Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2455

Title: Variabilidade das propriedades tecnológicas da madeira de toona ciliata m. roem. com dezoito anos de idade
Other Titles: Variability of technological properties of wood Toona ciliata M. Roem. with eighteen years old
???metadata.dc.creator???: Nassur, Otávio Augusto Carvalho
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Rosado, Sebastião Carlos da Silva
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Lima, José Tarcísio
???metadata.dc.contributor.referee1???: Silva, José Reinaldo Moreira da
Arantes, Marina Donária Chaves
???metadata.dc.description.concentration???: Madeira como Matéria-Prima
Keywords: Classificação da madeira
Cedro australiano
Qualidade da madeira
Wood quality
Australian red cedar
Wood classification
Tratamento da madeira
???metadata.dc.date.submitted???: 29-Jul-2010
Issue Date: 8-Aug-2014
Citation: NASSUR, O. A. C. Variabilidade das propriedades tecnológicas da madeira de toona ciliata m. roem. com dezoito anos de idade. 2010. 83 p. Dissertação (Mestrado em Ciência e Tecnologia da Madeira)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: A família meliácea contém as mais valiosas espécies produtoras de madeira na região tropical. No entanto, o cultivo do mogno e dos cedros no Brasil é limitado principalmente devido o ataque da broca dos cedros (Hypsipyla grandella). De forma semelhante, o cedro australiano (Toona ciliata) quando cultivado em sua área de ocorrência natural também sofre ataque de uma lagarta, no caso a Hypsipyla robusta. Em contrapartida, plantios de cedro australiano introduzidos no Brasil tem tido grande sucesso, principalmente devido à resistência ao ataque da broca dos cedros, além de apresentar bom crescimento vegetativo e adaptação ao solo e ao clima. Contudo, por ser uma espécie de introdução recente no Brasil, ainda não são relatados estudos sobre seu comportamento durante o desdobro e no processo de secagem. Os poucos estudos existentes relatam informações ainda insuficientes para qualificar a madeira produzida em plantios comerciais com destino industrial. O presente trabalho almeja qualificar a madeira na idade de corte e de seu uso industrial, visa ainda, conhecer a variabilidade entre e dentro de indivíduos. A partir destes dados, será possível definir usos mais apropriados para madeira de T. ciliata bem como definir estratégias de melhoramento genético. Para o presente estudo, foram utilizadas árvores provenientes de Marechal Floriano - ES, com dezoito anos de idade, as toras foram previamente medidas e depois desdobradas. Posteriormente foram avaliados os defeitos pós desdobro e pós secagem. A partir dos pranchões centrais resultantes do desdobro, foram obtidas as propriedades físicas e mecânicas da madeira. A classificação das toras mostrou que o defeito mais expressivo foi a presença de nós e protuberâncias. Em contrapartida, o defeito menos pronunciado foi a conicidade das toras. Na avaliação das tábuas após o desdobro, em relação à média geral dos defeitos, as rachaduras de topo e o encanoamento foram considerados de forte intensidade. A densidade média encontrada foi de 0,314 g/cm³. Para retratibilidade, foram observados os valores médios de 3,2% e 7,7%, nas direções radial e tangencial. A contração volumétrica foi de 11% e o coeficiente de anisotropia de 2,7%. Em relação aos ensaios mecânicos, foram encontrados, em termos médios, o módulo de elasticidade de 37.473 Kgf/cm² para o ensaio de compressão paralela às fibras e a resistência à compressão de 279 Kgf/cm²; para o ensaio de flexão estática, o módulo de elasticidade foi de 83.599 Kgf/cm² e o módulo de ruptura foi de 296 Kgf/cm². Finalmente, concluiu-se que a utilização de melhoramento genético visando à obtenção de indivíduos superiores a partir de plantações já estabelecidas de T. ciliata é viável.
The Meliaceae is a flowering plant family includes the most valuable timber species in the tropical region. However, in Brazil and despite its high trade value, the commercial cultivation of species such as the mahogany (Swietenia macrophylla) and the Spanish Cedar (Cedrela sp.) is largely limited by shoot infestation by Mahogany shoot borer (Hypsipyla grandella). Similarly, when cultivated in its natural region of occurrence, the Australian cedar (Toona ciliata) suffers serious damages by the shoot-boring moth Hypsipyla robusta. On the other hand, plantations of the Australian Cedar (T. ciliata) introduced in Brazil have been successful, especially given this species resilience to the Cedar shoot borer infestation while presenting, at the same time, better vegetative growth and soil and climate adaptation. Nevertheless, because this specie was recently introduced in Brazil, there are not studies reporting on its behaviour during the conversion of logs to sawn timber and during the wood drying process. The few existing studies still do not register information sufficient enough to assess the wood produced in commercial plantations destined to industrial use. This study aims at qualifying the tree cut age and its industrial use, and it aims at knowing the variability among and within trees. Then, it is expected that it is possible to define strategies for genetic improvement. In this study, it was used wood from the town of Marechal Floriano, Espírito Santo sate. The trees were 18 years´ old and the logs were first measured and then converted to timber sawn. Afterwards, defects post conversion and post drying were assessed . The wood physical and mechanical properties were obtained from the central large boards. The logs classification showed that the most significant defect was the presence of dead knots and protuberances. The log taper was the least pronounced defect. In assessing the sawn timber after conversion -- relatively to the average of defects - splits and cupping were considered intensely strong. After the drying process, it was observed an increase in the split mean values. The mean density was of 0.314 g/cm3. The following mean values were observed for shrinkage: 3.2% and 7.7% in the radial and tangential directions of wood, respectively. The volume contraction was of 11% and the anisotropy coefficient was 2.7%. On average, relatively to the mechanical tests, it was found an elastic modulus of 37.473 Kgf/cm2 for the fibre parallel compression and a compression resistance of 279 Kgf/cm2; an elstic modulus of 83.599 Kgf/cm2 for the static flexion mode; and the modulus of rupture was of 296 Kgf/cm2. Finally, It was concluded that the use of genetic improvement in T. ciliata plantations already established with the aim of obtaining superior quality trees is technically viable.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2455
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Variabilidade das propriedades tecnológicas da madeira de Toona ciliata M. Roem......pdf2.43 MBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback