Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2344

Título: Qualidade do solo em sistemas de manejo para Latossolos sob Cerrado
Título Alternativo: Soil quality in management systems in Oxisols under Cerrado
Autor(es): Silva, Diego Bastos
Orientador: Silva, Marx Leandro Naves
Membro da banca: Alcântara, Elifas Nunes de
Ferreira, Mozart Martins
Área de concentração: Recursos Ambientais e Uso da Terra
Assunto: Atributos físicos
Atributos químicos
Fertilidade do solo
Matéria orgânica
Sustentabilidade ambiental
Physical attributes
Chemical attributes
Soil fertility
Organic matter
Environmental sustainability
Data de Defesa: 25-Fev-2010
Data de publicação: 6-Ago-2014
Referência: SILVA, D. B. Qualidade do solo em sistemas de manejo para Latossolos sob Cerrado. 2010. 104 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
Resumo: Nas últimas décadas o Cerrado sofreu diversas transformações no uso da terra. Assim, muitas técnicas de manejo agrícola intensivo causaram alterações dos atributos físicos e químicos do solo e consequentemente alteração de sua qualidade. Os Latossolos do Cerrado apresentam restrições químicas devido à baixa fertilidade e elevada toxidez por alumínio. Por outro lado, os atributos físicos desses solos, aliados à topografia suavizada onde estão inseridos, fez desta uma região apta para o desenvolvimento de uma agricultura altamente mecanizada. Porém, a busca por aumentos de produtividade e competitividade coloca em risco a sustentabilidade do Cerrado. Com isto, objetivou-se avaliar a qualidade do solo em sistemas de manejo em Latossolos sob Cerrado, a fim auxiliar o monitoramento da sua sustentabilidade. O estudo consistiu da avaliação de banco de dados que apresentam informações de 39 sistemas de uso dos Latossolos em 6 regiões do Cerrado Brasileiro, sendo analisadas as camadas de 0 - 20 cm de profundidade. Foram avaliadas as alterações nos atributos físicos e químicos dos solos e gerados dois índices (IQS1 e IQS2) para estimativa da qualidade do solo. O IQS1 foi calculado a partir dos desvios dos atributos físicos e químicos dos sistemas manejados em relação aos respectivos ambientes naturais (referência); e o IQS2 foi calculado a partir de um modelo aditivo que considera as funções principais do solo e os indicadores de qualidade a elas associados, sendo atribuídos pesos tanto para as funções como para os indicadores. A conversão do ambiente nativo em sistemas de manejo causou alterações dos atributos físicos e químicos dos solos, sendo que os atributos físicos indicadores da boa qualidade do solo foram reduzidos e os químicos aumentaram quando foram adicionados corretivos e fertilizantes. Os ambientes analisados apresentaram reduções da capacidade dos solos em desenvolver suas funções ecológicas principais, sendo que o sistema solo descoberto foi o sistema que apresentou a menor qualidade. Os índices de qualidade do solo gerados, tanto com base nos desvios das propriedades do solo em relação aos ambientes naturais, como a partir do estabelecimento das funções e indicadores do solo, foram eficientes em refletir a variação da qualidade do solo, nos diferentes ambientes do Cerrado.
In recent decades, the Cerrado, region at Brazil, has undergone various transformations in land use. Intensive agricultural management caused changes in soil physical and chemical attributes and therefore affected its quality. Oxisols under Cerrado present chemical restrictions to crop growth linked to low fertility and high aluminum toxicity. On the other hand, physical attributes of these soils, associated with their gently rolling topography, has made this an area suitable for the development of a highly mechanized agriculture. However, the search for productivity gains and increased competitiveness puts at risk the sustainability of the Cerrado. Thus, it was aimed to assess roil quality under different management systems of Oxisols under Cerrado, in order to help monitoring their sustainable use. This study consisted of evaluating a database on 39 systems used in Oxisols in 6 regions of the Brazilian Cerrado, being analyzed layers of 0 - 20 cm depth. We evaluated changes in soil physical and chemical attributes and generated two indexes (SQI1 and SQI2) to estimate soil quality. The SQI1 was estimated from the deviations of the physical and chemical properties of cultivated systems in relation to their natural environments (reference); the SQI2 was calculated from an additive model that considers the main soil functions and their indicators, by assigning weights for both functions and indicators. The conversion of the native environment in management systems caused changes in soil attributes, as physical attributes indicators of good soil quality were diminished, and the chemical attributes increased by adding lime and fertilizers. In general, cultivated soils showed reduced capacity to perform ecological functions, and bare soil showed the lowest quality. The indices of soil quality generated, based either on attribute deviation from natural environments or on the establishment of indicators functions were effective in assessing soil quality change in different Cerrado environments.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2344
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Qualidade do solo em sistemas de manejo para Latossolos sob Cerrado.pdf627,59 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback