Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2398
Título: Relações dos preços nacionais e internacionais da madeira
Título(s) alternativo(s): Relationship between national and international wood prices
Autor : Melo, Letícia Queiroz de
Primeiro orientador: Castro Júnior, Luiz Gonzaga de
Primeiro membro da banca: Fontes, Renato Elias
Mendonça, Maria Cristina Angélico
Área de concentração: Dinâmica e Gestão de Cadeias Produtivas
Palavras-chave: Transmissão de preço
Co-integração
Causalidade de Granger
Transmition of price
Co-integration
Granger’s causality
Data da publicação: 7-Ago-2014
Referência: MELO, L. Q. de. Relações dos preços nacionais e internacionais da madeira. 2008. 52 p. Dissertação (Mestrado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: This work analyses the Canadian sawn wood price impact on the price building of the sawn wood in booth São Paulo and Pará states Price conveyance between those states was also assessed KPSS tests results show that all price series are order 1I stationary Johansen`s test results show that none of the price series is co-integrated It can be concluded that there is no special integration between Canadian and Brazilian States` (São Paulo and Pará) wood markets that is a demand shock in any of those markets is not likely to affect wood prices in other markets Another conclusion led to by Granger´s Causality Test is that Granger arisen by Canadian prices influence on Pará´s prices the same way as Granger Pará`s prices influence upon São Paulo`s prices These findings show the market view since Canadian the world´s main sawn wood exporter has influenced upon Pará a great Brazilian sawn wood producer Yet because São Paulo´s civil construction consumes Pará´s wood in large scale Pará´s prices have great influence on São Paulo´s Therefore results suggest that Brazilian wood market in not effective at long term as there in no evidence of long term co-integration what does not litter allow either arbitrage mechanisms or unique prices law to work as they have been expected.
Neste estudo analisa-se o impacto do preço da madeira serrada canadense sobre a formação do preço da madeira serrada nos estados de São Paulo e Pará Avalia-se também a transmissão dos preços entre os dois estados brasileiros Os resultados do teste de raiz unitária KPSS mostram que todas as séries de preços são estacionarias de ordem 1 I(1) Os resultados do teste de co-integração de Johansen indicam que nenhuma das séries é co-integrada Conclui-se então que os mercados da madeira canadense e dos estados brasileiros de São Paulo e Pará não são integrados espacialmente ou seja um choque de oferta ou demanda em um desses mercados não afeta os preços da madeira nos demais mercados Outra constatação decorrente da aplicação do Teste de Causalidade de Granger é que os preços canadenses Granger causam os preços paraenses assim como os preços paraenses Granger causam os preços paulistas Tal constatação evidencia a perspectiva de mercado pois se pode perceber que o Canadá maior exportador mundial de madeira serrada gera influência sobre o Pará grande produtor de madeira serrada no Brasil E o fato de os preços do Pará influenciarem os preços de São Paulo está associado ao ensejo de a construção civil paulista ser grande consumidora da madeira paraense Assim os resultados da pesquisa sugerem que o mercado brasileiro de madeira no longo prazo não é eficiente uma vez que não há evidência de co-integração no longo prazo não permitindo que os mecanismos de arbitragem e a Lei do Preço Único funcionem como esperado.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2398
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Relações dos preços nacionais e internacionais da madeira.pdf672,17 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.