Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/264

Título: Configuração de posições em uma comunidade epistêmica e sua relação com o sentido da aprendizagem organizacional: estudo de caso no campo da biotecnologia
Autor(es): Almeida, Kenneth Nunes Tavares de
Fischer, André Luiz
Takahashi, Adriana Roseli Wünsch
Freitag, Bárbara Beatriz
Enoque, Alessandro Gomes
Brito, Mozar José de
Assunto: Aprendizagem em redes interorganizacionais
Sociométrico
Aprendizagem
Network learning
Sociometric
Learning
Data de publicação: 2012
Referência: ALMEIDA, K. N. T. de et al. Configuração de posições em uma comunidade epistêmica e sua relação com o sentido da aprendizagem organizacional: estudo de caso no campo da biotecnologia. Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v. 13, n. 6, p. 77-106, nov./dez. 2012.
Resumo: Na literatura sobre redes interorganizacionais, parte das abordagens de pesquisa afirma que tal tipo de ambiente favorece as condições para a aprendizagem por meio da combinação de capacidade de diferentes membros. Igualmente, existem correntes de estudo que apontam haver ressalvas relacionadas às próprias características dos membros. Esta aparente contradição instigou um questionamento: como a configuração de posições de membros de redes interorganizacionais afeta o sentido que a aprendizagem adquire para os próprios membros? Utilizando- se referências conceituais da área de aprendizagem em redes interorganizacionais, o estudo apresenta os resultados da análise de um caso empírico de uma comunidade epistêmica (rede de cooperação científica formalmente instituída) brasileira no campo da biotecnologia. Adotou-se como método de pesquisa a triangulação de técnicas quantitativas e qualitativas. Inicialmente, utilizou-se a análise quantitativa sociométrica evidenciando a posição do membro de acordo com a centralidade para a aprendizagem e a produção acadêmica. Após essa identificação, foram aplicadas entrevistas semiestruturadas aos membros localizados em diferentes posições, fossem elas de alto valor agregado (membros com alta centralidade) ou marginais (membros com baixa centralidade). A partir de um referencial de análise qualitativo com foco nos conceitos de práticas e gêneros discursivos, foi possível delinear diferentes sentidos sobre a aprendizagem decorrida de acordo com a posição dos membros. A partir dos resultados, evidenciou- se a relação da posição ocupada pelo membro da rede o sentido dado à aprendizagem. Apesar das limitações associadas à pesquisa sobre um caso único que dificulta a possível generalização dos resultados, o estudo abre possibilidades de aprofundar novas pesquisas sobre a relação entre as características dos membros e sua posição com a aprendizagem em redes interorganizacionais.
Abstract: Part of literature on interorganizacional network learning states that this environment (networks) allows Learning through the ability’s combination of different members. Also, there are current studies that link the same member’s characteristics with issues and barriers to learning. This apparent contradiction stimulated a question: how the configuration of network member’s positions affects the sense that learning has to the own members? Our study presents the empirical results of a case analysis related to one Brazilian epistemic network in biotechnology field. The methodology was based on combined methods of quantitative and qualitative techniques. Initially, we used quantitative analysis highlighting the sociometric member’s position according the centrality to learning and academic production. After that, we applied a semistructured interview with members located in different positions, independently of high value added (members with high centrality) or marginal value (low centrality members). Using the reference of qualitative analysis focusing on the concepts of practices and genres, it was possible to devise different senses to learning in accordance with the position of members. From results, there it was possible to establish a relationship concerning the interorganizational network member position occupied and the sense given to learning. Despite the limitations associated with a unique case, which makes impossible to generalize the results, the study opens new possibilities for further research on the relationship between the member’s characteristics in networks and the sense of learning.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/264
Idioma: other
Aparece nas coleções: DAE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Configuração de posições em uma comunidade epistêmica e sua relação com o sentido da aprendizagem organizacional estudo de caso no campo da biotecnologia.pdf268,01 kBAdobe PDFVer/abrir

Este item está licenciado com Licença Creative Commons
Creative Commons

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback