Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28264
metadata.teses.dc.title: O ensino de geografia e a condição docente: subsídios à educação ambiental
metadata.teses.dc.title.alternative: The geographical teaching and teacher condition: subsidies for environmental education
metadata.teses.dc.creator: Andrade, Jeferson Monteiro de
metadata.teses.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/2630209140365317
metadata.teses.dc.contributor.advisor1: Vallin, Celso
metadata.teses.dc.contributor.referee1: Vallin, Celso
metadata.teses.dc.contributor.referee2: Nascimento Júnior, Antonio Fernandes do
metadata.teses.dc.contributor.referee3: Campos, Caroline Cambraia Furtado
metadata.teses.dc.subject: Educação básica
Geografia
Bacia hidrográfica
Plano diretor
Basic education
Geography
Hydrographic basin
Master plan
metadata.teses.dc.date.issued: 15-Dec-2017
metadata.teses.dc.identifier.citation: ANDRADE, J. M. de. O ensino de geografia e a condição docente: subsídios à educação ambiental. 2017. 188 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2017.
metadata.teses.dc.description.resumo: Cresce, nas últimas décadas, a preocupação da sociedade quanto às questões ambientais. Essas preocupações, no entanto geram conflitos de interesse aos diferentes grupos humanos. Na educação, esse fato se concretiza em propostas de educação adjetivadas de ambiental, devendo estar presente em todos os níveis de ensino. Ela também será conflitiva. Cada proposta de Educação Ambiental (EA) é um reflexo da visão de mundo dos grupos humanos conflitantes. Surgem, assim, na educação ambiental, várias tendências pedagógicas. Especialistas apontam três macrotendências pedagógicas principais: uma classificada como conservacionista por se pautar na conservação e convivência com a natureza, outra pragmática baseada na busca de soluções ambientais pelo mercado e uma crítica que busca a transformação dos paradigmas da sociedade. A Educação Ambiental, para se efetivar na educação básica, necessita da contribuição das diferentes áreas do conhecimento, entre elas a Geografia, uma das ciências que historicamente se ocupa do que hoje se chama de meio ambiente. Dessa forma, busca-se conhecer mais sobre a seguinte indagação: quais obstáculos e possibilidades existem numa tentativa de construir uma educação ambiental, crítica, a partir do ensino de Geografia, numa escola do sistema público de educação básica de Minas Gerais? O objetivo principal foi realizar uma experiência de educação ambiental, crítica, a partir do ensino de Geografia, em uma escola do sistema público de educação básica de Minas Gerais. A partir daí, conhecer os obstáculos e possibilidades dessa experiência, inclusive, visando às possibilidades de se realizar futuramente uma experiência, em bases semelhantes, que seja interdisciplinar. Para alcançar esses objetivos, realizou-se um estudo de caso sobre a prática de ensino pelo autor desta pesquisa, cuja temática foi relacionada ao conteúdo definido no planejamento de aula e definida com os(as) alunos(as). Ao final da pesquisa, percebeu-se que a cultura do autoritarismo influi negativamente na condição de trabalho docente. Observou-se que, havendo maior liberdade e autonomia, estudantes vistos como problemáticos passam a ter melhores resultados. Percebeu-se, também, que é importante cultivar o hábito de ter registros sobre a prática de aula. Eles serviram como base para a troca de estratégias e impressões entre os docentes. Além disso, a falta de permeabilidade da Educação Ambiental de macrotendência crítica na educação básica dificulta a construção de práticas interdisciplinares, em especial, aquelas ligadas à questão ambiental.
metadata.teses.dc.description.abstract: In the last decades, society's concern with environmental issues has grown. These concerns, however, generate conflicts of interest in different human groups. In education this materializes in proposals with environmental adjectives and must be present in all education levels. It will also be conflicting. Each proposal of Environmental Education is a reflection of the worldview about conflicting human groups. There are several pedagogical tendencies in environmental education. Specialists point out three main pedagogical macrotrends: one classified as conservationist because it is based on conservation and coexistence with nature, another pragmatic based on the search for environmental solutions by the market and a critique that seeks the transformation of the society paradigms. The Environmental Education to become effective in basic education needs the contribution of the different areas of knowledge, among them Geography, one of the sciences that historically deals with what is now called the environment. Thus, we seek to know more about the following question: what obstacles and possibilities exist in an attempt to build an environmental education, critical from the teaching of Geography, at a school in the public system of basic education in Minas Gerais? The main objective was to carry out an environmental education experience, critical, based on the teaching of Geography, at a school in the public system of basic education in Minas Gerais. From that, knowing the obstacles and possibilities of this experience, including looking at the possibilities of realizing in the future an experience on similar bases that is interdisciplinary. To achieve these objectives, a case study was carried out on the teaching practice of the author of this research, where the theme was related to the content defined in the lesson plan and defined with the students. At the end of the research it was noticed that the culture of authoritarianism negatively influences the condition of teaching work. It was observed that, with greater freedom and autonomy, students seen as problematic will have better results. It was also realized that it is important to cultivate the habit of having records about the practice of class. They were as basis for the exchange of strategies and impressions among teachers. In addition, the lack of permeability of Environmental Education of critical macro-trends in basic education makes it difficult to construct interdisciplinary practices, especially those related to environmental issues.
metadata.teses.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28264
metadata.teses.dc.publisher: Universidade Federal de Lavras
metadata.teses.dc.language: por
Appears in Collections:DED - Educação - Mestrado Profissional (Dissertações)



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.