Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2314
Título: Inovações agroecológicas para a agricultura familiar: um estudo de caso sobre sistemas agroflorestais no Alto Jequitinhonha - MG
Título(s) alternativo(s): Agroecological innovations for household farming: a case study on the agroforest systems in Upper Jequitinhonha
Autor : Ayres, Eduardo Charles Barbosa
Primeiro orientador: Ribeiro, Aureo Eduardo Magalhães
Primeiro membro da banca: Rocha, Luiz Carlos Dias
Área de concentração: Gestão Social, Ambiente e Desenvolvimento
Palavras-chave: Sistemas agroflorestais
Alto Jequitinhonha
Agricultura familiar
Agroforest systems
Upper Jequitinhonha
Household farming
Data da publicação: 6-Ago-2014
Referência: AYRES, E. C. B. Inovações Agroecológicas para a agricultura familiar: um estudo de caso sobre sistemas agroflorestais no alto Jequitinhonha, MG. 2008. 107 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: The process of modernization of farming brought about significant transformations in Brazilian rural milieu. The "green revolution" was considered by many authors a harmful model in environment and socially excluding. It was characterized by the standardization of the agricultural production processes, disregarding the country´s regional particularities. Out of the regional expressions of agricultural systems compatible with environmental conditions and rural traditionality lies the experience of the agroforest systems - SAFs - in Upper Jequitinhonha (Alto Jequitinhonha), northeastern region of Minas Gerais. These systems allow to the farmers put together in the same area fertilizing, fruit-bearing plants and others, supporting the natural process of soil recovery, biodiversity conservation and generating product. In Upper Jequitinhonha (Alto Jequitinhonha), SAF was an enterprise constructed by organizations entailed to household farmers in the region, aggregating together aspects linked to collective management and to the local folk of the local rural population as foundation of the proposal. That dissertation was aimed to size the results and impacts of SAFs, investigating aspects related to the familiar organization and production, the effects on floristic, entomological and edaphic environment. It was undertaken in rural communities of five towns of Upper Jequitinhonha (Alto Jequitinhonha) in SAFs managed by household farmers, named "monitors", from the actuation base of the Vicente Nica Center of Alternative Agriculture (Centro de Agricultura Alternativa Vicente Nica - CAV) - non-governmental organization of the region which acts in rural development programs. The environmental results were compared with between areas of SAFs and other growing systems and common environments in the region, as grassland, eucalyptus plantation, fallow area, conventional growing system and degraded area, named "pelador". As a result, it was felt that SAFs have contributed towards production, the improvement of the farmers and conservation of natural resources. It was found that they area favorable to the productive performances and that there are technical, financial and organizational limitations for expansion of the proposal.
O processo de modernização da agricultura ocasionou significativas transformações no meio rural brasileiro. A "revolução verde" foi considerada por muitos autores um modelo prejudicial ao meio ambiente, e socialmente excludente. Caracterizou-se pela padronização dos processos de produção agrícola, desconsiderando as especificidades regionais do país. Dentre as expressões regionais de sistemas agrícolas compatíveis com as condições ambientais e a tradicionalidade rural está a experiência dos sistemas agroflorestais - SAFs - no Alto Jequitinhonha, região nordeste de Minas Gerais. Estes sistemas permitem aos agricultores unir numa mesma área plantas adubadeiras, frutíferas e outras, favorecendo o processo natural de recuperação do solo, a conservação da biodiversidade, e gerando produção. No Alto Jequitinhonha, o SAF foi uma iniciativa construída por organizações vinculadas a agricultores familiares da região, agregando aspectos ligados à gestão coletiva e ao saber local da população rural como alicerces da proposta. Esta dissertação teve por objetivos dimensionar os resultados e impactos dos SAFs, analisando aspectos relacionados à organização familiar e produção, os efeitos sobre o ambiente florístico, entomológico e edáfico. Foi realizada em comunidades rurais de cinco municípios do Alto Jequitinhonha, em SAFs manejados por agricultores familiares, denominados "monitores", da base de atuação do Centro de Agricultura Alternativa Vicente Nica - CAV - organização não governamental da região que atua em programas de desenvolvimento rural. Os resultados ambientais foram comparados entre as áreas de SAFs e outros sistemas de cultivo e ambientes comuns na região, como pastagem, monocultura de eucalipto, área de pousio, sistema de cultivo convencional e área degradada, denominada "pelador". Como resultado, percebeu-se que os SAFs têm contribuído para a produção, a capacitação dos agricultores e conservação dos recursos naturais. Verificou-se que são favoráveis aos desempenhos produtivos e que existem limitações técnicas, financeiras e organizacionais para a expansão da proposta.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2314
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Inovações agroecológicas para a agricultura familiar.pdf527,68 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.