Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DAE - Departamento de Administração e Economia >
DAE - Artigos publicados em periódicos >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/280

Title: Influência das características das aglomerações sobre a geração de externalidades para as empresas
Other Titles: The influence of agglomerations concerning the generation of externalities for enterprises abstract
???metadata.dc.creator???: Tavares, Bruno
Antonialli, Luiz Marcelo
Santos, Michelle Inocencio Pereira dos
Keywords: Aglomerações produtivas
Clusters
Pequenas e médias empresas
Productive agglomerations
Enterprise clusters
Small and medium enterprises
Issue Date: 2011
Citation: TAVARES, B.; ANTONIALLI, L. M.; SANTOS, M. I. P. dos. Influência das características das aglomerações sobre a geração de externalidades para as empresas. Revista Ibero-Americana de Estratégia, São Paulo, v. 9, n. 2, p. 114-140, 2010.
???metadata.dc.description.resumo???: Este artigo teve como objetivo identificar, por meio de uma reflexão teórica, a influência das características das aglomerações na geração de externalidades para as empresas. Para tanto, parte-se da ideia de que as aglomerações produtivas são diferentes entre si, embora sejam ignoradas em boa parte dos artigos e na formulação de políticas públicas, o que pode ser percebido pelas diversas tipologias existentes (Pedersen, 1997, Van Dijk; Sverrisson, 2003, SUZIGAN 2006). O estudo fundamentou-se na teoria das aglomerações produtivas e em artigos empíricos nacionais e internacionais. Por fim, conclui-se que as aglomerações não possuem o mesmo potencial de geração de externalidades, ao contrário, é esperado que a contribuição que as firmas podem receber depende das características de cada uma delas. Também são elaboradas algumas contribuições para a ação das empresas, agentes de governança e formuladores de políticas públicas.
Abstract: This article aims to identify, through theoretical analysis, the influence agglomerations have in the generation of firm externalities. Hence, the idea is established by demonstrating that productive clusters are different, although largely ignored in a vast number of articles and in the development of public policies; which can be identified by the various existing typologies (Pedersen, 1997, Van Dijk; Sverrisson, 2003, SUZIGAN 2006). The study was based on the theory of productive clusters and in national and international empirical papers. Consequently, we conclude the agglomerations do not have equal potential to generate externalities, rather, it is expected the contribution that companies can receive is dependent upon the characteristics of each. In addition, we propose a few approaches for companies, government agents and public policy makers.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/280
???metadata.dc.language???: other
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ARTIGO_Influência das características das aglomerações sobre a geração de externalidades para as empresas.pdf498.08 kBAdobe PDFView/Open

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.


View Statistics

 


DSpace Software Copyright © 2002-2010  Duraspace - Feedback