Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28138
metadata.artigo.dc.title: Associações sociotécnicas e práticas de gestão em desenvolvimento: analisando rastros por entre o traçado do P1MC
metadata.artigo.dc.title.alternative: Sociotechnical associations and management practices in development: analyzing traces through the route of P1MC
metadata.artigo.dc.creator: Andrade, Jackeline Amantino de
Cordeiro Neto, José Raimundo
Valadão, Jose de Arimateia Dias
metadata.artigo.dc.date.issued: 2013
metadata.artigo.dc.identifier.citation: ANDRADE, J. A. de; CORDEIRO NETO, J. R.; VALADÃO, J. de A. D. Associações sociotécnicas e práticas de gestão em desenvolvimento: analisando rastros por entre o traçado do P1MC. Cadernos EBAPE.BR, Rio de Janeiro, v. 11, n. 2, , Rio de Janeiro, jun. 2013.
metadata.artigo.dc.description.resumo: O objetivo deste artigo é discutir um entendimento alternativo da gestão do desenvolvimento a partir do desdobramento de práticas vinculadas às denominadas tecnologias sociais, indicando possíveis inovações para o desenvolvimento neste século. Neste sentido, são abordadas concepções de desenvolvimento e suas implicações no que diz respeito à tecnologia, criticando-se uma compreensão sobre sua neutralidade, mesmo quando se trata de tecnologias apropriadas em experiências “alternativas de desenvolvimento”, sendo salientada a teoria do ator-rede como saída conceitual da tensão paralisante entre determinismo econômico e social. Para tanto, é apresentado um estudo de caso que, ao adotar os pressupostos metodológicos da TAR – agnosticismo, simetria generalizada e livre associação- -, para analisar o desenrolar dos momentos de translação do programa Um Milhão de Cisternas Rurais, implantado na região do semiárido brasileiro, identificando-se uma trajetória tecnológica em que a criatividade cultural e morfogênese social do verdadeiro desenvolvimento, nos termos de Furtado (1974; 1982), se destacam e cujas repercussões são diferenciadas daquelas tradicionais aos projetos da gestão do desenvolvimento. Finalmente, as considerações finais destacam essas trajetórias como constituintes de gestões em desenvolvimento, fundamentadas em um caráter múltiplo que é revelado pela translação naquilo que construções sociotécnicas podem praticamente concretizar.
metadata.artigo.dc.description.abstract: The purpose of this article is to discuss an alternative understanding of the management of development from unfolding practices linked to so call social technologies, indicating possible innovations for development in this century. In this sense, development concepts are discussed and their implications with regard to technology, taking the critical about their neutrality, even when it comes to experiences in appropriate technologies and alternatives of development. Under this matter, actor-network theory is presents as output to by passing the determinism and its conceptual tensions to analyzing social and economic domain. And, to this end, it is presenting a case study that, by adopting the methodological assumptions of ANT – agnosticism, generalized symmetry and free association –, analyzes the unfolding moments of translations from One Million Water Catch tanks programme (P1MC), deployed in the Brazilian semi-arid region, also identifying one technological trajectory in which cultural creativity and social morphogeneses of true development pursuant to Furtado (1974; 1982), stand out and whose repercussions are differentiated from those of traditional development projects. Finally, the concluding remarks, it is highlighted these trajectories as constituents of efforts to the development, based on a multiple issues that are revealed by the translations, and where sociotechnical construction are practically achieve.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28138
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DAE - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons