Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29105
Título: Relações fitogeográficas e padrões estruturais de microescala em uma floresta tropical sazonalmente seca
Título(s) alternativo(s): Phytogeographic relationships and microscale structural patterns in a seasonally dry tropical forest
Autor : Souza, Cléber Rodrigo de
Lattes: http://lattes.cnpq.br/1056892310025226
Primeiro orientador: Santos, Rubens Manoel dos
Primeiro membro da banca: Santos, Rubens Manoel dos
Segundo membro da banca: Morel, Jean Daniel
Terceiro membro da banca: Garcia, Paulo Oswaldo
Palavras-chave: Heterogeneidade edáfica
Vegetação em microescala
Caatinga arbórea
Caatinga de areia
Florestas tropicais sazonalmente secas
Edaphic heterogeneity
Small-scale vegetation patterns
Arboreal caatinga
Sedimentary caatinga
Seasonally dry tropical forests
Data da publicação: 24-Abr-2018
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: SOUZA, C. R. de. Relações fitogeográficas e padrões estruturais de microescala em uma floresta tropical sazonalmente seca. 2018. 62 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
Resumo: Este trabalho estudou um fragmento de Floresta Tropical Sazonalmente Secas com o objetivo de avaliar as relações entre variações edáficas de microescala e padrões florístico-estruturais de comunidades arbóreas, para testar a hipótese de que a heterogeneidade edáfica em microescala tem um papel diferenciador de comunidades e atua como potencializador de diversidade em Florestas Tropicais Sazonalmente Secas. O trabalho se baseou em dados de vegetação e solo coletados em 27 unidades amostrais de 20x20 m (400 m²) distribuídas de forma não contígua em um fragmento de Floresta Estacional Decidual localizado no município de Juvenília, Minas Gerais, Brasil. Dentro de cada unidade amostral, todos os indivíduos arbóreos com Circunferência a Altura do Peito (CAP) maior ou igual a 10,1 cm foram mensurados e identificados, e o solo coletado para formar amostras compostas. Identificamos três ambientes no fragmento, os quais comparamos com relação às atributos químicos e físicos do solo, assim como à composição e estrutura de suas comunidades. A relação entre os ambientes se deu de forma distinta para diferentes características do solo e das comunidades, com a diferenciação florístico-estrutural respondendo a heterogeneidade edáfica e ambiental dos três ambientes. Cada um apresentou uma combinação de espécies e características estruturais em resposta às suas condições ambientais específicas. Fatores biogeográficos também podem ter exercido influência significativa nos padrões ecológicos do fragmento, considerando a ocorrência de espécies não previstas para a região. Os resultados confirmaram a hipótese proposta, com a floresta de estudo apresentando complexidade florística-estrutural em microescala associada à heterogeneidade edáfica, que atua como fator importante para a diversidade em Florestas Tropicais Sazonalmente Secas. Os resultados apresentados reafirmam a diversidade das Florestas Tropicais Sazonalmente Secas e a necessidade da construção de conhecimento acerca de seu comportamento ecológico.
Abstract: This work studied a fragment of Seasonally Dry Tropical Forest with the aim of evaluated the relationships between microscale edaphic variations and tree communities floristic-structural patterns to test the hypothesis that micro-scale edaphic heterogeneity plays a differentiating role in communities and acts as a diversity potentiator in Seasonally Dry Tropical Forests. The work was based on vegetation and soil data collected in 27 sample units of 20x20 m (400 m²) distributed noncontiguously in a fragment of Seasonal Deciduous Forest located in Juvenília, Minas Gerais State, Brasil. Inside each one, all tree individuals with Circumference at the Breast Height (CBH) greater or equal to 10, 1 cm were measured and identified and the soil collected to form composite samples. We identified three environments in the fragment, which we compared with the chemical and physical soil attributes, as well as the composition and structure of their communities. The relationship between the environments was different for different soil and community characteristics, with the floristic-structural differentiation responding to the edaphic and environmental heterogeneity of the three environments. Each presented a combination of species and structural characteristics in response to their specific environmental conditions. Biogeographic factors may also have had a significant influence on the fragment ecological patterns, considering the occurrence of species not predicted for the region. The results confirmed the proposed hypothesis, with the study forest presenting floristic-structural complexity in microscale associated to soil heterogeneity, which acts as an important factor for the Seasonally Dry Tropical Forests diversity. The results presented in both articles reaffirm the seasonally dry tropical forests diversity and the need to build knowledge about their ecological behavior.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido do autor, até maio de 2019.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29105
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DCF - Engenharia Florestal - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.