Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DMV - Departamento de Medicina Veterinária >
DMV - Programa de Pós-graduação >
DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2368

Title: Utilização de gonadotropina coriônica eqüina e/ou extrato bruto de hipófise de carpa na indução da reprodução de curimba (Prochilodus lineatus)
Other Titles: Utilization of equine chorionic gonadotropin and/or carp pituitary extract in the induction of the reproduction of curimba (Prochilodus lineatus)
???metadata.dc.creator???: Pereira, Gilmara Junqueira Machado
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Murgas, Luis David Solis
???metadata.dc.contributor.referee1???: Pimenta, Carlos José
Ribeiro Filho, Oswaldo Pinto
Zangerônimo, Márcio Gilberto
Logato, Priscila Vieira Rosa
???metadata.dc.description.concentration???: Ciências Veterinárias
Keywords: Reproducao animal
Reprodução induzida
Desova
Sêmen
Peixe
Induction of reproduction
Spawning
Sperm
Fishes
???metadata.dc.date.submitted???: 4-Aug-2006
Issue Date: 7-Aug-2014
Citation: PEREIRA, G. J. M. Utilização de gonadotropina coriônica eqüina e/ou extrato bruto de hipófise de carpa na indução da reprodução de curimba (Prochilodus lineatus). 2006. 61 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
???metadata.dc.description.resumo???: O estudo avaliou os efeitos da utilização da gonadotropina coriônica eqüína (eCG) e do extrato bruto de hipófise de carpa (EBHC) combinados ou não, na indução da reprodução de machos e fêmeas de curimba (Prochilodus lineatus). Foram testados 4 tratamentos hormonais diferentes com duas doses intervaladas em 12 horas (A: EBHC 0,5 mg/kg e EBHC 5,0 mg/kg; B: EBHC 0,5 mg/kg e EBHC 5,0 mg/kg + eCG 500 UI/kg; C: EBHC 0,5 mg/kg e eCG 500 UI/kg; D: eCG 500 UI/kg e eCG 500 UI/kg ), tendo nas fêmeas sido testados apenas os primeiros 3 tratamentos. Nos machos os parâmetros seminais avaliados foram o volume do sêmen, a motilidade espermática, a duração da motilidade, concentração de espermatozóides e a morfologia espermática. Nas fêmeas, amostras de ovócitos foram coletadas 5 horas e 8 horas após a 2ª aplicação hormonal, para analisar a posição da vesícula germinativa (núcleo) e o diâmetro dos ovócitos. Outro parâmetro avaliado foi o peso da desova das fêmeas induzidas. Para as fêmeas, não houve diferença significativa entre o peso da desova das fêmeas induzidas pelos tratamentos A e B. As fêmeas induzidas pelo tratamento C não desovaram. Na avaliação do diâmetro dos ovócitos, não houve diferença significativa entre os tratamentos, às 5 horas após a 2ª aplicação hormonal, enquanto que, às 8 horas após a 2ª aplicação hormonal, os tratamentos B e C foram diferentes estatisticamente (P< 0,05) ao tratamento A. Na avaliação do posicionamento da vesícula germinativa, os tratamentos A e B foram diferentes estatisticamente do tratamento C, tanto às 5 horas quanto às 8 horas após a 2ª aplicação hormonal. Para os machos, os resultados não apresentaram diferença significativa entre os protocolos hormonais utilizados, com relação ao volume do sêmen, à motilidade espermática, à duração da motilidade, e à concentração de espermatozóides (P>0,05). O tratamento no qual utilizaram-se duas doses de 500 UI/kg de eCG, foi diferente estatisticamente dos demais tratamentos, apresentando um menor número de espermatozóides com anormalidades. Pôde-se concluir que o eCG não se mostrou eficiente quando não combinado com o EBHC na segunda aplicação hormonal, na indução da desova de fêmeas de curimba. Contudo, para os machos, o eCG, na dosagem de 500 UI/kg em duas doses, pode substituir o EBHC, na dosagem de 0,5 e 5,0 mg/kg, sem alterar as características seminais avaliadas.
The present study evaluated the effect of the utilization of eCG (equine chorionic gonadotropin) and of the CPE (carp pituitary extract) combined or not, used in the induction of reproduction of males and females of curimba (Prochilodus lineatus). Four different hormonal treatments have been tested, with two doses with interval of 12 h (A: 0,5 CPE mg/kg and 5,0 CPE mg/kg; B: 0,5 CPE mg/kg and 5,0 CPE mg/kg + 500 eCG IU/kg; C: 0,5 CPE mg/kg and 500 eCG IU/kg; D: 500 eCG IU/kg and 500 eCG IU/kg). In the females only the three first treatments have been tested. In the males the evaluated seminal parameters were, volume of the semen, sperm motility, motility duration, spermatozoa concentration and sperm morphology. In the females, samples of oocytes had been collected, five and eight hours after second hormonal application, to analyze the position of the germinative vesicle (nucleus) and the oocytes diameter. Another evaluated parameter was the weight of the spawning on the induced females. For the females, it did not have significant difference on the weight of the spawning of the induced females for the treatments A and the B. The induced females for treatment C had not spawned. In the evaluation of the oocytes diameter, it did not have significant difference on the treatments five hours after the second hormonal application, whereas, eight hours after the second hormonal application treatments B and C had been significant different (P< 0,05) to the treatment A. In the evaluation of the positioning of the germinative vesicle, the treatments A and B had been significant different of treatment C, five hours as much as eight hours after the second hormonal application. For the males, the results had not presented significant difference between the used hormonal protocols, with regard to the volume of the semen, sperm motility, motility duration and spermatozoa concentration (P<0,05). The treatment which used two doses of 500 IU/kg of eCG, was significant different of the others treatment, presenting a lower number of spermatozoa with abnormality. It can be concluded that eCG did not reveal efficient when not combined with the CPE in the second hormonal application, in the induction of the spawning of females of curimba, however for the males, eCG (500 and 500 IU/kg) can substitute the CPE (0,5 and 5,0 mg/kg) without modifying the evaluated seminal characteristics.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2368
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTACAO_Utilização de gonadotropina coriônica eqüina eou extrato bruto de hipófise de carpa na indução da reprodução de curimba (Prochilodus lineatus)..pdf382.85 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback