Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2499

Title: Estudo de alguns eventos do florescimento do cafeeiro relacionados a fatores do ambiente
Other Titles: Study of some coffee tree flowering events related to environmental factors
???metadata.dc.creator???: Nascimento, Marilza Neves do
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Soares, Ângela Maria
???metadata.dc.contributor.referee1???: Alves, José Donizeti
Alvarenga, Amauri Alves de
Rezende, Fátima Conceição
???metadata.dc.description.concentration???: Fisiologia Vegetal
Keywords: Morfologia de gema
Ácido abscísico
Prolina
Estresse hídrico
Indução floral
Bud morphology
Abscisic acid
Proline
Water stress
Floral induction
???metadata.dc.date.submitted???: 25-Aug-2006
Issue Date: 11-Aug-2014
Citation: NASCIMENTO, M. N. do. Estudo de alguns eventos do florescimesnto do cafeeiro relacionados a fatores do ambiente. 2006. 33 p. Dissertação (Mestrado em Fisiologia Vegetal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
???metadata.dc.description.resumo???: O florescimento do cafeeiro envolve diversos fatores, tanto da própria planta como do ambiente. Uma maior compreensão das interações entre esses fatores pode contribuir para o desenvolvimento de práticas de manejo mais adequadas, principalmente em relação à irrigação. Tais práticas podem vir a promover uma uniformização da floração, conseqüentemente uniformização da maturação dos frutos, minimizando os custos de produção. Nesse contexto, esse trabalho teve como objetivo observar alterações morfológicas da gema, e relacioná-las com fatores do ambiente. Objetivou-se também associar a síntese de prolina e de ácido abscísico em diferentes fases do florescimento de cafeeiros irrigados e não irrigados. Foram feitas análises, por meio de técnicas de microscopia eletrônica de varredura, em gemas de ramos plagiotrópicos de primeira ordem, coletadas semanalmente durante o período de novembro/04 a fevereiro/05. No período de julho a setembro de 2005, foram realizadas avaliações em plantas irrigadas e não irrigadas, de potencial hídrico foliar antes do amanhecer e teor de prolina, em folhas totalmente expandidas, posicionadas em ramos do terço superior da copa. Foi também avaliado o teor de ácido abscísico na seiva do xilema e nas gemas florais. Os resultados obtidos mostram modificações na estrutura das gemas, coletadas em dezembro, sendo essas alterações associadas a um período de déficit hídrico seguido de precipitação e, conseqüentemente, uma menor amplitude térmica. Foram observadas diferenças no potencial hídrico entre os tratamentos hídricos. Os potenciais hídricos variaram entre -0,3 e -0,8 MPa, para as plantas irrigadas, e -0,6 e -1,5 MPa, para as plantas não irrigadas. Os maiores valores de teores de prolina e de ABA foram observados em períodos de menor oferta de precipitação, no entanto, não foi verificada uma relação direta entre a síntese destes compostos e as fases do florescimento avaliadas.
The coffee tree flowering involves several events related with the factors of plant and environmental characteristics. A better comprehension on the flowering events and the relations among those factors can improve the knowledge in cropping practices, mainly in irrigation techniques, aiming to promote the homogeneity on the flowering and, consequently, on the maturation of the fruits in order to minimize costs. Based in these facts this paper aimed to associate environmental factors with morphological alterations on the flower buds of coffee trees as well as connect prolin and abscisic acid synthesis with the diverse flowering events of irrigated and non-irrigated coffee. Scanning electron microscopy analyses had been performed in buds collected every week from november/04 to feburary/05 in plagiotropic shoots. Predawn leaf water potential and proline content analyzes were performed from july to september/05 using mature leaves from plagiotropic shoots of the higher third of irrigated and non-irrigated trees. The abscisic acid content was evaluated on the xylem sap and on flower buds. The results showed modifications in the bud structure in december what could be correlated with a period of water deficit followed by precipitation and also a lower thermal amplitude. Differences in the leaf water potential could be observed among the irrigation treatments with values around -0,3 and -0,8 MPa for irrigated plants and -0,6 and -1,5 MPa for non-irrigated plants. The highest values of proline and abscisic acid content were observed in dryer periods, nevertheless it was not verified a direct relation between flowering phases and the biosynthesis of these compounds in coffee tree.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2499
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DBI - Agronomia/Fisiologia Vegetal - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Estudo de alguns eventos do florescimento do cafeeiro relacionados a fatores do ambiente.pdf560.5 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback