Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEN - Departamento de Entomologia >
DEN - Programa de Pós-graduação >
DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2652

Título: Influência do silício na indução de resistência à mosca-branca Bemisia tabaci biótipo B (Genn.) (Hemiptera:Aleyrodidae) e no desenvolvimento vegetativo em dois cultivares de soja Glycine max (I.) Merrill
Título Alternativo: Silicon influence on resistance induction to the whitefly Bemisia tabaci biotype B (Genn.) (Hemiptera: Aleyrodidae) and on vegetative development in two soybean Glycine max (L.) Merrill cultivars
Autor(es): Ferreira, Ronara de Souza
Orientador: Moraes, Jair Campos de
Membro da banca: Silva, Rogério Antonio
Carvalho, Geraldo Andrade
Área de concentração: Entomologia
Assunto: Mosca-branca
Bemisia tabaci
Soja
Silício
Resistência induzida
Whitefly
Bemisia tabaci
Soybean
Silicon
Induced resistance
Data de Defesa: 2-Ago-2006
Data de publicação: 12-Ago-2014
Referência: FERREIRA, R. S. Influência do silício na indução de resistência à mosca-branca Bemisia tabaci Biótipo B (Genn.) (Hemiptera: Aleyrodidae) e no desenvolvimento vegetativo em dois cultivares de soja Glycine max (L) Merrill. 2006. 40 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia/Entomologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2006.
Resumo: O potencial para populações de mosca-branca se tornarem resistentes a inseticidas tem estimulado o estudo de táticas alternativas para o Manejo Integrado de Pragas, como por exemplo, a indução de resistência na planta hospedeira. Trabalhos recentes têm mostrado que o silício pode aumentar o grau de resistência da planta ao ataque de insetos. Assim sendo, os objetivos deste trabalho foram a avaliação da indução de resistência à mosca-branca B. tabaci biótipo B e o desenvolvimento vegetativo de plantas de soja, pela aplicação de silício. Foram realizados testes com chance e sem chance de escolha para oviposição em dois cultivares de soja, IAC-19 (moderadamente resistente a insetos) e MONSOY-8001 (suscetível). O número de ovos e de ninfas de 3º e/ou 4º instar, a produção de compostos fenólicos, lignina e nitrogênio não-protéico e o peso seco da parte aérea e das raízes das plantas foram avaliados. O silício não afetou a preferência para oviposição da mosca-branca, porém causou maior mortalidade de ninfas. Além disso, o silício diminuiu a produção de compostos fenólicos e não afetou a produção de lignina, no entanto, quando associado ao cultivar IAC-19, potencializou a produção de nitrogênio não-protéico pelas plantas. O silício não afetou o desenvolvimento vegetativo das plantas de soja e, associado ao cultivar IAC-19, aumentou o grau de resistência à mosca-branca. Dessa forma, a utilização do silício em conjunto ao cultivar IAC-19 pode diminuir de forma significativa as populações de mosca-branca, com reflexos positivos à cultura de soja e ao meio ambiente.
The potential for resistant Bemisia tabaci populations to develop as a consequence of intensive use of chemical insecticides has stimulated studies on integrated pest management tactics, for example, the induction of host-plant resistance. Recent studies have shown that silicon can increase plant resistance against insects. The objectives of this work were the evaluation of resistance induction to the whitefly B. tabaci biotype B and the vegetative development of soybean plants, by silicon application. Free-choice and no-choice tests of oviposition preference had been carried on two soybean cultivars, IAC-19 (moderately resistant to insects) and MONSOY-8001 (susceptible). The number of eggs and nymphs of 3rd and/or 4th, phenolic compounds, lignin and non-proteic nitrogen production and dry weight of aerial parts and roots of the plants had been evaluated. Silicon did not affect whitefly oviposition preference; however, it caused greater mortality of nymphs. Moreover, silicon had decreased the production of phenolic compounds, did not affected lignin production, although when associated to cultivar IAC-19 it had increased the production of non-proteic nitrogen in soybean plants. Silicon did not affect the vegetative development of soybean plants and associated to cultivar IAC-19 it had increased the level of resistance to whitefly. In this way, the use of silicon in association to the cultivar IAC-19 can reduce significantly the populations of this whitefly, bringing positive reflexes to soybean crops and to the environment.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2652
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DEN - Entomologia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Influência do silício na indução de resistência à mosca-branca Bemisia tabaci biótipo B (Genn.) (HemipteraAleyrodidae) e no desenvolvimento vegetati.pdf246,16 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback