Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DZO - Departamento de Zootecnia >
DZO - Programa de Pós-graduação >
DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2289

Título: Densidade de estocagem de matrinxã Brycon orthotaenia, de 115 a 240 gramas, em tanques-rede instalados no reservatório de Três Marias.
Título Alternativo: Stocking density of Brycon orthotaenia, weighting 115 to 250gr, cultivated in cage located in Tres Marias reservoir.
Autor(es): Mattos, Bruno Olivetti de
Orientador: Freitas, Rilke Tadeu Fonseca de
Coorientador(es): Pimenta, Maria Emilia de Sousa Gomes
Membro da banca: Logato, Priscila Vieira Rosa
Freato, Thiago Archangelo
Área de concentração: Produção animal
Assunto: Densidade de estocagem
Brycon orthotaenia
Tanque-rede
Stocking density
Cages
Data de Defesa: 3-Nov-2010
Data de publicação: 6-Ago-2014
Referência: MATTOS, B. O. de. Densidade de estocagem de matrinxã Brycon orthotaenia, de 115 a 240 gramas, em tanques-rede instalados no reservatório de Três Marias. 2010. 51 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: Estudos sobre o cultivo do Brycon orthotaenia em tanques-rede são escassos, principalmente nos aspectos relacionados à densidade de estocagem. Assim, objetivou com este trabalho determinar a densidade de estocagem de matrinxã (Brycon orthotaenia) de 115 a 240 gramas em tanques-rede no Reservatório de Três Marias. O experimento foi conduzido, no Centro de Pesquisa, Demonstração e Treinamento de Cultivo de Peixes em Tanques-rede da Fazenda Experimental da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG), em Felixlândia-MG, no período de março a julho de 2009, totalizando 110 dias. Foram utilizados 5.280 juvenis de Brycon orthotaenia que em média mediam 16,74 cm ± 0,42 e pesavam 115,22 g ± 7,71. Os juvenis foram distribuídos em 16 tanques-rede de quatro metros cúbicos de volume útil em quatro densidades de estocagem (45, 70, 95, 120 juvenis/m3) e quatro repetições. Os juvenis passaram inicialmente por um período pré-experimental de 10 dias, para adaptação às novas condições. No início do experimento e aos 30, 60, 90 e 110 dias de cultivo, após jejum de 24 horas, uma amostra aleatória de 10% da população total de cada tanque-rede foi retirada. Os peixes amostrados foram anestesiados, avaliados em peso corporal e comprimento padrão e, em seguida, devolvidos aos tanques-rede de origem. Ao final do experimento foi realizada a despesca total dos tanques-rede, com objetivo de estimar os parâmetros produtivos, morfométricos, rendimento corporal e composição bromatológica dos peixes. Ainda, durante o período experimental, realizou-se o monitoramento local da qualidade de água. Os dados obtidos foram submetidos ao teste de Lilliefors, para verificação da normalidade dos dados. Posteriormente, os dados foram submetidos à análise de variância e regressão linear, para determinação da densidade de estocagem, optando-se pela equação de melhor ajuste aos dados. A maioria das variáveis dos parâmetros produtivos como sobrevivência, peso inicial, peso final, conversão alimentar e taxa de crescimento específico não foram influenciadas pela densidade de estocagem. Entretanto, para as variáveis biomassa final, ganho de biomassa e consumo de ração total o efeito foi significativo e estas apresentaram relação linear positiva (P<0,01) com a densidade de estocagem. Não foram observadas diferenças significativas entre os tratamentos para os parâmetros morfométricos, rendimento corporal, composição bromatológica e qualidade da água. Avaliando os resultados e as condições em que o presente estudo foi realizado, pode-se concluir que a densidade de estocagem de matrinxã (Brycon orthotaenia) de 115 a 240 gramas até 120 peixes/m³ foi a que proporcionou maior produtividade e não representou efeitos negativos sobre o desempenho, rendimento corporal e composição bromatológica dos peixes.
Currently, there are few studies on stocking density of farmed Brycon orthotaenia reared in cages. It has been agreed that stocking density is one of the most influencing factors on fish growth and performance, considered essential to a successful production system. Thus, this work aims at studying the stocking density of Brycon orthotaenia farmed in cages in the initial growth phase. The experiment was conducted at the Experimental Farm Unit of the Agricultural Research Company, located in Felixlândia, Minas Gerais state, during 110 days, from March to July 2009. It was used 5280 Brycon orthotaenia juveniles to conduct the trial. The initial fish size was 16.74 ± 0.42 cm and the initial weight was 115.22 g ± 7.71. The juveniles were distributed in 16 cages of 4m3 each, in four different stocking densities (45, 70, 95, 120 juveniles/m3) and four repetitions. Prior to the experiment, the juveniles went through an adaptation period of 10 days. At the beginning of the experiment and after a 24 hours fasting, a random sample of 10% of the total population of each cage was harvested at the 30th, 60th, 90th and 100th day. The sampled fish were anesthetized in order to evaluate their body weight and length, being returned to the cages right after. At the end of the experiment, the cages were totally harvested with the aim of estimating the fish productive parameters such as morphometric analyses, body yield, and bromatological composition. During the entire experimental period, the water was locally monitored. The data obtained were submitted to the Lilliefors test to assess the feasibility of a normal model. Afterwards, data were submitted to an analysis of variance and a linear regression in order to determine the stocking density, selecting the best data adjustment. With regards to the productive parameters, most variables such as survival rates, initial weigh, final weight, feed intake, and specific growth rate were not influenced by the stocking density. However, there was a strong positive linear relationship (P <0.01) between the variables on final biomass, biomass gain, total food consumption and the stocking density. No significant differences were observed in between treatments for the morphometrical parameters, body yield, bromatological composition, and water quality. By evaluating the experiment results and the conditions in which it took place, we can conclude that a stocking density of 120 fish/m3 for matrinxã Brycon orthotaenia, weighting around 115 to 240gr, allowed the highest productivity and did not affect negatively growth performance, body yield, and bromatological composition.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2289
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Densidade de estocagem de matrinxã Brycon orthotaenia, de 115 a 240 gramas, em tanques-rede instalados no reservatório de Três Marias.pdf436,55 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback