Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2405
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorBufalino, Lina-
dc.date.accessioned2014-08-07T21:54:58Z-
dc.date.available2014-08-07T21:54:58Z-
dc.date.issued2014-
dc.date.submitted2014-02-27-
dc.identifier.citationBUFALINO, L. Filmes de nanocelulose a partir de resíduos madeireiros da Amazônia. 2014. 106 p. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia da Madeira) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2405-
dc.descriptionTese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia da Madeira, área de concentração em Processamento e Utilização da Madeira, para obtenção do título de Doutor.pt_BR
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do estado de Minas Gerais (FAPEMIG)pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.publisherUNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRASpt_BR
dc.rightsacesso abertopt_BR
dc.subjectCelulose microfibriladapt_BR
dc.subjectGrinderpt_BR
dc.subjectNanotecnologiapt_BR
dc.subjectMadeira tropicalpt_BR
dc.subjectMicrofibrillated cellulosept_BR
dc.subjectNanotechnologypt_BR
dc.subjectTropical woodpt_BR
dc.titleFilmes de nanocelulose a partir de resíduos madeireiros da Amazôniapt_BR
dc.title.alternativeNanocelulose films from waste wood from the Amazon-
dc.typetesept_BR
dc.contributor.advisor-coTonoli, Gustavo Henrique Denzin-
dc.contributor.advisor-coMarconcini, José Manoel-
dc.publisher.programDCF - Programa de Pós-graduaçãopt_BR
dc.publisher.initialsUFLApt_BR
dc.publisher.countryBRASILpt_BR
dc.description.concentrationProcessamento e Utilização da Madeirapt_BR
dc.contributor.advisor1Mendes, Lourival Marin-
dc.contributor.referee1Muniz, Graciela Inês Bolzón de-
dc.contributor.referee1Hein, Paulo Ricardo Gherardi-
dc.contributor.referee1Carneiro, João de Deus Souza-
dc.description.resumoThe development of high quality and added value nanocellulose films from wood wastes generated in the industries is an interesting alternative within the current sustainability terms. This work aimed to verify if the waste raw material source from different alternative Amazon hardwoods and the mechanical fibrillation degree affect the quality of nanocellulose films. The species studied were Cordia goeldiana, Brosimun parinarioides and Parkia gigantocarpa. The results obtained for the native species were compared to the species E. grandis. The raw material consisted of low-quality veneers for plywood production that were collected, milled and selection to raw sawdust generation. Alkaline treatment under pressure and subsequent bleaching under mechanical stirring were performed in order to obtain wood fibers and to remove non-cellulosic components. From the bleached fiber suspensions, microfibrillated cellulose was produced through the mechanical method in a specialized grinder after 10, 20, 20 and 40 processing cycles. The nanocellulose films from the four species studied and different cycles were formed by the casting method. Chemical, thermal, crystallographic, morphological, mechanical and colorimetric analyses were carried out in the raw sawdust, unbleached fibers, bleached fibers, microfibrillated cellulose suspensions and nanocellulose films. It was observed that alkaline treatment and bleaching were efficient in cellulose isolation without causing its structural modification. P. gigantocarpa wastes had the most effective lignin and hemiceluloses removal. On the other hand, considerable morphological degradation was observed for this species. C. goeldiana exhibited higher lignin content which hindered cellulose isolation. More intense fibrilation with more passage cycles in grinder was noticed and assured by diameter decrease of the nanostructures. Such effect was more efficient in woody wastes from C. goeldiana and E. grandis. E. grandis wastes resulted in higher quality nanocellulose films in relation to those from alternative tropical woods. Among those, the best results of mechanical strength were presented by C. goeldiana films. For wastes from C. goeldiana, B. parinarioides and P. gigantocarpa better quality nanocellulose films were obtained after 30, 20 and 20 passages in grinder respectively.pt_BR
dc.description.resumoO desenvolvimento de filmes de nanocelulose de alta qualidade e valor agregado a partir de resíduos madeireiros gerados nas indústrias apresenta-se como uma alternativa interessante e compatível com as vigências atuais da sustentabilidade. Objetivou-se com este trabalho verificar se a origem dos resíduos provenientes de diferentes espécies de folhosas alternativas da Amazônia e o grau de fibrilação mecânica de nanofibras influenciam na qualidade de filmes nanocelulósicos. As espécies estudadas foram Cordia goeldiana, Brosimun parinarioides e Parkia gigantocarpa. Os resultados obtidos para as espécies nativas foram comparados aos da espécie E. grandis. As matérias-primas consistiram de lâminas de baixa qualidade para produção de compensados que foram coletadas, moídas e selecionadas para obtenção da serragem in natura. Para obtenção de fibras de madeira e remoção de componentes não celulósicos foi realizado tratamento alcalino sob pressão e subsequente branqueamento sob agitação mecânica. A partir de suspensões de fibras branqueadas, a celulose microfibrilada foi gerada pelo método mecânico em moinho microfibrilador especializado após 10, 20, 30 e 40 ciclos de processamento. Os filmes de nanocelulose provenientes das quatro espécies de estudos e quatro ciclos diferentes foram formados pelo método casting. Foram conduzidas análises de natura química, térmica, cristalográfica, morfológica, física, mecânica e colorimétrica nas serragens in natura, fibras branqueadas, fibras não branqueadas, suspensões de celulose microfibrilada e filmes de nanocelulose. Foi observado que o tratamento alcalino e o branqueamento foram eficientes no isolamento da celulose sem ocasionar sua modificação estrutural. Os resíduos de P. gigantocarpa apresentaram remoção mais efetiva de lignina e hemiceluloses, porém ocorreu maior degradação morfológica para essa espécie. A espécie C. goeldiana exibiu maior teor de lignina e dificuldade de isolamento da celulose. A fibrilação foi mais intensa com mais ciclos de passagem no moinho microfibrilador, o que ficou comprovado pela diminuição do diâmetro das nanoestruturas. Esse efeito foi mais eficiente nos resíduos madeireiros de C. goeldiana e E. grandis. Resíduos da espécie E. grandis resultaram em filmes de nanocelulose de melhor qualidade em relação aos provenientes de todas as madeiras tropicais alternativas. Dentre esses, os melhores resultados de resistência mecânica foram apresentados pelos produzidos a partir de C. goeldiana. Para resíduos de C. goeldiana, B. parinarioides e P. gigantocarpa filmes de nanocelulose de melhor qualidade foram obtidos após 30, 20 e 20 passagens no moinho microfibrilador respectivamente.pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ_NÃO_INFORMADOpt_BR
Appears in Collections:DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Doutorado (Teses)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TESE_Filmes de nanocelulose a partir de resíduos madeireiros da Amazônia.pdf5,5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.