabalhos futuros que visem uma melhor compreensão da distribuição da espacial da qualidade do café no estado de Minas Gerais.
Coffee is the second most important agricultural exportation product in Brazil, constituting one of the main income sources of the Brazilian economy. The state of Minas Gerais is the country´s biggest coffee producer. Recently, coffees produced in the state have won national specialty coffee contests, which has increased their commercial value and established them in the market. Due to the necessity of more information on areas with potential for producing quality coffee, the objective of this work was to relate the sensorial quality and trigonelline, caffeine and 5-cafeoylquinic acid content of the coffees entered in the Quality Contest- Coffee from Minas Gerais, in 2007 and 2008, with the environmental characteristics of the state´s districts. The samples were distributed in four stages, the first composed of all the coffees entered in the contest, and the last composed only of the pre-finalists. The samples were categorized into natural and pulped natural. The spatialization of the samples from both years was done using Kernel maps to visualize the intensity of sample concentration in each stage of the contest. The results show that in the first stage the samples were well distributed in focus, with medium, high and very high intensity. In the fourth stage, a high concentration in the South of Minas region was observed for both years in both the coffee categories. The correlations between environmental factors, chemical compounds and sensorial quality were done through Principal Component Analysis and Biplot graphs. 60 coffees were selected, 30 natural and 30 pulped natural, 15 with scores over 80 and 15 with scores under 75 points, according to the BSCA methodology for sensorial analysis of the coffee beverage. The results showed high and low scores due to environmental variables, the chemical compounds analyzed and the sensorial quality. Geostatistical studies of the 2007 samples showed, through semivariograms, that the models tested adjusted to the data studied. The data from the 60 selected samples did not present model adjustment. However, the results are still a relevant contribution, as they point out new paths for future works on the spatialization of coffee quality in Minas Gerais.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2285
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Distribuição espacial de cafés do estado de Minas Gerais e sua relação com a qualidade da bebida.pdf2,11 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback