Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29074
Título: Identificação do sexo do ornamental amazônico astronotus ocellatus (agassiz, 1831), por meio de videoceloscopia e biopsia gonadal
Título(s) alternativo(s): Identification of the sex of the amazon ornamental (astronotus ocellatus) (agassiz, 1831), by means of videocelescopy and biopsy gonadal
Autor : Mansur, Victor Ferreira Ribeiro
Lattes: http://lattes.cnpq.br/7177912488374613
Primeiro orientador: Murgas, Luís David Solis
Primeiro coorientador: Pereira, Rodrigo Norberto
Primeiro membro da banca: Veras , Galileu Corvato
Segundo membro da banca: Pereira, Rodrigo Norberto
Palavras-chave: Cirurgia
Peixes
Sexagem
Surgery
Fish
Sexing
Data da publicação: 19-Abr-2018
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: MANSUR, V. F. R. Identificação do sexo do ornamental amazônico astronotus ocellatus (agassiz, 1831), por meio de videoceloscopia e biopsia gonadal. 2018. 57 p. Dissertação (Mestrado em Ciências Veterinárias)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
Resumo: Objetivou-se avaliar a eficácia e a segurança da videoceloscopia e da biopsia gonadal e validá-las como métodos de sexagem em A. ocellatus. Foi utilizado um total de 31 animais adultos (168,26±54,09 g e 20,21±2,48 cm). Para indução e manutenção anestésica, utilizou-se óleo de cravo (140 mg/L e 70 mg/L de água respectivamente) em um sistema de recirculação. No pré-cirúrgico imediato, procedeu-se a antibioticoterapia com florfenicol (50 mg/kg) e analgesia com morfina (5 mg/kg), ambos por via intramuscular. Para acesso à cavidade celomática, o animal foi mantido em decúbito dorsal, procedendo-se a incisão na linha mediana ventral. Em seguida, introduziu-se a óptica do endoscópio para visualização das gônadas e identificação do sexo. Na sequência, com auxílio de uma pinça laparoscópica, um fragmento do tecido gonadal foi coletado e acondicionado em formalina tamponada 10%. Para síntese da cavidade, utilizou-se fio de poliamida em padrão simples contínuo, sendo em seguida os animais monitorados quanto à recuperação anestésica. Após 15 dias da cirurgia, a cicatrização foi avaliada e os pontos removidos. A eficácia da anestesia foi avaliada considerando o tempo de indução e recuperação anestésica para machos e fêmeas. Para avaliar a eficácia dos procedimentos cirúrgicos, os seguintes parâmetros foram considerados: tempo de cirurgia, presença de possíveis complicações cirúrgicas, cicatrização, taxa de sobrevivência, consumo alimentar e parâmetros comportamentais. Para validação dos métodos de sexagem, a análise histológica das gônadas foi utilizada como método padrão-ouro. Os tempos totais de videoceloscopia, biopsia gonadal e de cirurgia foram significativamente maiores (P < 0,05) para os animais identificados como machos (118,84±108,04 s, 231,62±226,59 s e 720,00±343,80 s respectivamente) em comparação aos identificados como fêmeas na videoceloscopia (26,88±38,08 s, 84,72±36,63 s 366,66±112,51 s respectivamente). Em apenas um animal foi observado secção do trato gastrointestinal, deiscência da sutura e atraso na cicatrização. A taxa de sobrevivência foi de 100%. Para o consumo alimentar, houve diferenças significativas (P < 0,05) para o período de 24h (61,45±5,41%) e 36h (61,13±6,13%) pós-cirúrgico quando comparado ao controle (pré-cirúrgico) (83,87±4,42%). Para a posição na coluna d’água, foram observadas diferenças significativas (P < 0,05) para os períodos de 24h (1,45±0,09) e 72h (3,12±0,14) após a cirurgia, quando comparados individualmente ao controle (2,48±0,15). Houve diferenças significativas (P < 0,05) para o comportamento de interação nos períodos de 24h (1,61±0,11), 36h (1,74±0,14) e 60h (1,61±0,13) após a cirurgia, em relação ao grupo controle (2,54±0,15). Para a procura por esconderijo, houve diferença significativa (P < 0,05) às 12h (1,61±0,08) e 24h (1,61±0,09) após a cirurgia em relação ao controle (1,12±0,06). A acurácia total da videoceloscopia foi de 96,7%. Para animais identificados como fêmeas e machos, a especificidade foi de 100% e 94,7% respectivamente. Por outro lado, a sensibilidade foi de 94,7% e 100% respectivamente. A biopsia gonadal apresentou eficácia de 83%. Pode-se concluir que o protocolo anestésico e as técnicas cirúrgicas de videoceloscopia e biopsia gonadal são eficazes e seguras. Além disso, ambas as técnicas foram validadas como métodos de sexagem em A. ocellatus.
Abstract: The objective was to evaluate the safety of videocloscopy and gonadal biopsy and to validate the methods of sexuality in A. ocellatus. A total of 31 adult animals (168.26 ± 54.09 g and 20.21 ± 2.48 cm) were used. For induction and anesthetic maintenance, use clove oil (140 mg / L and 70 mg / L water) in a recirculation system. In the pre-hereditary, antibiotic therapy with florfenicol (50 mg / kg) and analgesia with morphine (5 mg / kg), both intramuscularly, were performed. For access to the coelomatous cavity, the animal was kept in the supine position and an incision was made in the ventral midline. Then, the endoscope optic is inserted to visualize the gonads and identify the sex. Subsequently, with the aid of a laparoscopic forceps, a gonadal tissue fragment was collected and packed in 10% formal buffer. For synthesis of the cavity, the polyamide was used in a continuous simple pattern, and the animals were then monitored for anesthetic recovery. After 15 days of surgery, a healing was assessed and the stitches removed. Anesthesia anesthetic was used in the attempt of recovery and recovery of anesthetics for males and females. The surgical procedures, the presence of surgical parameters, healing, survival rate, food consumption and behavioral parameters were the following parameters. For validation of sexing methods, a histological analysis of the gonads was used as the gold standard method. The total time of videocloscopy, gonadal and gonadal and bipolar biopsies were significantly higher (p <0.05) for animals corrected as males (118.84 ± 108.04 s, 231.62 ± 226.59 if 720.00 ± (26.88 ± 38.08 s, 84.72 ± 36.63 s 366.66 ± 112.51 s). In only one animal was observed the gastrointestinal tract, dehiscence (p <0.05) for the period of 24h (61.45 ± 5.41%) and 36h ( 61.13 ± 6.13%) post-surgical compared to the control (preoperative) (83.87 ± 4.42%). In relation to height, differences (P <0.05) were observed for (1.45 ± 0.09) and 72h (3.12 ± 0.14) after surgery, when compared to control (2.48 ± 0.15). , 05) for trading behavior at 24h (1.61 ± 0.11), 36h (1.74 ± 0.14) and 60 h (1.61 ± 0.13) in one surgery, he attended the control group (2.54 ± 0.15). The children were submitted to a hypersensitivity test (p <0.05) at 12h (1.61 ± 0.08) and 24h (1.61 ± 0.09). 0.06). Total videoectomy accuracy was 96.7%. For wild and male animals, a specificity was 100% and 94.7%. On the other hand, the resistance was 94.7% and 100% respectively. A gonadal biopsy appeared to be 83%. In order to perform the anesthetic protocol and the surgical techniques of sonographic and safe gonadal videography and gonadal biopsy. In addition, the techniques were validated as sexing methods in A. ocellatus.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29074
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DMV - Ciências Veterinárias - Mestrado (Dissertações)



Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.