Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28233
metadata.teses.dc.title: A interface entre o Programa Nacional de Alimentação Escolar, os serviços de assistência técnica e extensão rural e a agricultura familiar, como processo educativo de acesso ao mercado no Estado de Minas Gerais
metadata.teses.dc.title.alternative: The interface between the National School Food Program, technical assistance services and rural extension and family farming as an access educational process to the market in the State of Minas Gerais
metadata.teses.dc.creator: Pires, Ademar Moreira
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Assis, Thiago Rodrigo de Paula
metadata.teses.dc.contributor.advisor-co1: Romaniello, Marcelo Márcio
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Chiodi, Rafael Eduardo
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Rocha, Luiz Carlos Dias da
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Pereira, Viviane Santos
metadata.teses.dc.subject: Agricultura familiar – Comercialização
Merenda escolar
Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE)
Family farming – Commercialization
School children – Food
National School Feeding Program
metadata.teses.dc.date.issued: 8-Dec-2017
metadata.teses.dc.identifier.citation: PIRES, A. M. A interface entre o Programa Nacional de Alimentação Escolar, os serviços de assistência técnica e extensão rural e a agricultura familiar, como processo educativo de acesso ao mercado no Estado de Minas Gerais. 2017. 96 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Desenvolvimento Sustentável e Extensão)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
metadata.teses.dc.description.resumo: A motivação da realização desta pesquisa partiu da vivência com o Programa Nacional da Alimentação Escolar - PNAE na Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais - EMATER-MG, desde 2009, e tem como objetivo discutir a interface do PNAE, com os serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural - ATER e a agricultura familiar, como processo educativo de acesso ao mercado. A pesquisa tem como pressupostos teóricos, os serviços de ATER, na perspectiva de uma extensão rural emancipatória, de caráter educativo e transformador, visando à formação de competências e mudanças que permitam o desenvolvimento de uma prática social onde os extensionistas possam atuar como mediadores na construção de conhecimentos para a construção de processos educativos. Bem como compreender o PNAE como uma conquista da agricultura familiar como sujeitos históricos e importantes produtores e fornecedores diretos de alimentos, cujas transformações vividas, não romperam a tradição camponesa que fortalece a sua capacidade de adaptação às novas exigências da sociedade e nas escolas como um direito à alimentação saudável aos alunos na perspectiva de reeducação alimentar. Para as análises propostas, realizou-se um estudo de caso, no município de Brumadinho-MG, pelo histórico da execução do PNAE, uma pesquisa exploratória com extensionistas da EMATER-MG e uso de dados exploratórios do PNAE em Minas Gerais e no Brasil. Como técnicas de investigação utilizou-se questionários semiestruturados e a análise documental. Essa provocação da pesquisa emerge de uma proposta simples e um tanto quanto óbvia, mas que também envolve uma complexidade imensa, que em muitos casos, a execução e a percepção do PNAE tem sido reduzida a um simples canal de comercialização, onde os agricultores entregam alimentos e as escolas os recebem, como se fossem produtos commoditizados. Abrindo mão da oportunidade de se fazer um uma reflexão do processo de compra de alimentos da agricultura familiar para a alimentação escolar, baseado nos seus princípios e objetivos, deixando de apropriar-se de um processo educativo, mesmo contemplando a participação da assistência técnica e extensão rural, sendo o programa uma conquista da agricultura familiar e executado no ambiente escolar. Os resultados encontrados no presente estudo demonstram que a interface entre o PNAE, ATER e agricultura familiar favorece um processo educativo de acesso ao mercado aos agricultores, à extensão rural e aos executores do PNAE. Esse processo foi afirmado por 94% dos entrevistados, pela informação do acesso a outros canais de comercialização e necessidade da adoção de novos padrões de produção e comercialização pelos agricultores familiares, pela necessidade de busca de novos conhecimentos em relação ao processo de organização produtiva e comercialização na extensão rural, bem como uma maior compreensão e aproximação da agricultura familiar pelas escolas, processo este, alicerçado nas análises e discussão teórica de Gohn (2006), Gadotti (2012) e Freire (1983). O estudo também apontou um crescimento na execução do PNAE desde 2009, tanto no município do estudo de caso, quanto em Minas Gerais e no Brasil. Em Brumadinho, o aumento de recursos aplicados na compra de alimentos da agricultura familiar foi de 85,34%, comparando os anos de 2010 a 2015. Pode ser constatado ainda, municípios que conseguiram comprar acima de 70% do valor destinado ao PNAE, chegando em alguns casos, comprar acima de 100% do valor repassado ao PNAE pelo FNDE, bem como identificar municípios no Estado com “zero” de execução da compra de alimentos da agricultura familiar para o PNAE, mesmo no ano de 2014.
metadata.teses.dc.description.abstract: The motivation of this research was based on the experience with the National School Feed-ing Program - PNAE in the Technical Assistance and Rural Extension Company of Minas Gerais - EMATER-MG, since 2009, and aims to discuss the PNAE interface with the services Technical Assistance and Rural Extension - ATER and family agriculture, as an educational process of access to the market. The research has as theoretical presuppositions, the ATER services, in the perspective of an emancipatory rural extension, of an educational and trans-formative character, aiming at the formation of skills and changes that allow the development of a social practice where the extensionists can act as mediators in the construction of knowledge for the construction of educational processes. As well as understanding the PNAE as an achievement of family farming as historical subjects and important producers and direct food suppliers, whose transformations have not broken the peasant tradition that strengthens their capacity to adapt to the new demands of society and in schools as a right to healthy eat-ing for students from the perspective of food re-education. For the analysis proposed, a case study was carried out in the city of Brumadinho, Minas Gerais, Brazil, through the history of PNAE implementation, an exploratory study with extension agents of EMATER-MG and the use of PNAE exploratory data in Minas Gerais and Brazil. Semi-structured questionnaires and documentary analysis were used as research techniques. This research challenge emerges from a simple and somewhat obvious proposal, but also involves an immense complexity, which in many cases, the implementation and perception of the PNAE has been reduced to a simple marketing channel where farmers deliver food and schools receive them, as if they were commoditized products. In addition to the opportunity to make a reflection on the pro-cess of buying food from family agriculture for school feeding, based on its principles and objectives, failing to take ownership of an educational process, even considering the participa-tion of technical assistance and extension rural, and the program is an achievement of family farming and implemented in the school environment. The results found in the present study demonstrate that the interface between the PNAE, ATER and family farming favors an educa-tional process of market access to farmers, rural extension and PNAE executors. This process was affirmed by 94% of respondents, for information on access to other marketing channels and the need to adopt new standards of production and marketing by family farmers, for the need to search for new knowledge regarding the process of production organization and commercialization in rural extension, as well as a greater understanding and approximation of family agriculture by the schools, a process based on the analysis and theoretical discussion of Gohn (2006), Gadotti (2012) and Freire (1983). The study also pointed to a growth in PNAE implementation since 2009, both in the municipality of the case study, as well as in Minas Gerais and Brazil. In Brumadinho, the increase in resources invested in the purchase of food from family farms was 85.34%, comparing the years from 2010 to 2015. It can be seen that municipalities were able to buy more than 70% of the value for the PNAE, arriving in some cases, to buy more than 100% of the value passed on to PNAE by the FNDE, as well as to identify municipalities in the State with "zero" execution of the purchase of food from family agriculture to the PNAE, even in 2014.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28233
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DAE - Desenvolvimento Sustentável e Extensão - Mestrado Profissional (Dissertações/TCC)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.