Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DCF - Departamento de Ciências Florestais >
DCF - Programa de Pós-graduação >
DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2471

Título: Florística, Análise Fitossociológica e Modelo para revegetação da bacia do Rio São Francisco, Minas Gerais
Título Alternativo: Floristic, phytossociology analyses anda model to revegetation the São Francisco river watershed/MG - Brazil
Autor(es): Melo, Daniela Duarte Ventura
Orientador: Scolforo, José Roberto Soares
Membro da banca: Carvalho, Luis Marcelo Tavares de
Mello, José Márcio de
Machado, Sebastião do Amaral
Área de concentração: Manejo Ambiental
Assunto: Modelo fitogeográfico
Composição florística
Fitossociologia
Suficiência amostral de platô
Phytogeographyc model
Floristic composition
Phytossociology
Sampling sufficieny the plateau
Data de Defesa: 10-Mar-2008
Data de publicação: 11-Ago-2014
Referência: MELO, D. D. V. Florística, análise fitossociológica e modelo para a revegetação da bacia do rio São Francisco/MG. 2008. 256 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: No presente estudo foi realizado o levantamento de 68 fragmentos florestais ao longo da bacia do rio São Francisco, com os seguintes objetivos: conhecer a composição florística dessas áreas; definir a suficiência amostral; comparar e aplicar índices de diversidade e equabilidade; descrever a similaridade entre essas áreas; determinar a fitossociologia; analisar e comparar as distribuições diamétrica e em altura; aplicar técnicas multivariadas de ordenação a fim de obter a correlação entre o ambiente e a vegetação e gerar um mapa fitogeográfico para a bacia do rio São Francisco. Os indivíduos inventariados obedeciam um critério de CAP≥15,7 cm, mensurando a altura total e o CAP destes. Utilizou-se amostragem sistemática em dois estágios em um grupo de fragmentos e amostragem em conglomerado de forma sistemática em outro. O tamanho das parcelas variou de acordo com as características do ambiente, sendo o tamanho máximo 1.000 m² (10m x100m) e havendo controle a cada 25 m (subunidades). Foram encontrados 685 espécies, 79 famílias e um total de 156.926 indivíduos. As análises multivariadas usadas foram a DCA e a CCA e ambas comprovaram a existência de um gradiente geoclimático associado à composição florística, cujas variáveis mais correlacionadas testadas foram: déficit hídrico, excedente hídrico, temperatura e precipitação. O método de avaliação da suficiência amostral foi a regressão linear com resposta em platô do Sistema para Análises Estatísticas SAEG V.5.0. Esse procedimento permite avaliar a sufciência amostral em áreas de diferentes tamanhos e o resultado indica que a amostragem foi suficiente ao captar a varaiação florística na totalidade dos fragmentos. A diversidade seguiu um certo gradiente de acordo com o grupo fisionômico em questão. Foram constatadas espécies com ampla distribuição na bacia do rio São Francisco. O resultado do teste de Kolmogorov-Smirnov demonstrou que não há um padrão de distribuição diamétrica e em altura exclusivamente relacionado aos padrões fisionômicos da bacia. O modelo fitogeográfico, representado por um mapa, informa as áreas de ocorrência de possíveis espécies. Este modelo foi criado com uso da ferramenta conhecida como árvore de decisão, que correlacionou a ocorrências de espécies com as seguintes variáveis ambientais: temperatura, precipitação, déficit hídrico e excedente hídrico.
In the present research, 68 forest fragments along the São Francisco river were studied in order to know the floristc composition of these areas, define the sampling sufficiency, compare and apply diversity and equability rates, describe areas similar points, determine the phytossociology; analyse and compare the height and diameter distributions, apply varied techniques of ordination to obtain the vegetation and environment correlation, create a phytogeographyc map for Rio São Francisco basin. The inventoried individual were in CAP ≥ 15,7 cm criterium and the total height and CAP were presented. In a group of forest fragments, a systematic sampling was used in two stages; in the other fragment, a conglomerate sampling in systematic way was used. The sizes of the parts varied in accordance with the environmental characteristics, the maximum size was 1000mP2P (10m x 100m) and a control was done in every 25m (sub units). 685 species, 79 families and a total of 156.926 individual were founded. DCA and CCA were the analysis used and both proved the existence of a geo-climatic gradient linked with floristic compositium, whose variables more tested were: hydrologic deficit, hydrologic excedente, temperature and precipitacion. The assessment method of sampling sufficiency was the Plateau Linear Regression Method of the system for statistics analysis SAEG V.5.0. This procedure allow us to assess the sampling sufficiency in areas of different sizes, and the result show us that sampling was sufficient to catch the floristic range of all fragments. The variety followed a gradient in accordance with the fisionomic group in study. Some species were noticed with wide distribution in Rio São Francisco basin. The phytogeographyc model was created using the tool knolled as the decision tree, that linked the species with some environmental variables: temperature, precipitation, hydrologyc defeicit and hydrologic excedente.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2471
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)
LEMAF - Teses e Dissertações

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Florística, Análise Fitossociológica e Modelo para revegetação da bacia do Rio São Francisco, Minas Gerais.pdf4,31 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback