Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2413

Título: Erosão hídrica em áreas florestais no Vale do Rio Doce, região Centro-Leste do estado de Minas Gerais.
Título Alternativo: Hydric erosion in forest areas in the Rio Doce Valley, Central-East Region of the state of Minas Gerais.
Autor(es): Oliveira, Flávio Pereira de
Orientador: Silva, Marx Leandro Naves
Membro da banca: Curi, Nilton
Alvarenga, Ramon Costa
Mello, Carlos Rogério de
Ferreira, Mozart Martins
Assunto: Manejo e conservação do solo
Erosão hídrica
Eucalipto
Erosividade
Perda de solo
Perda de água
Perda de nutriente
Erosão em estradas.
Data de Defesa: 24-Fev-2006
Data de publicação: 7-Ago-2014
Referência: OLIVEIRA, F. P. de. Erosão hídrica em áreas florestais no Vale do Rio Doce, Região Centro-Leste do Estado de Minas Gerais. 2006. 105 p. Dissertação (Mestrado em Ciência do Solo)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006
Resumo: No Brasil, as plantações florestais vêm apresentando elevado crescimento, porém, poucos são os estudos a respeito das modificações que este uso pode causar no solo, especialmente do ponto de vista da conservação do solo e da água. Como o solo tem um papel destacado dentro dos ecossistemas, está sujeito às mais diversas formas de degradação. Dessa forma, os objetivos do presente estudo foram: a) determinar a erosividade da chuva e sua distribuição, na região do Vale do Rio Doce, para nove sub-regiões; b) avaliar as perdas de solo, água, nutrientes e carbono orgânico, em diferentes sistemas de manejos de florestas plantadas de eucalipto, na região do Vale do Rio Doce, nos municípios de Belo Oriente e Guanhães, MG e c) estimar as perdas de solo provenientes de erosão laminar e em sulcos em estradas florestais e deslocamentos de massas de solo em encostas e taludes, no Vale do Rio Doce, região Centro-Leste do estado de Minas Gerais. Para determinação do índice de erosividade EI30, foram utilizados dados pluviométricos referentes ao ano de 2005, obtidos de uma série de estações climatológicas automatizadas. O valor médio anual de erosividade entre sub-regiões obtido foi de 12.913 MJ mm ha-1 h-1 ano-1. As perdas de solo, água, nutrientes e carbono orgânico foram avaliadas por meio de parcelas experimentais instaladas em Latossolo Vermelho-Amarelo Distrófico típico e Latossolo Vermelho Distrófico típico, sob diferentes sistemas de manejo (floresta nativa, pastagem plantada, eucalipto em nível, eucalipto convencional, eucalipto convencional com queima e solo descoberto). Os resultados indicam que todos os sistemas com eucalipto apresentaram valores muito baixos de perdas de solo em relação ao limite de tolerância referente a cada classe de solo; da mesma forma, as perdas de água foram bem inferiores. As perdas de solo nas estradas florestais foram estimadas por meio de medições no leito das estradas e nas rupturas de encostas e taludes. Neste estudo, tanto as perdas de solo quanto de água foram bem elevadas, indicando, dessa forma, o conhecimento da capacidade resistiva do solo ao escoamento superficial e as características deste escoamento para o correto dimensionamento do sistema de drenagem e do estabelecimento de medidas para o controle da erosão.
In Brazil, the forest plantations have been presenting elevated growth,however there are few studies regarding the modifications that this use can cause in the soil, especially from the point of view of soil and water conservation. Since the soil has an outstanding role within the ecosystems, it is subject to the most diverse forms of degradation. Being such, the objectives of the present study were: a) to determine the erosivity of the rain and its distribution, in the area of The Rio Doce Valley, to nine sub-areas; b) to evaluate the soil, water, nutrient and organic carbon loss under different systems of planted eucalyptus forest management, in the area of The Rio Doce Valley, in the Belo Oriente and Guanhães counties, MG, and c) to estimate the soil loss due to laminate and furrow erosion in forest highways and displacements of soil mass on hillsides and embankments, in The Rio Doce Valley, Central-East area of the State of Minas Gerais. For determination of the erosivity index EI30, pluviometric data referring to the year 2005 were used, obtained from a series of automated climatological stations. The average annual erosivity value among sub-areas obtained was 12,913 MJ mm ha-1 h-1 year-1. The soil, water, nutrient and organic carbon loss was appraised through experimental parcels installed in typic Dystrophic Red-Yellow Latosol (Oxisol) and typic Dystrophic Red Latosol (Oxisol) under different management systems (native forest, planted pasture, level eucalyptus, conventional eucalyptus, conventional eucalyptus with burning and uncovered soil). The results indicate that all the eucalyptus systems presented very low values of soil loss in relation to the tolerance limit regarding each soil class, in the same way the water loss was very inferior. The soil loss in the forest highways were estimated through measurements in the roadbed and in the ruptures of hillsides and embankments. In this study, the soil loss, as well as water loss were very high, therefore indicating knowledge of the resistance capacity of the soil to superficial run-off and the characteristics of this run-off for correct dimentioning of the drainage system and of the establishment of measures for the erosion control.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2413
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCS - Ciência do Solo - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Erosão hídrica em áreas florestais no Vale do Rio Doce, região Centro-Leste do estado de Minas Gerais.pdf642,29 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback