Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCS - Departamento de Ciência do Solo >
DCS - Programa de Pós-graduação >
DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2446

Title: Atributos físicos, capacidade de suporte de carga e resistência ao cisalhamento de um latossolo vermelho-amarelo submetido a diferentes usos e manejos
Physical properties, load-bearing capacity and soil shear strength of a Red-Yellow Latosol under different use and managements
???metadata.dc.creator???: Pais, Paula Sant'Anna Moreira
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Dias Junior, Moacir de Souza
???metadata.dc.contributor.referee1???: Rocha, Wellington Willian
Oliveira, Geraldo César de
Ferreira, Mozart Martins
Alcântara, Elifas Nunes de
???metadata.dc.description.concentration???: Recursos Ambientais e Uso da Terra
Keywords: Compressão uniaxial
Estrutura do solo
Pressão de pré-consolidação
Densidade do solo
Resistência ao cisalhamento do solo
Uniaxial compression
Soil structure
Pre-consolidation pressure
Soil density
Soil shear strength
???metadata.dc.date.submitted???: 27-Feb-2014
Issue Date: 2014
???metadata.dc.description.sponsorship???: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)
Citation: PAIS, P. S. M. Atributos físicos, capacidade de suporte de carga e resistência ao cisalhamento de um latossolo vermelho-amarelo submetido a diferentes usos e manejos. 2014. 89 p. Tese (Doutorado em Solos - Recursos Ambientais e Uso da Terra) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
???metadata.dc.description.resumo???: Este estudo foi realizado com os objetivos de: i) avaliar as alterações dos atributos físicos de um Latossolo Vermelho-Amarelo (LVA) provocadas pelos diferentes usos e manejos do solo, ii) desenvolver modelos de capacidade de suporte de carga (MCSC) para um LVA submetido a diferentes usos e manejos, em função da pressão de pré-consolidação e da umidade volumétrica e identificar o resistente e o mais suscetível a compactação e iii) obter as envoltórias de resistência ao cisalhamento e seus parâmetros para os diferentes sistemas de manejo/uso de um LVA e identificar o uso/manejo mais resistente e o mais susceptível à compactação. O estudo foi realizado na Fazenda Experimental do Moura, pertencente à Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, situada em Curvelo, MG. No estudo dos atributos físicos e da capacidade de suporte de carga, foram avaliados cinco usos/manejos (milho, cerrado, pastagem com ovinos, piquetes com gado de leite e uma área de floresta (Mata Atlântica)) nas camadas: 0-3 e 25-28 cm. No estudo da resistência do solo ao cisalhamento, foram avaliados três usos/manejos (cerrado, piquetes com gado de leite e uma área de floresta (Mata Atlântica)), na camada 0-3 cm. No primeiro estudo foram determinadas a densidade do solo (Ds), macro (Ma) e microporosidade (Mi), além da porosidade total (PT). No segundo estudo foram desenvolvidos MCSC para todos os usos/manejos. No terceiro estudo, foram desenvolvidas as envoltórias de resistência ao cisalhamento, para avaliar o uso/manejo que mais degradou ou preservou a estrutura do solo. No primeiro estudo os piquetes com apresentaram maior Ds, menor PT e macroporosidade, tanto na camada 0-3cm, quanto na camada 25-28cm, indicando o efeito do pisoteio bovino na estrutura do solo. No segundo estudo, os MCSC que indicaram uma maior resistência à compactação do solo foram: na camada de 0- 3 cm, Piquetes e Pastagem com Ovinos e na camada 25-28 cm, em umidades menores que 0,18m3m -3 Floresta e Piquetes e em umidades acima desse valor, Cerrado. Já os MCSC que indicaram maior suscetibilidade à compactação foram: na camada de 0-3 cm, Floresta e na camada 25-28 cm, em umidades menores que 0,18m3m -3 Cerrado e em umidades acima desse valor, Floresta e Piquetes. No terceiro estudo, a área de piquetes apresentou maior resistência ao cisalhamento e, consequentemente, maior resistência à compactação, tanto quando equilibrada à -2 kPa quanto à -6 kPa. A maior suscetibilidade à compactação, foi obtida à -2 kPa pela Floresta e Cerrado e à -6 kPa pela Floresta, devido à menor resistência ao cisalhamento.
This study was conducted with the objectives of: i) evaluating the changes of the physical attributes of a Red-Yellow Oxisol (RYO) caused by the different uses and managements of the soil, ii) developing load-bearing capacity models (LBCM) for an LVA submitted to different uses and managements in regard to the pre-consolidation pressure and volumetric moisture content, and identifying the most resistant and susceptible to compaction; e iii) obtaining the shear strength envelope and its parameters for the different uses/managements LVA systems, and identify the most susceptible to compaction. The study was conducted at the Moura Experimental Farm of the Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, located in Curvelo, Minas Gerais, Brazil. In the study of the physical attributes and load-bearing capacity, we evaluated five uses/managements (maize, cerrado, pasture with sheep, paddocks with dairy cattle and an area of forest - Mata Atlântica) in the 0-3 and 25-28 cm layers. In the study of soil shear strength, we evaluated three uses/managements (cerrado, paddocks with dairy cattle and an area of forest - Mata Atlântica), in the 0-3 cm layer. In the first study, we determined soil bulk density (Ds), macroporosity (Ma), microporosity (Mi), and total porosity (TP). In the second study, we developed LBCM for all uses/managements. In the third study, we developed the shear strength envelope in order to evaluate the use/management which most degraded or preserved the soil structure. In the first study, the paddocks with dairy cattle showed higher Ds and lower PT and macroporosity, both in 0-3cm as the 25-28cm layer, indicating the effect of stamping in the soil structure. In the second experiment, the LBCM which indicated greater soil compaction resistance were: in the 0-3 cm layer, paddocks and pasture with sheep and in the 25-28 cm layer; at volumetric moisture content lower than 0.18 m3m -3 in forest and paddocks, and at the volumetric moisture content above this value in cerrado. The LBCM which indicated greater susceptibility to compaction were: in the 0-3 cm layer, forest and 25-28 cm layer, at a volumetric moisture content than 0.18 m3m -3 in the cerrado, and at volumetric moisture content above this value in forest and paddocks. In the third study, the area of paddocks showed higher shear strength and, consequently, greater resistance to compaction, whither in equilibrium at -2 kPa or at -6 kPa. The greater susceptibility to compaction was obtained at -2 kPa in forest and cerrado and at -6 kPa in forest, due to lower shear strength.
Description: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo, área de concentração em Recursos Ambientais e Uso da Terra, para a obtenção do título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2446
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DCS - Ciência do Solo - Doutorado (Teses)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
TESE Atributos físicos, capacidade de suporte de carga e resistência ao cisalhamento de um latossolo vermelho-amarelo submetido a diferentes usos e manejos.pdf753.17 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback