Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28212
metadata.artigo.dc.title: Aplicação das ferramentas produção mais limpa e análise de modos de efeitos e falha em abatedouro-frigorífico de suínos
metadata.artigo.dc.title.alternative: Application of cleaner production tools and failure modes and effects analysis in pig slaughterhourses
metadata.artigo.dc.creator: Fonseca, J. M.
Peres, Alexandre de Paula
metadata.artigo.dc.subject: Controle ambiental
Abatedouro-frigorífico
Carne suína - Qualidade
metadata.artigo.dc.publisher: Instituto de Zootecnia
metadata.artigo.dc.date.issued: 2017
metadata.artigo.dc.identifier.citation: FONSECA, J. M.; PERES, A. de P. Aplicação das ferramentas produção mais limpa e análise de modos de efeitos e falha em abatedouro-frigorífico de suínos. Boletim de Indústria Animal, Nova Odessa, v. 74, n. 2, p. 95-105, 2017.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Os Programas Produção mais Limpa (P+L) e Análises de Modos e Efeitos de Falha (FMEA) são ferramentas usadas para melhorar a sustentabilidade de indústrias, garantindo maior rentabilidade, qualidade, confiabilidade e segurança dos seus produtos e serviços. As indústrias de carnes e derivados estão entre as indústrias mais poluidoras, devido ao grande número de resíduos orgânicos gerados durante o processamento da carne. O objetivo deste trabalho foi associar as ferramentas P+L e FMEA e aplicá-las em um abatedouro-frigorífico de suínos, a fim de detectar pontos críticos ao longo da cadeia produtiva, os quais geram grande impacto ambiental e estabelecer ações corretivas e medidas preventivas que possam minimizá-los. Os resultados mostraram que a água é o recurso mais consumido pela indústria e também o maior gerador de resíduos, devido a sua contaminação microbiológica com dejetos e sangue animal e detritos de carne. Todos os impactos se mostraram reais, devido a sua ocorrência diária na indústria, e a severidade, ocorrência, detecção e abrangência dos mesmos foram classificadas em moderada e alta, alta, baixa e moderada, moderada e alta, respectivamente. A aplicação das ferramentas P + L e FMEA mostraram- se eficientes na identificação e avaliação dos impactos ambientais provocados pelo abate e processamento de carcaças de suínos. Os efluentes líquidos do abate e os resíduos sólidos (sangue e ossos) constituem os aspectos ambientais que oferecem maiores riscos para o meio ambiente. A substituição dos produtos químicos da estação de tratamento por micro-organismos decompositores, a compostagem e a produção de farinha e ração animal a partir dos resíduos sólidos são medidas cabíveis que a indústria pode adotar para minimizar a contaminação de mananciais e do solo.
metadata.artigo.dc.description.abstract: Cleaner production programs (CP) and Failure Modes and Effects Analysis (FMEA) are tools used to improve the sustainability of industries, ensuring greater profitability, quality, reliability and safety of their products and services. The meat industry is among the most polluting industries because of the large amounts of organic waste produced during meat processing. The objective of this study was to combine the CP and FMEA tools and to apply them in a pig slaughterhouse in order to detect critical points along the production chain that have a major environmental impact and to establish corrective and preventive actions that could minimize these problems. The results showed that water is the most consumed resource by the industry and also the main producer of waste due to microbiological contamination with animal feces and blood and meat residues. All impacts were found to be real due to their daily occurrence in the industry. Their severity, occurrence, detection and coverage were classified as moderate and high, high, low and moderate, and moderate and high, respectively. The application of the CP and FMEA tools was efficient in identifying and evaluating the environmental impacts caused by the slaughter and processing of pork carcasses. Liquid slaughter effluents and solid wastes (blood and bones) are the factors that pose the greatest risks to the environment. The substitution of treatment plant chemicals with decomposing microorganisms, composting, and the production of animal meal and feed from solid waste are appropriate measures the industry could adopt to minimize the contamination of water resources and soil.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28212
metadata.artigo.dc.language: pt_BR
Appears in Collections:DCA - Artigos publicados em periódicos
PROEC - Extensão - Artigos publicados em periódicos



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons