Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2330

Título: A vida no e para além do roçado: reprodução social e pluriatividade no Assentamento Santo Dias em Guapé-Minas Gerais
Título Alternativo: The life in and beyond the mowing: social reproduction and settlement in pluri Santo Dias, in Guapé-Minas Gerais
Autor(es): Martins, Douglas Vinicius Vaz
Orientador: Oliveira, Maria de Lourdes Souza
Membro da banca: Mafra, Flavia Luciana Naves
Alves, Jacqueline Magalhães
Menezes, José Newton Coelho
Área de concentração: Gestão Social, Ambiente e Desenvolvimento
Assunto: Reprodução social
Agricultura familiar
Pluriatividade
Social reproduction
Family farmer
Activities pluriactive
Data de Defesa: 28-Fev-2011
Data de publicação: 6-Ago-2014
Referência: MARTINS, D. V. V. A vida no e para além do roçado: reprodução social e pluriatividade no Assentamento Santo Dias em Guapé-Minas Gerais. 2011. 139 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: O objetivo desta pesquisa consiste em identificar e analisar o papel que as atividades pluriativas cumprem no processo de construção de estratégias de reprodução social por parte de sete famílias de agricultores familiares do Assentamento Santo Dias, localizado no município de Guapé, sul de Minas Gerais. A incorporação e o significado de atividades pluriativas (também chamadas de extra-agrícolas) à dinâmica das famílias de agricultores pesquisadas podem ser compreendidos na posição que elas ocupam no conjunto da economia familiar, levando-se em conta a lógica das estratégias de reprodução social por elas construídas. Nesse sentido, existem diferentes possibilidades de se associar o exercício da pluriatividade no interior das unidades familiares, o que implica numa diversidade de significados que este tipo de combinação poderá assumir na reprodução social O que guia a conduta econômica dos agricultores entrevistados, conforme apontamos ao longo deste trabalho, não são aqueles princípios característicos do chamado empresário rural, pautados pela produtividade marginal dos fatores de produção e maximização do lucro. O que orienta a reprodução social destas famílias é a busca pela otimização de oportunidades de sobrevivência e maximização de bem-estar. Essa lógica representa uma luta contínua e cotidiana por autonomia e progressos, concretizados pela criação de uma base de recursos autogerida. A alternativa encontrada pelas famílias para a criação de tal base de recursos envolve a combinação de rendas monetárias e não-monetárias de natureza agrícola e extra-agrícola. Os rendimentos provenientes de atividades pluriativas (aqui expressos na forma de trabalhos assalariados temporários diversos, como safrista, pedreiro, serviço de carreto, dentre outros) constituem uma fonte de receitas que arcam com parte dos bens e serviços necessários a manutenção do coletivo familiar (gastos correntes) e, por outro lado, como instrumento de autofinanciamento da produção de subsistência.
The objective of this research is to identify ando to analisy the role that the activities pluriactive meet in the building process of social reproduction strategies by seven families of farmers Holy Days of the settlement, located in the municipality of Guapé, southern Minas Gerais. The incorporation of activity and significance pluriactive (also called non-agricultural) to the dynamics of farm households surveyed should be included in the position they occupy in the overall household economy, taking into account the logic of social reproduction strategies they built. So there are different possibilities of combining exercise pluriactivity within family units, which implies a diversity of meanings that such combination may take in the social reproduction . What drives economic behavior of farmers interviewed, as pointed out throughout this work, are not characteristic of those principles called the farmers, guided by the marginal productivity of factors of production and profit maximization. What drives the social reproduction of these families is the pursuit of optimizing opportunities for survival and maximization of welfare. This logic represents a continuous and daily struggle for autonomy and progress achieved by the creation of a self-managed resource base. The alternative found by the families to create such a resource base involves the combination of monetary incomes and non-monetary nature of agriculture and outside agriculture. Income from activities pluriactive (here expressed as many temporary employees work as croppers, mason, carriage service, among others) are a source of revenue to bear part of the goods and services necessary to maintain the collective household (spendingcurrents) and, secondly, as an instrument of self-financing from subsistence production.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2330
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_A vida no e para além do roçado.pdf1,5 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback