Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2575
Título: Implicações da seleção precoce para cor de grão do feijão no teor de ferro e zinco e na produtividade
Autor : Teixeira, Rita de Kássia Siqueira
Primeiro orientador: Abreu, Ângela de Fátima Barbosa
Primeiro membro da banca: Ramalho, Magno Antonio Patto
Silva, Camila Andrade
Área de concentração: Genética e Melhoramento de Plantas
Palavras-chave: Phaseolus vulgaris L.
Feijão - Qualidade nutricional
Mineral
Nutritional quality
Data da publicação: 2014
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)
Referência: TEIXEIRA, R. de K. S. Implicações da seleção precoce para cor de grão do feijão no teor de ferro e zinco e na produtividade. 2014. 75 p. Dissertação (Mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014.
Resumo: Em Minas Gerais e na maioria das regiões do Brasil, a preferência é pelo feijão de grãos tipo carioca. Dessa forma, no melhoramento para qualquer característica, é importante que as progênies avaliadas sejam desse tipo de grão. Contudo, é questionável se a seleção precoce realizada para tipo de grão carioca pode interferir no sucesso com a seleção para outras características de interesse. Assim, os objetivos, neste trabalho, foram: verificar se a seleção precoce para tipo de grão afeta o teor de ferro e zinco e a produtividade de grãos; verificar se existe correlação entre essas características; e obter linhagens de feijão com grãos tipo carioca, com altos teores de ferro e zinco e boa produtividade de grãos. Foi utilizada a população proveniente do cruzamento entre as linhagens P-180 (grãos tipo carioca) x Paraná (grãos pardos), identificada anteriormente como promissora para a obtenção de linhagens com altos teores de ferro e zinco. Essa população foi avançada em bulk até a geração F3. Nessa geração, foi aberto o bulk, selecionando-se 96 plantas individuais da população, dando origem às progênies F3:4. Dessas 96 progênies, 48 foram selecionadas pelo tipo de grão carioca e as outras 48 foram de qualquer tipo de grão. As progênies F3:4 foram avaliadas em Lavras, MG e as progênies F3:5 e F3:6 em Lavras e Patos de Minas quanto ao teor de ferro e zinco nos grãos e produtividade dos grãos. Foram realizadas análises de variância individuais e conjuntas e estimados para cada característica e tipo de progênies a herdabilidade, ganhos esperados com a seleção e correlação fenotípica entre as características. Constatou-se que: a seleção precoce para tipo de grão de feijão não afeta o teor de zinco e a produtividade das progênies obtidas; existe associação positiva e alta entre o teor de ferro e zinco nos grãos de feijão, porém esses minerais apresentam correlação negativa, embora de baixa magnitude, com a produtividade de grãos; é possível obter linhagens de feijão aliando altos teores de ferro e zinco e boa produtividade de grãos, desde que se utilize um índice de seleção.
Abstract: In Minas Gerais, and in most regions in Brazil, the preference is for the carioca type bean. Thus, for the improvement of any characteristic, it is important that the evaluated progenies be of this type of grain. However, it is questionable whether the early selection for the carioca grain type can interfere with the successful selection for other traits of interest. The objectives of this study were: to determine if early selection for grain type affects iron and zinc content, as well as grain productivity; verify whether a correlation exists between these features; and obtain carioca type bean lines with high iron and zinc content and grain productivity. We used a population derived from a cross between P - 180 (carioca grain type) x Paraná (brown beans) lines, previously identified as promising for obtaining lines with high iron and zinc content. This population was advanced in bulk up to the F3 generation. In this generation we opened the bulk, selecting 96 individual plants, originating progeny F3:4. Of the 96 progenies, 48 were selected by the carioca grain type and the other 48 by any kind of grain. The F3: 4 progenies were evaluated in Lavras, MG, and progenies F3:5 and F3:6 in Lavras and Patos de Minas, in regard to iron and zinc content in grains, as well as grain productivity. We performed individual and combined variance analyses, estimated for each trait and type of progeny heritability, expected gains with selection and phenotypic correlation between traits. We concluded that: early selection for bean grain type does not affect zinc content or grain productivity of the obtained progenies; there is a positive correlation between iron and zinc content in the bean grains, however, these minerals present negative correlation, although in low magnitude, with grain productivity; it is possible to obtain bean lines combining high iron and zinc contents and productivity, as long as we use a selection index.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2575
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DBI - Genética e Melhoramento de Plantas - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.