Buscar

 

RI UFLA (Universidade Federal de Lavras) >
DFP - Departamento de Fitopatologia >
DFP - Programa de Pós-graduação >
DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses) >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2907

Título: Formulações de extratos vegetais e micronutrientes na indução de resistência em mudas de cafeeiro contra Cercospora coffeicola
Título Alternativo: Formulations of vegetal extracts and micronutrients for the induction of resistance of coffee seedlings against Cercospora coffeicola
Autor(es): Resende, Mário Lúcio Vilela de
Chalfoun, Sara Maria
Salgado, Sônia Maria de Lima
Abreu, Mário Sobral de
Carvalho, Janice Guedes de
Assunto: Cercosporiose
Coffea arabica
Extratos
Indução de resistência
Micronutrientes
PR proteínas
Brown eye spot
Extracts
Induction of resistance
Micronutrients
Proteins PR
Data de publicação: 18-Ago-2014
Publicador: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS
Referência: AMARAL, D. R. Formulações de extratos vegetais e micronutrientes da indução de resistência em mudas de cafeeiro contra Cercospora coffeicola. 2008. ii, 92 p. Tese (Doutorado em Fitopatologia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2008.
Resumo: O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito de diferentes formulações à base de extratos vegetais, em mistura e em combinação com os compostos ASM (acibenzolar-S-metil), sulfato de cobre, sulfato e cloreto manganês, na severidade da cercosporiose e no enfolhamento de mudas de café. Avaliaram-se também os mecanismos bioquímicos envolvidos na resposta de defesa contra C. coffeicola. Todos os tratamentos foram aplicados via foliar, sete dias antes da inoculação com C. coffeicola. Verificou-se que os tratamentos com pyraclostobin + epoxiconazole, ASM, EFID e EFID + ASM (no primeiro experimento), Viça Café® e o NEFID (2 aplicações) (no segundo experimento) fosfito de cobre, a mistura de EFID com cobre e EFID isoladamente (no terceiro e quarto experimentos); fosfito de cobre, a formulação EFID, a mistura de EFID com sulfato de manganês (0,29 g/L) e EFID com cloreto de manganês (0,435 g/L) (no quinto e sexto experimentos) proporcionaram maior proteção contra a doença e aumento no número de folhas quando comparados à testemunha inoculada. As atividades de peroxidase, quitinase e β 1,3-glucanase foram maiores nas últimas coletas, a partir de 7 até 21 dias. A exceção foi para a enzima β 1, 3-glucanase, que a atividade aumentou nas primeiras horas para os tratamentos com ASM e NEFID. Para o conteúdo de fenóis totais, observaram-se maiores atividades aos 11 dias de tratamento. A área abaixo da curva do conteúdo de fenóis totais foi significativamente maior para os tratamentos com EFID e NEFID em relação ao ASM e às testemunhas inoculada e absoluta.
The current work was aimed at evaluating the effect of different formulations based on plant extracts, in mixture or in combination with the compounds ASM (acibenzolar-S-methyl), copper sulfate, manganese sulfate or manganese chloride, in the severity of brown eye spot and on the number of leaves of coffee seedlings. Biochemical mechanisms involved in the defense response against C. coffeicola were also evaluated. All the treatments were applied by foliar spraying, seven days before inoculation with C. Coffeicola. It was verified that the treatments with pyraclostobin + epoxiconazole, ASM, EFID and EFID+ASM (in the first experiment), Viça Café® and NEFID (two applications) (in the second experiment); copper phosphite, the mixture of EFID with copper and EFID separately (in the third and fourth experiments); copper phosphite, the formulation EFID, the mixture of EFID with manganese sulfate (0,29 g/L) and EFID with manganese chloride (0,435 g/L) (in the fifth and sixth experiments) had provided higher protection against the disease and increase at the numbers of leaves when compared to the inoculated control. The activities of peroxidase, quitinase and beta-1,3-glucanase were higher for samples collected later in time, from 7 to 21 days after spraying. The exception was for β 1, 3-glucanase, which activity increased in the first hours, for the treatments with ASM and NEFID. The highest content of total phenolics was detected 11 days after spraying. The area under total phenolic content curve was significantly higher for treatments with EFID and NEFID in relation to ASM and controls.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/2907
Aparece nas coleções: DFP - Agronomia/Fitopatologia - Doutorado (Teses)

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTAÇÃO_Formulações de extratos vegetais e micronutrientes na indução de resistência em mudas de cafeeiro contra Cercospora coffeicola.pdf601,13 kBAdobe PDFVer/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.


Mostrar estatísticas

 


DSpace Software Copyright © 2002-2007 MIT and Hewlett-Packard - Feedback