Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2756
Título: Opções reais e diversificação na produção agrícola: determinação dos limites de entrada/saída e valoração de opções de conversão em investimento de culturas temporárias
Título(s) alternativo(s): Real options and diversification in agricultural production: determining the limits of input / output and valuation of options for conversion into investments in crop cultivation of temporary
Autor : Martins, Caroline Miriã Fontes
Primeiro orientador: Castro Júnior, Luiz Gonzaga de
Primeiro membro da banca: Antonialli, Luiz Marcelo
Mendonça, Fabrício Molica de
Fontes, Renato Elias
Souza Neto, Bezamat de
Carvalho, Francisval de Melo
Área de concentração: Dinâmica, Estrutura e Gestão de Cadeias Produtivas
Palavras-chave: Lavoura temporária
Carteira de investimento
Tomada de decisão
Teoria das Opções Reais
Viabilidade econômica de investimento
Seasonal crop
Portfolio
Real options
Decision making
Analysis of investiment
Data da publicação: 13-Ago-2014
Referência: MARTINS, C. M. F. Opções reais e diversificação na produção agrícola: determinação dos limites de entrada/saída e valoração de opções de conversão em investimento em lavoura de culturas temporárias. 2009. 213 p. Tese (Doutorado em Administração)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2011.
Resumo: The decision to invest in agricultural activity is carried out under conditions of uncertainty due to exposure to the risks inherent in the activity itself, such as climate, credit and price. Associated with these risks, it is observed that the investment projects in the agricultural sector require a significant amount of funds to be invested in the long term. As a result, it appears that the decision on investments is a turning point for the success of rural enterprises. When dealing with specific property in rural temporary crops, it is observed that the value at which that enterprise, fixed investment, is a high amount and involves a long period to recover the initial capital. The behavior of the farmer in relation to investment decision and the selection of crops to be grown, it is demonstrated appropriate to generate significant losses. In general, farmers decide to start the cultivation of certain seasonal crop when prices are high this comoditty and withdraw from the activity when its prices were low. This reaction does not recognize the existence of uncertainties in the investment project and the flexibility of decision making in light of information disclosed to this agent during the life of this project. The Real Options Analysis emerges as an important tool for providing better information about the entry and exit of investment projects, as well as the value of the conversion of agricultural products, it incorporates into its analysis to environmental uncertainty and provides farmer management flexibility needed to work in this uncertain environment. Furthermore, Capital Asset Price Model can also be an important tool to assist rural producers in their investment decisions as possible to identify the optimum portfolio composed of agricultural products produced by this agent in order to reduce the risk for a given return. With this in mind, this study investigated the application of the Pricing Model Capital Asset for the formation of portfolio investment in temporary crops and from the results of such portfolios applied the model proposed by Dixit & Pindyck (1994) presented the work of Luong & Tauer (2006) to identify the points of entry and exit of diverse crop of soybeans, corn and beans. In this study that the association of Capital Asset Price Model to the The Real Options Analysis are appropriate tools to support decision making of farmers in an environment riddled with uncertainties.
A decisão de investimento na atividade agrícolas é realizada em condições de incerteza devido a exposição aos riscos inerentes da própria atividade, tais como: clima, crédito e preço. Associado a esses riscos, observa-se que os projetos de investimentos no setor agrícola requerem um montante expressivo de recursos a serem aplicados no longo prazo. Em função disso, verifica-se que a decisão de realização de investimentos é um ponto decisivo para o sucesso das empresas rurais. Ao tratar em específico de propriedade rural de lavouras temporárias, observa-se que o valor de constituição desse empreendimento, investimento fixo, é de elevada quantia e envolve um longo período para recuperação do capital inicial. O comportamento do produtor rural, em relação a decisão de investimento e a seleção da lavoura a ser cultivada, demonstra-se propício para gerar perdas significativas. De forma geral, os produtores rurais decidem começar o cultivo de determinada lavoura temporária no momento em que os preços dessa comoditty estão elevados e se retiram da atividade quando os seus preços apresentam-se baixos. Essa reação não reconhece a existência da incertezas em projeto de investimento, bem como da flexibilidade da tomada de decisão em função das informações reveladas a este agente durante a vida deste projeto. A Teoria das Opções Reais emerge como uma importante ferramenta para fornecer informações mais adequadas em relação a entrada e a saída em projetos de investimento, bem como sobre o valor da opção de conversão entre produtos agrícolas, pois incorpora em sua análise a incerteza ambiental e fornece ao produtor rural a flexibilidade gerencial necessária para atuar nesse ambiente incerto. Por seu turno, o Modelo de Precificação de Ativos de Capital também pode ser um importante instrumento para auxiliar o produtor rural nas suas decisões de investimento, visto que possibilita identificar a composição ótima da carteira de produtos agrícolas cultivados por este agente com vistas a reduzir o risco para dado retorno. Tendo isso em vista, o presente trabalho investigou a aplicação do Modelo de Precificação de Ativo de Capital para a formação de carteira de investimento em lavouras temporárias e a partir dos resultados dessa carteira aplicou o modelo sugerido por Dixit & Pindyck (1994) apresentado no trabalho de Luong & Tauer (2006) para a identificação dos pontos de entrada e saída da lavoura diversificada da soja, milho e feijão. Nesta pesquisa observou-se que a associação do Modelo de Precificação de Ativos de Capital com a Teoria das Opções reais são ferramentas adequadas para apoiar a tomada de decisão desses agricultores em um ambiente permeado por incertezas.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2756
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções:DAE - Administração - Doutorado (Teses)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TESE_Opções reais e diversificação na produção agrícola.pdf770,6 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.