Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2888

Título: Variabilidade espacial da mancha de phoma relacionada à nutrição do cafeeiro e incidência da cercosporiose na qualidade do café
Título Alternativo: Spatial variability of phoma spot and nutritional aspects of coffee plants and incidence of brown eye spot in coffee quality
Autor(es): Lima, Luciana Maria de
Orientador: Pozza, Edson Ampélio
Membro da banca: Souza, Paulo Estevão de
Abreu, Mário Sobral de
Chalfoun, Sônia Maria de Lima
Carvalho, Janice Guedes de
Área de concentração: Fitopatologia
Assunto: Phoma sp.
Cercospora cofeeicola
Geoestatística
Geostatistics
Data de Defesa: 25-Mar-2009
Data de publicação: 18-Ago-2014
Referência: LIMA, L. M. de. Variabilidade espacial da mancha de phoma relacionada à nutrição do cafeeiro e incidência da cercosporiose na qualidade do café. 2009. 102 p. Tese (Doutorado em Agronomia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2009.
Resumo: O presente trabalho foi realizado com o objetivo de aplicar a geoestatística para avaliar a variabilidade espacial e temporal da intensidade da mancha de phoma e da nutrição de cafeeiros sob sistemas de cultivo convencional e orgânico, verificar a relação nitrogênio/potássio (N/K) com a intensidade da mancha de phoma e aspectos nutricionais de mudas de cafeeiro, cultivadas em solução nutritiva, avaliar a composição química e física do café após mistura de diferentes proporções de grãos de café com e sem sintomas de cercosporiose. No primeiro período de avaliação, agosto/2007 a fevereiro/2008, a aplicação da modelagem geoestatística detectou variabilidade espacial na intensidade da mancha de phoma do cafeeiro no sistema de cultivo convencional, sendo ajustado o modelo exponencial. Porém, no sitema orgânico, foi ajustado modelo efeito pepita puro. Houve correlação positiva do N e negativa do Ca e Mg com a área abaixo da curva de progresso da severidade (AACPS) da mancha de phoma do cafeeiro. No segundo período de avaliação, fevereiro a agosto/2008, não houve dependência espacial entre intensidade da doença e distância entre os pontos amostrados, sendo ajustado modelo EPP. Nos dois períodos de avalições, foi observada maior intensidade da mancha de phoma no sistema convencional em relação ao sistema orgânico. No estudo da relação N/K, não foi observada interação significativa entre N e K para intensidade da doença, mas, com o incremento desses nutrientes na solução, verificou-se, para N, aumento linear e, para K, redução quadrática da AACPI e AACPS. Em relação à influência da cercosporiose na qualidade do café, houve alterações na composição química e física. Com aumento da proporção de frutos doentes, houve aumento linear no teor de polifenóis, potássio lixiviado e condutividade elétrica e redução dos açúcares totais, sólidos solúveis e pH. Para composição física, observa-se redução na quantidade de grãos retidos em peneiras de crivos maiores e aumento em peneiras de crivos menores.
The present work aimed to apply geostatistic to evaluate the spatial and temporal variability of coffee phoma spot intensity and nutrition under conventional and organic cropping systems, verify the relationship between the nitrogen/potassium (N/K) ration and the phoma spot intensity and coffee seedlings nutritional aspects, grown under nutrient solution, evaluate the chemical and physical properties of coffee after mixing different proportions of coffee beans with and without brown eye spot symptoms. In the first evaluation period, August/2007 to Febuary/2008, the geostatistic modeling revealed spatial variability in coffee phoma spot intensity in the conventional cropping system and best adjusted to the exponential model, whereas the organic cropping system was best described by the pure pepite one. There was a significative correlation between the area under the coffee phoma spot severity progress curve (AUSPC) and N (positive) and also between AUSPC and Ca and Mg (negative). In the second period of evaluation, Febuary to August /2008, there was no spatial dependence between the disease intensity and the distance between the sampled points, the data best adjusted to the EPP model. In both evaluation periods was observed a higher intensity of phoma spot severity in the conventional system compared to the organic one. In the study of the relationship N/K, no significative interaction was observed between N and K for the disease intensity, but with the nutrient content increase in the nutrient solution, for N a linear increase and for K a squared reduction in AUIPC and AUSPC were observed. Regarding the influence of brown eye spot in the coffee quality, there were changes in its chemical and physical composition. With the increase in the proportion of diseased berries there was a linear increase in the polyphenol content, lixiviated potassiun and electrical conductivity and reduction of total sugars, soluble solids and pH. For the physical property one observes reduction in the quantity of berries retained in the larger opening sieves and an increase in the smaller opening ones.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2888
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Idioma: pt_BR
Aparece nas coleções: DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
TESE_Variabilidade espacial da mancha de phoma relacionada à nutrição do cafeeiro e incidência da cercosporiose na qualidade do café.pdf3,12 MBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback