Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Programa de Pós-graduação >
DAE - Administração - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2357

Título: Governança nas aglomerações produtivas: um estudo no setor de vestuário de Divinópolis - Minas Gerais
Autor(es): Silva, Isabel Cristina da
Orientador: Antonialli, Luiz Marcelo
Coorientador(es): Castro, Cleber Carvalho de
Membro da banca: Leite, Ramon Silva
Área de concentração: Gestão Estratégica, Marketing e Inovação
Assunto: Governança
Aglomeração produtiva
Papel dos agentes de apoio
Governance
Productive agglomeration
Role of support agents
Data de Defesa: 6-Out-2011
Data de publicação: 6-Ago-2014
Referência: SILVA, I. C. da. Governança nas aglomerações produtivas: um estudo no setor de vestuário de Divinópolis - Minas Gerais. 2011. 154 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: The dissertation aimed to analyze the role of supporting institutions and public authorities in the governance and development of the productive agglomeration of clothing in Divinópolis - MG. It is noteworthy that one of the conditions for the development of agglomerations is the productive articulation between the agents to provide an advanced coordination. Therefore, it was questioned about the role of supporting institutions and public authorities in the governance of the agglomeration. With that goal was carried out a qualitative research with the three main agents of agglomeration: (i) the businessmen of manufacturing companies and faction; (ii) representatives of support institutions; and (iii) representatives of public authority. Were used semi-structured interviews, through script, alongside the documentary research. The theoretical framework dealt specifically with the characterization of clusters and forms of governance. However, was felt the need to develop a generic theoretical model, specific for the analysis of governance in productive agglomerations, preceded by the typology of the classification of the stage of development/maturity of the coordination. Thus, the clothing´s agglomeration governance was classified as an embryonic governance, since it has a low degree of coordination and development and small productive interaction between the agents. It was observed that there is not a strong leadership of the public authorities and even of supporting institutions, and that these act more proactively in the actions the agglomeration. Nevertheless, the role that these agents play in governance and development of the agglomeration is still rudimentary because they don´t articulate to provide an integrated, efficient and competitive coordination. It is believed that many actions need to be taken so the garment agglomeration governance could reach an advanced level of coordination.
Este trabalho foi realizado com o objetivo de analisar o papel das instituições de apoio e do poder público na governança e no desenvolvimento da aglomeração produtiva de vestuário de Divinópolis, MG. Destaca-se que uma das condições ao desenvolvimento das aglomerações é a articulação produtiva entre os agentes para prover uma coordenação avançada. Assim, questionou-se a respeito do papel das instituições de apoio e do poder público na governança da aglomeração. Para tanto, realizou-se uma pesquisa qualitativa junto aos três principais tipos de agentes da aglomeração: (i) os empresários das empresas de confecção e facção, (ii) os representantes das instituições de apoio e (iii) os representantes do poder público. Utilizaram-se entrevistas semiestruturadas, por meio de roteiro, paralelamente à pesquisa documental. O recorte teórico tratou especificamente da caracterização das aglomerações e das formas de governança. No entanto, houve a necessidade de desenvolver um modelo teórico específico para análise da governança em aglomerações produtivas, precedido da tipologia de classificação do estágio de desenvolvimento/maturidade da coordenação. Desse modo, a governança da aglomeração de vestuário foi classificada como uma governança embrionária, pois apresenta um grau reduzido de desenvolvimento da coordenação e reduzida interação produtiva entre os agentes. Observou-se que não existe liderança forte do poder público e nem das instituições de apoio, e que essas, atuam mais proativamente nas ações da aglomeração. Não obstante, o papel que esses agentes desempenham na governança e no desenvolvimento da aglomeração ainda é rudimentar, pois não se articulam para prover uma coordenação integrada, eficiente e competitiva. Acredita-se que muitas ações necessitam ser empreendidas para que a governança da aglomeração de vestuário alcance um patamar avançado de coordenação.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2357
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Governança nas aglomerações produtivas.pdf1,02 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback