Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2546

Título: Conidial production and reaction of Alternaria alternata f. sp. citri to plant extracts
Título Alternativo: Produção de conídios e reação Alternaria Alternata f. sp. citris de extrato de plantas
Autor(es): Carvalho, Daniel Diego Costa
Orientador: Alves, Eduardo
Membro da banca: Machado, José da Cruz
Oliveira, Denilson Ferreira de
Área de concentração: Fitopatologia
Assunto: Esporulação
Citros
Extratos vegetais
Mancha de Alternaria
Controle alternativo
Alternaria brown spot
Citrus
Plant extracts
Conidial production
Alternative control
Data de publicação: 11-Ago-2014
Referência: CARVALHO, D. D. C. Conidial production and reaction of Alternaria alternata f. sp. citri to plant extracts. 2008.58 p. Dissertação (Mestrado em Fitopatologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: Este trabalho objetivou comparar as metodologias existentes para a produção de conídios de A. alternata de dois isolados de tangerina Ponkan, um de limão Cravo, dois de laranja Pêra e um de tangor Murcott e selecionar extratos de plantas potencialmente úteis para o controle da mancha marrom de Alternaria de tangor Murcott, uma doença amplamente disseminada em pomares de citros no Brasil. As metodologias empregadas, para esporulação, foram a produção de conídios, com 12 e 24 horas sob luz branca, avaliação com 24 e 48 horas após estressamento do micélio do fungo, choque térmico, com imediato estressamento do micélio e avaliação com 24 horas, produção de conídios pelo emprego de tecido vegetal sadio e o emprego de lâmpada fluorescente de luz negra NUV. Produção satisfatória de conídios foi obtida com o isolado de A. alternata de tangor Murcott, que foi de 2,8 x 105 conídios mL-1, mediante emprego da técnica de estressamento da colônia e cultivo do fungo por 24 horas. Os empregos de luz branca (24 h) e negra ultravioleta promoveram expressiva produção de conídios por um isolado de tangerina Ponkan, a qual foi de 17,2 x 105 e 10,1 x 105 conídios mL-1 e por outro de tangor Murcott, a qual foi de 13,9 x 105 e 10,1 x 105 conídios mL-1, respectivamente. Para alcançar o segundo objetivo deste estudo, 126 extratos de plantas extraídos com metanol (previamente obtidos de várias plantas coletadas no estado de Minas Gerais) foram submetidos a teste in vitro em placas de ELISA para verificar atividade sobre a germinação dos conídios. Após a seleção anterior, 20 extratos de plantas foram testados em placas de Petri (6 e 9 cm de diâmetro) para avaliação da germinação dos conídios e crescimento micelial, respectivamente. Além disso, estudos de microscopia eletrônica de varredura mostraram um murchamento dos conídios e uma inibição da emissão do tubo germinativo dos conídios para os extratos de Ruta graveolens e Artemisia annua, respectivamente. Subsequentemente, 5 extratos de plantas ativos previamente selecionados em condições in vitro foram avaliados em frutos de tangor Murcott. Entre os extratos avaliados, o obtido de Anadenanthera colubrina (Angico-branco) foi o mais efetivo contra o patógeno, o qual apresentou desempenho similar em relação aos fungicidas avaliados. O extrato causou, aproximadamente, 51% de supressão no desenvolvimento das lesões sobre os frutos, 12 dias após a inoculação, mostrando alto potencial para o controle in vivo de A. alternata.
This study compared existing methodologies to produce conidia of Alternaria alternata isolated from Ponkan tangerine (2 isolates), Cravo lemon (1 isolate), Pêra orange (2 isolates) and Murcott tangor (1 isolate) and to select potentially useful plant extracts to the control of Alternaria brown spot (ABS) from Murcott tangor, a widely disseminated disease found in Brazilian citrus orchards. The methodologies used for sporulation were conidia production with 12 and 24 hours under white fluorescent light, evaluation with 24 and 48 hours after applying fungal mycelium stress technique, cold stress followed by injury of mycelium and evaluation with 24 hours, using healthy vegetable tissue and the use of black fluorescent near ultraviolet (NUV) lamp. Satisfactory result was obtained with A. alternata isolate from Murcott tangor, with the production of 2.8 x 105 conidia mL-1, when fungal mycelium was stressed (Petri dish with 66.66% of fungi growth) and subsequently 24 h of growth. The use of white light (24 h) and black fluorescent NUV lamp also induced expressive conidia production by one isolate of Ponkan tangerine, which produced 17.2 x 105 and 10.1 x 105 conidia mL-1 and another of Murcott tangor, which produced 13.9 x 105 and 10.1 x 105 conidia mL-1, respectively. To the second objective of this study, 126 plant extracts extracted with methanol solvent (previously obtained from several plants collected in Minas Gerais state, Brazil) were tested in vitro on ELISA plates for activity on conidia germination. After previous selection, 20 plant extracts were tested on Petri dishes (6 and 9 cm of diameter) for evaluation of conidia germination and mycelium growth, respectively. Besides, scanning electron microscopy study of extract effect on conidia germination showed a conidia dry up and an inhibition of conidia germinative tube by Ruta graveolens and Artemisia annua extracts, respectively. Subsequently, 5 previously in vitro selected active plant extracts were evaluated by assay with Murcott tangor fruits. Among the plant extracts evaluated, the one obtained from Anadenanthera colubrina was the more effective against the pathogen, which presented the same performance in relation to the evaluated fungicides. The plant extract was able to cause near to 51% of suppression in the development of ABS on fruits, 12 days after inoculation, showing high potential to in vivo A. alternata control.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2546
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: en
Aparece nas coleções: DFP - Agronomia/Fitopatologia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Conidial production and reaction of Alternaria alternata f. sp. citri to plant extracts.pdf2,85 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback