Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2457

Título: Secagem da madeira juvenil de Tectona grandis L.F.
Autor(es): Arruda, Tatiana Paula Marques de
Orientador: Silva, José Reinaldo Moreira da
Coorientador(es): Lima, José Tarcísio de
Tonoli, Gustavo Henrique Denzin
Membro da banca: Trugilho, Paulo Fernando
Hein, Paulo Ricardo Gherardi
Klitzke, Ricardo Jorge
Área de concentração: Processamento e Utilização da madeira
Assunto: Aproveitamento da matéria-prima de desbaste
Defeito de secagem
Agregação de valor
Utilization of raw materials thinning
Drying defects
Adding value
Data de Defesa: 16-Dez-2013
Data de publicação: 2014
Referência: ARRUDA, T. P. M. de. Secagem da madeira juvenil de Tectona grandis L.F. 2013. 98 p. Tese (Doutorado em Ciência e Tecnologia da Madeira) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2013.
Resumo: Com a crescente demanda por fontes alternativas de matéria-prima para as indústrias, estudos nos quais se identifiquem as características tecnológicas de madeira juvenil, bem como o seu uso, são fundamentais para a produçao sustentável. O trabalho foi realizado com o objetivo de apresentar informações técnicas do comportamento da secagem da madeira juvenil de Tectona grandis. Para tanto, foi necessário desenvolver programa de secagem para essa matéria-prima; avaliar a influência das propriedades anatômicas, físicas e químicas no processo de secagem e verificar os defeitos da secagem em estufa convencional. A madeira juvenil de Tectona grandis oriunda de desbastes foi avaliada no laboratório e no campo. No laboratório, foram avaliadas cinco árvores nas idades de seis, oito e dez anos, amostradas a 1,30 m do solo, em forma de toretes de 30 cm, que foram desdobrados em serra de fita. Na prancha central foram retirados corpos de prova em duas posições radiais (central e externa), para avaliar as propriedades anatômicas, físicas e químicas. Já as peças adjacentes foram destinadas ao ensaio de secagem, a 100 °C. No campo, foram utilizadas 15 árvores nas idades de 9, 11 e 13 anos, desdobradas em toras de 2.300 mm. De cada tora foi retirada uma tábua, para a secagem em estufa convencional, de 2.300 x 35 mm (comprimento x espessura) e largura variável, em função do diâmetro da tora que a originou. O delineamento experimental adotado foi o inteiramente casualizado em arranjo fatorial, com comparação múltipla e correlação de Pearson entre as variáveis. Realizaram-se a análise de variância e o teste de média de Tukey, a 95% de probabilidade, para estudos de laboratório. A análise descritiva foi empregada apenas para os estudos de campo. Observaram-se maior comprimento de fibras (827,4 µm) para a idade de 10 anos e tendência de aumento da posição central para a externa. O maior diâmetro de vaso (130 µm) foi observado para idade de 6 anos. A densidade básica variou de 0,401 a 0,573 g*cm-3; a contração radial, de 2,4% a 3,5%; a contração tangencial, de 4,9% a 5,8% e o coeficiente de anisotropia, de 1,82 a 2,14. Os máximos valores para teor de extrativos e de lignina foram de 16,8% e de 31,3%, para a idade de 10 e 6 anos, respectivamente. O tempo de secagem médio (12,1 horas) entre a umidade inicial até a umidade de 5% foi maior para a idade de 10 anos. A taxa de secagem em estufa convencional na condição verde, até o ponto de saturação das fibras (PSF), foi de 0,42%*h-1 e do PSF até a umidade final de 7%, de 0,26%*h-1.
The growing demand for alternative sources of raw materials for industries requires studies that identify the technological characteristics of juvenile wood and its use, are fundamental to sustainable production. The objective was to present technical information of drying behavior Tectona grandis juvenile wood. For this it was necessary to develop the drying program for this raw material, evaluate the influence of anatomical, physical and chemical properties in the drying process and verify the defects in kiln dried wood. The juvenile wood of Tectona grandis from thinning were evaluated in the laboratory and in the field. In the laboratory, five trees were assessed at ages six, eight and ten years, sampled at 1.30 m above the ground, in the form of short logs of 30 cm, which were sawn in bandsaw. In the central plank were removed specimens in two radial positions (inner-outer) for evaluate the anatomical, physical and chemical properties. In its turn the adjacent pieces were conducted to drying test at 100°C. In the field, 15 trees were used at ages 9, 11 and 13, split into logs of 2300 mm. Each log had a board removed for drying in conventional kiln of 2300 x 35 mm (length x thickness) and variable width, depending on the original log diameter. The experimental design was a completely randomized factorial design with multiple comparisons and Pearson's correlation among the variables. Analysis of’ variance and Tukey's test average, at 95 % probability for laboratory studies were performed. Descriptive analysis was used only for field studies. It was observed greater fiber length (827.4 µm) for age of 10 years and trend increasing from the midland to the external positions. The largest vessel diameter (130 µm) was observed for 6 years of age. The basic density ranged from 0.401 to 0.573 g*cm- 3, the radial contraction ranged from 2.4 to 3.5 %; tangential contraction ranged from 4.9 to 5.8% and the anisotropy coefficient ranged from 1.82 to 2.14.The maximum values for extractives content and lignin were 16.8 % and 31.3 %, for age 10 and 6 years, respectively. The average drying time (12.1 h) between the initial moisture until the moisture of 5% was higher for the age of 10 years. The drying rate in conventional kiln from green condition to the fiber saturation point (FSP) was 0.46%*h-1 and the FSP until the final moisture of 7 % was 0.23% *h-1.
Informações adicionais: Tese apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia da Madeira, área de concentração Processamento e Utilização da madeira, para a obtenção de título de Doutor.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2457
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Ciência e Tecnologia da Madeira - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Secagem da madeira juvenil de Tectona grandis L.F..pdf3,97 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback