Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2426

Título: Análise de genes associados a regiões promotoras de expressão de caráter tecido-específico em bananeiras (Musa spp)
Título Alternativo: Analysis of genes associated with expression promoter regions of tissue-specific type in banana (Musa spp.)
Autor(es): Ribeiro, Luciene de Oliveira
Orientador: Paiva, Luciano Vilela
Coorientador(es): Diniz, Leandro Eugenio Cardamone
Membro da banca: Bordallo, Patrícia do Nascimento
Diniz, Leandro Eugenio Cardamone
Área de concentração: Biologia Molecular
Assunto: Promotores
Expressão tecido-específica
RT-PCR
Tissue-specific expression
Promoters
Data de Defesa: 18-Jul-2011
Data de publicação: 8-Ago-2014
Referência: RIBEIRO, L. de O. Análise de genes associados a regiões promotoras de expressão de caráter tecido-específico em bananeiras (Musa spp.). 2011. 66 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Fisiologia Vegetal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: A bananeira é uma espécie pertencente à família Musaceae típica de regiões tropicais e subtropicais, que apresenta grande importância econômica e social no mundo, uma vez que constitui fonte de renda e alimento para milhões de pessoas. O cultivo da bananeira é afetado por diversos problemas causados por fungos, bactérias, vírus, nematóides e insetos, além de estresses abióticos. Uma das estratégias para a solução desses problemas é a geração de novas variedades com resistência a doenças e pragas e mais tolerantes às adversidades climáticas. Isto se dá mediante o desenvolvimento de programas de melhoramento genético, baseados em métodos convencionais ou biotecnológicos, que possibilitam a obtenção de genótipos superiores. Neste contexto, o emprego de técnicas de engenharia genética como a caracterização de promotores tecido-específicos favorece a aplicação de técnicas mais refinadas de manipulação do genoma como a cisgenia, a qual visa o manejo dos genes da própria espécie em questão. No presente trabalho, foram utilizadas sequências gênicas com potencial para expressão tecido-específica previamente selecionadas em um virtual screening realizado no banco de dados DATAmusa. A partir destas sequências foram desenhados primers que posteriormente foram submetidos a análise qualitativa (RT-PCR) e quantitativa (qPCR) em sete tecidos diferentes (Polpa verde, Polpa madura, Casca verde, Casca madura, Folha, Flor e Raiz) de duas cultivares de bananeira (Prata Anã e Grande Naine), pertencentes a grupos genéticos distintos (AAB e AAA, respectivamente). Dos 23 genes previamente selecionados, foi possível identificar após análise qualitativa, seis genes que apresentaram expressão tecido-específica. Estes foram avaliados quantitativamente (qPCR) e ao final foi possível identificar um gene tecido-específico para raiz de Prata Anã. Desta forma, identificando a seqüência gênica deduz-se a presença do promotor tecido-específico.
The banana tree is a species of the family Musaceae typical of tropical and subtropical regions, which has an economic and social importance to the world, as a source of income and food for millions of people. The cultivation of bananas is affected by various problems caused by fungi, bacteria, viruses, nematodes and insects, and abiotic stresses. One of the strategies for solving these problems is the generation of new varieties with resistance to diseases and pests and more tolerant to adverse weather. This is done through the development of breeding programs based on conventional or biotechnological methods, which enable the achievement of superior genotypes. In this context, the use of genetic engineering techniques such as characterization of tissue-specific promoters favors the application of more refined techniques of manipulation of the genome as cisgenia, which aims at the management of the genes of their own species. In this study, we used gene sequences with potential for tissue-specific expression in a previously selected virtual screening performed in the database DATAmusa. From these sequences were designed primers that were subsequently subjected to qualitative analysis (RT-PCR) and quantitative (qPCR) in seven different tissues (Green pulp, Pulp ripe, Green bark, Mature bark, Leaves, Flowers and Root) of two cultivars banana (Prata Anã and Grande Naine), belonging to different genetic groups (AAA and AAB, respectively). From the 23 genes previously selected, it was possible to identify after the qualitative analysis, six genes that showed tissue-specific expression. They were evaluated quantitatively (qPCR) and in the end it was possible to identify a gene tissue-specific root Prata Anã. Thus, identifying the gene sequence we can deduce the presence of tissue-specific promoter.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2426
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Análise de genes associados a regiões promotoras de expressão de caráter tecido-específico em bananeiras (Musa spp).pdf3,21 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback