Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DBI - Departamento de Biologia >
DBI - Programa de Pós-graduação >
DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2619

Título: Influência de malhas fotoconversoras nos aspectos anatômicos e fisiológicos de mudas de Talisia esculenta (A. St. –Hil.)Radlk
Autor(es): Ribeiro, Suelen Francisca
Orientador: Pasqual, Moacir
Coorientador(es): Soares, Joyce Dória Rodrigues
Membro da banca: Alves, Eduardo
Pereira, Fabrício José
Pio, Leila Aparecida Salles
Área de concentração: Botânica Aplicada
Assunto: Talisia esculenta
Malha fotoconversora
Morfofisiologia
Shading nets
Morphophysiology
Data de Defesa: 26-Fev-2014
Data de publicação: 12-Ago-2014
Agência de Fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: RIBEIRO, S. F. Influência de malhas fotoconversoras nos aspectos anatômicos e fisiológicos de mudas de Talisia esculenta (A. St. –Hil.)Radlk. 2014. 91 p. Dissertação (Mestrado em Botânica Aplicada) - Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2014
Resumo: O presente estudo foi realizado com o objetivo de identificar qual malha fotoconversa (azul, branca, preta e vermelha), promove alterações no desenvolvimento e crescimento, ou seja, os seus efeitos em características fisiológicas e morfológicas de Talisia esculenta (A.St.-Hil) Radlk, popular pitomba. O experimento foi conduzido em delineamento inteiramente casualizado. Para o experimento com malhas, análises morfológicas, anatômicas, fotossintéticas e de produção de compostos secundários, identificou-se que as plantas de T. esculenta, responderam diferentemente para cada característica analisada. Morfologicamente plantas sob malha branca apresentaram maior área foliar, maiores massa fresca e seca das folhas e raízes. As plantas sob malha azul desenvolveram cutículas mais espessas, apresentaram maior número de feixes vasculares, e com maior diâmetro e, não houve diferença significativa para epiderme da face adaxial como da face abaxial. As malhas não interferiram na realização da fotossíntese, em qualquer dos parâmetros analisados. Quanto aos compostos secundários, a malha azul e vermelha promoveu maior acúmulo de pigmentos fotossintéticos e de produção de compostos fenólicos, em relação à malha branca e preta. Por meio de análises morfológicas e histoquímicas, os frutos de Talisia esculenta foram caracterizados, evidenciando que a espécie é responsiva ao ambiente em que se encontra. As respostas anatômicas e fisiológicas de T. esculenta corroboram o fato de que as respostas às variações no espectro de luz são inerentes a cada espécie.
The present study was conducted with the purpose of identifying which colored-shade nets (blue, white, black and red), promotes changes in growth and development, that is, their effects on physiological and morphological characteristics of Talisia esculenta (A.St.-Hil) Radlk, popular pitomba. The experiment was undertaken in a completely randomized design. For the experiment with nets, morphological, anatomical, and photosynthetic and production surveys of secondary compounds, it was identified that the plants of T. esculenta responded differently for each characteristic investigated. Morphologically, plants under white ne presented larger leaf area, higher fresh and dry weight of leaves and roots. The plants under blue net developed thicker cuticles, presented a higher number of vascular bundles and with greater diameter and there was no significant difference for the adaxial epidermis as well as for the abaxial face. The nets did not interfere in the carrying out of photosynthesis in any of the parameters investigated. Regarding the secondary compounds, the blue and red net promoted greater concentration of photosynthetic pigments and production of phenolic compounds as compared the white and black nets. By means of morphological and histochemical analyses, the fruits of Talisia esculenta were characterized; standing out that the species is responsive to the environment in which it lies. The anatomical and physiological responses of T. esculenta corroborate the fact that the responses to variations in the light spectrum are inherent to each species.
Informações adicionais: Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras, como parte das exigências do Programa de Pós-Graduação em Botânica Aplicada, para a obtenção do título de Mestre.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2619
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DBI - Botânica Aplicada - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Influência de malhas fotoconversoras nos aspectos anatômicos e fisiológicos de mudas de Talisia esculenta (A. St. –Hil.)Radlk.pdf2,05 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback