Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DEN - Departamento de Entomologia >
DEN - Programa de Pós-graduação >
DEN - Entomologia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2744

Título: Dietas energéticas e protéicas para adultos de Apis mellifera Linnaeus, 1758 (Hymenoptera: Apidae)
Título Alternativo: Energetic and protein diet for adults of Apis mellifera Linnaeus 1758 (Hymenoptera: Apidae)
Autor(es): Brighenti, Deodoro Magno
Orientador: Carvalho, César Freire
Membro da banca: Souza, Brígida
Carvalho, Geraldo Andrade
Lima, Luiz Carlos de Oliveira
Silva, Rogério Antonio
Campos, Wellington Garcia
Área de concentração: Entomologia Agrícola
Assunto: Abelha
Limão
Sobrevivência
Tempo Letal
Bee
Lemon
Survival
Lethal time
Data de Defesa: 23-Out-2008
Data de publicação: 13-Ago-2014
Referência: BRIGHENTI, D. M. Dietas energéticas e protéicas para adultos de Apis mellifera Linnaeus, 1758 (Hymenoptera: Apidae). 2008. 106 p. Tese (Doutorado em Agronomia/Entomologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: A dieta fornecida a adultos de Apis mellifera em confinamento é um fator relevante na sobrevivência desses insetos. Em época de escassez de néctar pode-se fornecer à colméia uma suplementação alimentar com solução de sacarose desdobrada em meio ácido e aquecimento, podendo-se utilizar o ácido cítrico encontrado no suco de limão. Nesta pesquisa avaliou-se a sobrevivência desses insetos confinados e alimentados com dietas energéticas e protéicas e foi também quantificada a inversão da sacarose presente nessas dietas. As pesquisas foram realizadas no laboratório de Biologia de Insetos do Departamento de Entomologia da Universidade Federal de Lavras - UFLA. Os tratamentos com dieta energética foram: mel, açúcar cristal, açúcar cristal + ácido tartárico a 1%, açúcar cristal + suco de limão a 5%, Gludexâ, frutose, pasta Cândi e água. Aquelas para alimentação protéica foram: pólen, germe de trigo, farinha de arroz, farelo de arroz, lêvedo de cerveja, creme de milho, farinha de soja e mel cristalizado. Para avaliar a hidrólise da sacarose em cada dieta utilizou-se ácido cítrico nas concentrações 0,0; 0,1; 0,16; 0,3; 0,5 e 0,7 g e também de 1,0; 5,0; 10,0; 15,0 e 20,0 mL de suco dos limões Galego [Citrus aurantifolia], Tahiti [Citrus latifolia] e Cravo [Citrus limonia]. Foram utilizadas dez repetições para cada tratamento, cada uma composta de dez abelhas. Contou-se o número de abelhas sobreviventes a cada 12h e ajustou-se a curva de sobrevivência segundo o modelo Weibull e calculou-se o TL10, TL20, TL50 e TL99. Constatou-se que, entre as dietas energéticas testadas, açúcar cristal acrescido de suco de limão permite a maior sobrevivência. Entre as dietas protéicas testadas, constatou-se que não há diferença significativa. O limão Galego permitiu a obtenção de 55,65 % de inversão quando foi utilizado 20 mL de suco. Para o limão Cravo foi encontrada a menor porcentagem de inversão. A longevidade das abelhas em laboratório foi obtida quando os insetos recém-emergidos de uma gaiola mantida em câmara climática e alimentados com 1. mel; 2. pólen do favo; 3. pólen do favo + mel e 4. água. A utilização de adultos de idade conhecida permitiu o cálculo de estimativas precisas da longevidade dos insetos em função da dieta usada.
The diet fed to adults of Apis mellifera in confinement is a relevant factor in the survival of these insects. In times of nectar shortage, a feeding supplementation with a solution of hydrolyzed sucrose through acid and heating can be given to the hive; citric acid found in lemon juice could be used. In this research, the survival of these confined insects fed with energetic and protein diets was evaluated and the inverted sucrose present in these diets was quantified. The research was accomplished at the Insect Biology Laboratory of the Entomology Department of the Federal University of Lavras - UFLA. The treatments with energetic diet were: honey, granulated sugar, granulated sugar + 1% tartaric acid, granulated sugar + 5% lemon juice, Gludex®, fructose, Candy paste and water. The protein treatments were: pollen, wheat germ, rice flour, rice bran, beer yeast, corn cream, soy flour and crystallized honey as control. To evaluate sucrose hydrolysis in each diet, citric acid at the concentrations 0.0; 0.1; 0.16; 0.3; 0.5 and 0.7 g was utilized and also of 1.0; 5.0; 10.0; 15.0 and 20.0 mL of Galego [Citrus aurantifolia], Tahiti [Citrus latifolia] and Cravo [Citrus limonia] lemon juice. Ten replicates, each one composed of ten bees, were used for each treatment. The number of surviving bees was counted every 12 hours and the survival curve was adjusted according to the Weibull model and LT10, LT20, LT50 and LT99 were calculated. It was found that, among the energetic diets tested, granulated sugar added enriched with lemon juice allows the largest survival. It is demonstrated that there is no significant difference among the tested protein diets. The Galego lemon allowed the obtaining of 55.65 % of inversion when 20 mL of juice was used. The lowest percentage of inversion was found for the Cravo lemon. The bees´ longevity in laboratory was obtained of the newly-emerged bees from a cage maintained in a climate chamber and fed with1. honey; 2. pollen; 3. comb pollen + honey and 4. water. The use of adults of known age allowed precise estimates of the insects´ longevity in function of the diets.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2744
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DEN - Entomologia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_ Dietas energéticas e protéicas para adultos de Apis mellifera Linnaeus, 1758 (Hymenoptera Apidae).pdf1,41 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback