Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28815
metadata.artigo.dc.title: Analysis of the coffee harvesting process using an electromagnetic shaker
metadata.artigo.dc.title.alternative: Análise do processo de derriça do café utilizando uma máquina vibradora eletromagnética
metadata.artigo.dc.creator: Santos, Fábio Lúcio
Queiroz, Daniel Marçal de
Pinto, Francisco de Assis de Carvalho
Santos, Nerilson Terra
metadata.artigo.dc.subject: Coffee
Harvesting
Harvesting efficiency
Ripeness stage
Café
Colheita
Eficiência de derriça
Estádio de maturação
metadata.artigo.dc.publisher: Editora da Universidade Estadual de Maringá - EDUEM
metadata.artigo.dc.date.issued: 2010
metadata.artigo.dc.identifier.citation: SANTOS, F. L. et al. Analysis of the coffee harvesting process using an electromagnetic shaker. Acta Scientiarum. Agronomy, Maringá, v. 32, n. 3, p. 373-378, 2010.
metadata.artigo.dc.description.resumo: Harvesting is one of the most important operations in coffee production systems. This operation has a high cost and impact on the final quality of the product. To reduce production costs, producers are looking for ways to mechanize this operation. Harvesting machines generally detach fruits from the coffee plant by vibration and/or impact. The objective of this work was to study the effect of the amplitude and frequency of vibration on the efficiency of coffee fruit harvesting. Vibration tests of coffee branches were performed in a laboratory using an electromagnetic shaker. The tests were performed using amplitudes in the range of 3.75 to 7.50 mm and frequencies from 13.33 to 26.67 Hz. Coffee branches from two different varieties were used for evaluation, Catuaí Vermelho and Mundo Novo. It was verified that harvesting efficiency is directly related to the acceleration reached by the fruits during the harvesting process. The frequencies of 23.33 and 26.67 Hz and amplitudes of 6.25 and 7.50 mm resulted in the highest harvesting efficiency of ripe coffee cherries for both varieties. However, the harvesting efficiency for the Mundo Novo variety was higher than that of the Catuaí Vermelho variety at the studied frequency and amplitude ranges in this work.
metadata.artigo.dc.description.abstract: A colheita é uma das operações mais importantes no sistema de produção do café pelo seu elevado custo e ao impacto que tem na qualidade do produto final. Para reduzir os custos de produção, têm-se buscado formas de mecanizar essa operação. As máquinas de colheita de café geralmente derriçam os frutos por meio de vibrações mecânicas e impacto. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de estudar o efeito da amplitude e da frequência de vibração sobre a eficiência de derriça dos frutos de café. Para isso, ensaios usando uma máquina vibradora eletromagnética foram realizados em laboratório. Foram testadas amplitudes na faixa de 3,75 a 7,50 mm e frequências na faixa de 13,33 a 26,67 Hz. Os testes foram conduzidos utilizando-se ramos das variedades Catuaí Vermelho e Mundo Novo. A partir da análise dos resultados verificou-se que a eficiência de derriça dos frutos está diretamente relacionada à aceleração imposta aos frutos durante o procedimento de derriça. As frequências entre 23,33 e 26,67 Hz e amplitudes que variam entre 6,25 e 7,50 mm proporcionaram maior eficiência de derriça dos frutos cereja para ambas as variedades estudadas. A eficiência de derriça por vibração na variedade Mundo Novo foi superior à da variedade Catuaí Vermelho para os intervalos de frequência e amplitudes avaliados.
metadata.artigo.dc.identifier.uri: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/28815
metadata.artigo.dc.language: en_US
Appears in Collections:DEG - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_Analysis of the coffee harvesting process using an electromagnetic shaker.pdf621,36 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons