Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2386
Título: Os efeitos de barreiras alfandegárias sobre a formação do preço de exportação: um estudo de produtos do agronegócio mineiro no contexto da ALCA
Título(s) alternativo(s): The effects of the custom barriers over the exporting price formation: a study related to the products from the agribusiness of the state of Minas Gerais in a FTAA situation
Autor : Silva, Leandro César Diniz da
Primeiro orientador: Santos, Antônio Carlos dos
Primeiro membro da banca: Sugano, Joel Yutaka
Rezende, Daniel Carvalho de
Área de concentração: Estrutura, Dinâmica e Gestão de Cadeias Produtivas
Palavras-chave: Agronegócio
Preço
Exportação
ALCA
Agribusiness
Cost
Exportation
FTAA
Data da publicação: 7-Ago-2014
Referência: SILVA, L. C. D. da. Os efeitos de barreiras alfadengárias sobre a formação do preço de exportação: um estudo de produtos do agronegócio mineiro no contexto da ALCA. 2006. 88 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
Resumo: This dissertation aims to understand the effects of custom barriers on the formation of export price of agribusiness products from the State of Minas Gerais, in the context of Free Trade Area of Americas (FTAA). Specifically it was tried to identify the participation of Minas Gerais State´s agribusiness as a player of the international game and what is its contribution within the brazilian exportind scenario; to understand the effects of the custom protecting system imposed by the other countries which are part of the FTAA; and how they affect the exporting of products related to the agribusiness from the state of Minas Gerais; and to identify the effects of a tax reduction over the export price formation of the products from the agribusiness of the state of Minas Gerais if the custom taxes are reduced by 50% to all countries which are part of the process and the lost of value of the money. It was used the exploratory qualitative research and the data was collected in primary and secondary sources. As a primary source of data were consulted custom agents, exporters, salers and re-salers. As a secondary source of data it was used the brazilian system ALICE-WEB, magazines, books, internet and journals as the main base for collecting research data. It was observed that the exportation from the state of Minas Gerais are more quantitative than qualitative. The amount of exporting products are big, but small in value, which make the exporter to try to obtain better profits by saling a lot to make the exportation worthy. It was also observed that the custom taxes or barriers affect the profit of the exporter, as it could be seen with the sugar, soy oil, leather shoes, free concentrated orange juice e and cigarettes. It was verified that the custom taxes reductions, when related to the FTAA situation, doesn´t affect the exporting in a very significative way, because when it happens, it is extended to all countries that are part of it, and some countries would still have a diferent treatment because they are part of the General System of Preferences (GSP). It was observed that, if the barriers are mantained, the exporters could sustain their profit or even be overcome only with the devaluation of the exchanging rate.
Objetiva-se com este trabalho entender os possíveis efeitos que as barreiras alfandegárias terão na formação do preço de exportação de produtos do agronegócio mineiro diante da consolidação da Área Livre de Comércio das Américas, denominada por ALCA. Especificamente buscou-se identificar a participação do agronegócio mineiro como player do jogo internacional e sua contribuição nas exportações brasileiras; entender os efeitos do processo protecionista alfandegário imposto pelos países signatários da ALCA e como as mesmas interferem nas exportações de produtos ligados ao agronegócio do Estado de Minas Gerais; e identificar os efeitos na formação do preço de exportação de produtos do agronegócio mineiro caso haja uma redução das tarifas aduaneiras em 50% para todos os países participantes e da desvalorização da taxa de câmbio. Optou-se pelo uso da pesquisa qualitativa exploratória e os dados foram obtidos em fontes primárias e secundárias. Como fonte primária de dados foram consultados despachantes aduaneiros, exportadores, atacadistas e varejistas. Como fonte secundária, consultou-se o sistema ALICE-Web, livros, revistas, internet e publicações. Observou-se que as exportações mineiras são mais quantitativas que qualitativas. Exporta-se muito, porem os produtos são de pequeno valor agregado, o que faz com que o exportador tenha que buscar economia de escala para compensar a baixa margem de lucro. Observou-se também que as barreiras alfandegárias afetam a margem de lucro do exportador como nos casos do açúcar cristal, óleo de soja, calçados em couro, suco de laranja concentrado, café solúvel e cigarro em maço. Verificou-se que as reduções de tarifas alfandegárias, quando em situações de bloco econômico, não repercutem de forma significativa, pois quando acontece é estendida a todos os países participantes e alguns países concorrentes dos produtos brasileiros/mineiros ainda gozam de tratamento preferencial por fazer parte do SGP. Verificou-se que somente com a desvalorização cambial, caso acontecesse a manutenção das tarifas alfandegárias, é que os exportadores poderiam manter sua margem de lucro ou até mesmo superar a mesma.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2386
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Os efeitos de barreiras alfandegárias sobre a formação do preço de exportação.pdf380 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.