Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29094
Título: Aflatoxinas e fumonisinas em alimentos comerciais para cães e gatos
Título(s) alternativo(s): Aflatoxins and fumonisins in pet food for dogs and cats
Autor : Almeida Júnior, Sávio Tadeu
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1906989052920240
Primeiro orientador: Rodrigues, Paulo Borges
Primeiro membro da banca: Saad, Maria Oliveira Borges
Segundo membro da banca: Leira, Matheus Hernandes
Terceiro membro da banca: Nogueira, Rodrigo Bernardes
Palavras-chave: Micotoxinas
Animais domésticos - Alimentação
Cromatografia
Mycotoxins
Pets - Food
Chromatography
Data da publicação: 25-Abr-2018
Agência(s) de fomento: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Referência: ALMEIDA JÚNIOR, S. T. Aflatoxinas e fumonisinas em alimentos comerciais para cães e gatos. 2018. 47 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)–Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
Resumo: A qualidade e a segurança biológica das rações para cães e gatos abrangem o controle de diferentes segmentos da cadeia produtiva, desde os procedimentos empregados na agricultura para desenvolvimento de plantas saudáveis, a produção industrial, o transporte do produto final até o armazenamento nos pontos de venda e consumo em residências. Além da possibilidade da contaminação microbiana, o crescimento fúngico e as micotoxinas são substâncias que podem acarretar danos aos animais. Ensaios experimentais em animais têm demonstrado os mais variados efeitos destas substâncias tóxicas que vão desde a imunossupressão, alterações metabólicas até carcinogênese (SANTIN, 2005).O trabalho teve por finalidade pesquisar, quantitativamente, a ocorrência de aflatoxinas total (B1, B2, G1 e G2) e fumonisinas (B1 e B2) em alimentos comerciais para cães e gatos de linhas standard, premium e superpremium de maior comercialização no Brasil. As amostras foram coletadas em estabelecimentos comerciais no Sul de Minas Gerais, nas cidades de Alfenas, Lavras, Três Corações e Varginha, sendo 5 amostras de alimentos standard para cães, 10 amostras de alimentos premium para gatos, 10 amostras de alimentos premium para cães, 5 amostras de alimentos superpremium para gatos e 5 amostras de alimentos superpremium para cães, totalizando 35 amostras. A determinação da presença e quantificação das aflatoxinas e fumonisinasforam realizadas através do método de cromatografia de afinidade com leitura em fluorímetro digital, no laboratório de Micologia e Micotoxinas do Departamento de Ciência de Alimentos da Universidade Federal de Lavras – MG e laboratório de Micotoxinas da Embrapa Milho e Sorgo, em Sete lagoas – MG. Das 35 amostras analisadas em duplicata para presença e quantificação de aflatoxinas total, todas apresentaram presença em níveis aceitáveis de acordo com recomendação da legislação vigente, sendo o menor valor médio o de 1,089 ppb/kg para alimentos comerciais de linha premium para cães e maior valor médio de 4,266 ppb/kg para alimentos comerciais de linha superpremium para gatos. Para as análises de presença e quantificação de fumonisinas, das 35 amostras, todas apresentaram presença, sendo que 68,57% das amostras apresentaram concentração acima de 4.000 ppb/kg, índice recomendado pela legislação vigente. Verificou-se menor valor médio de 4.790 ppb/kg para alimentos comerciais de linha premium para cães e maior valor médio de 7.260 ppb/kg para alimentos de linha superpremium para gatos. Os resultados indicam possível falha no processo de certificação de matérias-primas adquiridas pelas indústrias do mercado pet food.
Abstract: The quality and biological safety of dog and cat feeds encompass the control of different segments of the production chain, from the procedures used in agriculture to the development of healthy plants, industrial production, transportation of the final product to storage at points of sale consumption in households. In addition to the possibility of microbial contamination, fungal growth and mycotoxins are substances that can lead to animal damage. Experimental animal tests have shown the most varied effects of these toxic substances ranging from immunosuppression, metabolic alterations to carcinogenesis (SANTIN, 2005). The aim of this work was to quantitatively investigate the occurrence of total aflatoxins (B1, B2, G1 and G2) and fumonisins (B1 and B2) in commercial dog and cat food from standard, premium and super premium lines of higher commercialization in Brazil . Samples were collected in commercial establishments in the southern region of Minas Gerais, in the cities of Alfenas, Lavras, TrêsCorações and Varginha, with 5 standard food samples for dogs, 10 premium cat food samples, 10 premium dog food samples, 5 samples of super premium food for cats and 5 samples of super premium dog foods totaling 35 samples. The determination of the presence and quantification of aflatoxins and fumonisins were carried out using the method of affinity chromatography with reading in digital fluorimeter, in the laboratory of Mycology and Mycotoxins of the Department of Food Science of the Federal University of Lavras - MG and laboratory of Mycotoxins of Embrapa Maize and Sorghum, in Setelagoas - MG. Of the 35 samples analyzed in duplicate for the presence and quantification of total aflatoxins, all were present at acceptable levels according to the current legislation, with the lowest average value being 1.089 ppb / kg for commercial premium dog food and higher value average of 4,266 ppb / kg for commercial super premium cat food. For fumonisin presence and quantification analyzes, of the 35 samples, all were present, with 68.57% of the samples having a concentration above 4,000 ppb / kg, an index recommended by the current legislation. There was a lower mean value of 4,790 ppb / kg for commercial premium dog food and a higher average value of 7,260 ppb / kg for super premium line food for cats. The results indicate possible failure in the certification process of raw materials purchased by the pet food industry.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29094
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO_Aflatoxinas e fumonisinas em alimentos comerciais para cães e gatos.pdf1,1 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.