Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DQI - Departamento de Química >
DQI - Programa de Pós-graduação >
DQI - Agroquímica - Mestrado (Dissertações) >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2659

Title: Atividade antioxidante dos frutos de quatro cultivares de pessegueiro de região subtropical
Other Titles: Antioxidant activity of the fruits of four peach cultivars of subtropical region
???metadata.dc.creator???: Santos, Cláudia Mendes dos
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Abreu, Celeste Maria Patto de
???metadata.dc.contributor.advisor-co???: Corrêa, Angelita Duarte
???metadata.dc.contributor.referee1???: Pinto, Luciana de Matos Alves
Pio, Rafael
???metadata.dc.description.concentration???: Agroquímica
Keywords: Pêssego
Antioxidante
Compostos fenólicos
Vitamina C
Carotenoides
Peach
Antioxidant
Phenolic compounds
Vitamin C
Carotenoids
???metadata.dc.date.submitted???: 12-Feb-2011
Issue Date: 12-Aug-2014
Citation: SANTOS, C. M. dos. Atividade antioxidante dos frutos de quatro cultivares de pessegueiro de região subtropical. 2011. 66 p. Dissertação (Mestrado em Agroquímica)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
???metadata.dc.description.resumo???: Os alimentos fornecem não somente nutrientes essenciais necessários para a vida, mas também compostos bioativos com propriedades biológicas ditas promotoras da saúde, tais como atividades antioxidante, anti-inflamatória e anticarcinogênica. Nos últimos anos, o foco científico sobre os vegetais, sua composição em termos de conteúdo de antioxidantes e seu papel ativo no bem-estar humano tem crescido consideravelmente. Antioxidantes e a correlação entre a sua ocorrência e a qualidade dos frutos são amplamente investigadas. Em particular, muitos esforços estão sendo empregados para identificar os vegetais com elevados teores de antioxidantes que conferem substancial benefícios à saúde. Em pêssego (Prunus persica L.), a maior fonte da capacidade antioxidante é representada pelos compostos fenólicos, vitamina C e carotenoides. Dessa forma, este trabalho foi realizado com os objetivos de caracterizar quatro cultivares de pessegueiro (Aurora, Biuti, Diamante e Douradão), provenientes das cidades de Lavras e Nepomuceno, MG, em relação à capacidade antioxidante, e determinar o teor dos compostos antioxidantes relacionados a essa atividade. Os frutos foram separados em dois grupos: sem armazenamento e armazenados por 5 dias à temperatura ambiente (25ºC±0,87ºC e 69,5%±2,35%UR). Foram determinados os teores de vitamina C, carotenoides, compostos fenólicos e a capacidade antioxidante. As quatro cultivares se mostraram ricas em substâncias antioxidantes, porém, a intensidade dessa ação foi diferenciada entre elas. A principal contribuição para a atividade antioxidante dos pêssegos foi dada pelos compostos fenólicos que apresentaram a melhor correlação com os testes DPPH e -caroteno/ácido linoleico. A cultivar Biuti apresentou maior teor de todas as substâncias analisadas e maior atividade antioxidante. Foi observado que o potencial antioxidante dos frutos não foi influenciado negativamente pelo período de armazenamento.
Abstract: Foods supply not only essential nutrients necessary to life but also bioactive compounds with biological properties, the so-called health-promoters such as: antioxidant, anti-inflammatory and anti-carcinogenic activities. In the latest years, the scientific focus on plants, their composition in terms of antioxidant content and their active role in human welfare, have grown markedly. Antioxidants and the correlation between their occurrence and quality of fruits are widely investigated. In particular, a great deal of efforts has been conducted to identify the plants with high contents of antioxidants which confer benefits to health. In peach (Prunus persica L.), the greatest source of antioxidant capacity is represented by the phenolic compounds, vitamin C and carotenoids. In this way, the purpose of this work was to characterize four cultivars of peach tree (Aurora, Biuti, Diamante and Douradão), coming from the towns of Lavras and Nepomuceno/MG, in relation to the antioxidant capacity and determine the content of the antioxidant compounds related to that activity. The fruits were divided into two groups: without storage and storage for five days at room temperature (25ºC ±0.87 ºC and 69.5% ± 2.35%UR). The contents of vitamin C, carotenoids and phenolic compounds and the antioxidant capacity were determined. The four cultivars proved rich in antioxidant substances but, the intensity of that action was distinct among them. The main contribution to the antioxidant activity of peaches was given by the phenolic compounds which presented the best correlation with the DPPH tests and -carotene/ linoleic acid. Cultivar Biuti presented an increased content of all the analyzed substances and a higher antioxidant activity. It was found that the antioxidant potential of the fruits was not influenced negatively by the storage period.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2659
Publisher: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
???metadata.dc.language???: pt_BR
Appears in Collections:DQI - Agroquímica - Mestrado (Dissertações)

Files in This Item:

File Description SizeFormat
DISSERTAÇÃO_Atividade antioxidante dos frutos de quatro cultivares de pessegueiro de região subtropical.pdf434.74 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback