Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Artigos publicados em periódicos >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/273

Título: Ensaio sobre violência simbólica nas organizações
Título Alternativo: Essay on symbolic violence in organizations
Autor(es): Rosa, Alexandre Reis
Brito, Mozar José de
Assunto: Poder simbólico
Violência simbólica
Socialização organizacional
Minorias
Symbolic power
Symbolic violence
Organizational socialization
Data de publicação: 2009
Referência: ROSA, A. R.; BRITO, M. J. de. Ensaio sobre violência simbólica nas organizações. Organizações & Sociedade, Salvador, v. 16, n. 51, p. 629-646, 2009.
Resumo: Oobjetivo deste ensaio teórico é compreender a manifestação simbólica da violência que, de forma sutil e quase imperceptível, perpassa as relações advindas da dinâmica organizacional. Para tanto, nos apropriamos da perspectiva desenvolvida pelo sociólogo francês Pierre Bourdieu, cuja praxeologia se apóia numa dialética entre estruturas sociais (campo) e estruturas mentais (habitus) que operam na (re)produção de posições naturalizadas (doxa) e na sua interiorização (violência simbólica) pelos membros da organização, em particular pelas minorias historicamente oprimidas pela distribuição assimétrica de poder neste espaço de relações, em que a dominação se manifesta através do poder simbólico, perpetuando barreiras simbólicas que, muitas vezes, impedem a aceitação desses grupos como atores efetivos da organização.
Abstract: The aim of this theoretical essay is to understand the symbolic manifestation of violence that, in a subtle and almost imperceptible way, permeates the relationships derived from the organizational dynamics. Thus, we adopted the perspective developed by the French sociologist Pierre Bourdieu, whose praxeology is based on a dialectic between social structures (field) and mental structures (habitus) that operate in the (re) production of naturalized positions (doxa) and in its internalization (symbolic violence) by the members of the organization, particularly by the minorities historically oppressed by the asymmetric distribution of power in this area of relationships, where the domination is expressed through the symbolic power, perpetuating symbolic barriers that often prevent the acceptance of such groups as effective actors of the organization.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/273
Idioma: other
Aparece nas coleções: DAE - Artigos publicados em periódicos

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
ARTIGO_Ensaio sobre a violência simbólica nas organizações.pdf362,32 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback