Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2421

Title: Viabilidade de células pró-embriogênicas e suspensão celular de murici-pequeno
Other Titles: Pro-embryogenic cell viability and cell suspension of Byrsonima intermedia A. Juss
???metadata.dc.creator???: Silva, Luciano Coutinho
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Paiva, Renato
???metadata.dc.description.concentration???: Fisiologia Vegetal
Keywords: Massas pró-embriogênicas
Viabilidade celular
CTT-tetrazólium
FDA
Byrsomina intermedia A Juss
Pro-embryogenic masses
Cell viability
TTC-tetrazolium
???metadata.dc.date.submitted???: 18-Feb-2009
Issue Date: 8-Aug-2014
Citation: SILVA, L. C. Viabilidade de células pró-embriogênicas e suspensão celular de murici-pequeno. 2009. 104 p. Dissertação (Mestrado em Fisiologia Vegetal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
???metadata.dc.description.resumo???: O Murici-pequeno (Byrsonima intermedia A. Juss) é uma espécie medicinal e frutífera do Cerrado que apresenta dificuldades de propagação por meios convencionais, sendo assim, o desenvolvimento de metodologias alternativas de propagação para essa espécie se faz necessário. Estudou-se nesse trabalho os efeitos residuais da desinfestação de sementes com uma solução de NaOCl, em diferentes pHs e tempos de exposição, no crescimento das plântulas in vitro. A partir de segmentos foliares das plântulas cultivadas in vitro, foram produzidos calos em meio MS com 4,52 µM de 2,4-D e submetidos a três sucessivos subcultivos de 60 dias cada. Para cada subcultivo foi avaliado o potencial embriogênico com os corantes Carmim-acético (C.A.) e Azul-de-Evans (A.E.). Também foram usados os corantes FDA e CTT para analisar a viabilidade de calos no decorrer dos subcultivos. Por fim foi estabelecida uma suspensão celular e analisado seu crescimento através da contagem de células com auxilio de uma câmara de Neubauer. O crescimento das plântulas foi afetado pela variação do pH e tempos de exposição ao NaOCl. Os testes citoquímicos por meio da dupla coloração com C.A. e A.E permitiram a caracterização do potencial embriogênico para os três subcultivos através da análise das áreas coloridas por estes corantes. A maior viabilidade de calos observada pelo teste de CTT ocorre no 25º dia de cultivo. Quanto ao FDA no 25º, 29º e 21º dia de cultivo foi observado o maior número de células viáveis para primeiro, segundo e terceiro subcultivos, respectivamente. A análise da suspensão celular revelou que a utilização de ANA promoveu o maior número de células viáveis para o terceiro subcultivo.
The Murici-pequeno (Byrsonima intermedia A. Juss) is a fruitful medicinal species of Cerrado which presents difficulties to be propagated by conventional methods. This fact makes necessary the development of alternative methodologies of propagation for this species. In this work it was studied the in vitro seedlings growth according to residual effects of seeds disinfestation with NaOCl solution, using different pH and periods of exposition. It was produced callus from in vitro seedlings leaf segments cultivated in MS medium with 2.4-D (4.5 µM). These were subcultivated for three times, with 60 days each. For each subcultivation it was assayed the embryogenic potential using the dyes Aceto-carmine (A.C.) and Evans-blue (E.B.). In addition, FDA and CTT dyes were also used to analyze the callus viability during the subcultivation periods. Finally, a cell suspension was established and its growth analyzed by the cells counting using a Neubauer chamber. Seedlings growth was affected by the pH variation and exposition periods to NaOCl. The cytochemical tests by double staining with A.C. and E.B. allowed the characterization of the embryogenic potential for the three subcultivations by analyzing the areas stained with these dyes. Using CTT, higher callus viability was observed at the 25o day of cultivation. Using the FDA test at the 25º, 29º and 21º days of cultivation, higher number of viable cells for the first, second and third subcultivation, respectively, were observed. The cell suspension analysis showed that use of NAA promotes a higher number of viable cells in the third subcultivation.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2421
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Viabilidade de células pró-embriogênicas e suspensão celular de murici-pequeno.pdf2 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback