Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29141
Título: Estudo comparativo de linhagens comerciais de frango de corte por meio de variáveis de desempenho e fisiológicas
Autor : Nogueira, Bernardo Rocha Franco
Lattes: http://lattes.cnpq.br/7771054286623255
Primeiro orientador: Bertechini, Antônio Gilberto
Primeiro membro da banca: Ramos, Alcinéia de Lemos Souza
Segundo membro da banca: Mazzuco, Helenice
Terceiro membro da banca: Meneghetti, Camila
Palavras-chave: Frangos de corte - Qualidade de carcaça
Índice seedor
Frangos de corte - Resistência óssea
Modelo de Gompertz
Broilers - Carcass quality
Seedor index
Broilers - Bone resistance
Gompertz model
Data da publicação: 3-Mai-2018
Agência(s) de fomento: Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Referência: NOGUEIRA, B. R. F. Estudo comparativo de linhagens comerciais de frango de corte por meio de variáveis de desempenho e fisiológicas. 2018. 69 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia)-Universidade Federal de Lavras, Lavras, 2018.
Resumo: A presente pesquisa foi conduzida com os objetivos estudar as diferenças fisiológicas de desempenho e qualidade de carcaça de quatro linhagens modernas de frango de corte. Foram utilizados 600 pintos de um dia de cada uma das linhagens comerciais Hubbard Flex, Cobb 500, Ross AP95 e uma nova linhagem francesa (machos e fêmeas). As aves foram criadas em um delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial 4x2 (linhagem x sexo), formando oito tratamentos com dez repetições totalizando 80 unidades experimentais. As aves e dietas foram pesadas semanalmente para posterior cálculo de consumo de ração, ganho de peso e conversão alimentar. Aos 21 e 42 dias de idade foram coletados sangue de uma ave por parcela para realizar exames de gasometria e hemograma completo das aves. Aos 42 dias de idade duas aves por parcela foram abatidas e determinado os rendimentos de carcaça, cortes e vísceras. Foram coletadas as tíbias das aves para determinar índice Seedor, porcentagem de cinzas ósseas e teste de resistência óssea. O modelo de Gompertz foi aplicado utilizando o peso vivo corporal para plotar uma curva de crescimento para cada linha genética em estudo e determinar o dia estimado para o máximo ganho de peso (DMax), o ganho de peso estimado diário (GPDia) e o dia estimado para primeira queda na taxa de ganho de peso (1ª queda). Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância para verificar os efeitos dos fatores (sexo e linhagem) e suas interações. Foi utilizado teste de Tukey e as diferenças foram consideradas significativas para p<0,05. Ocorreu interação entre os fatores em todas as fases avaliadas, para a maioria das variáveis de desempenho. Entre os machos a linhagem Ross AP 95 apresentou os melhores resultados de desempenho em todas as fases avaliadas. Para variável rendimento de carcaça não houve diferença significativa entre as linhagens (p>0,05). A linhagem Cobb500 apresentou maior rendimento de peito e a linhagem Hubbard Flex maior rendimento de coxa. As fêmeas apresentaram maior rendimento de vísceras comestíveis. Contrastando os valores estimados pela Gompertz com os valores observados, evidenciou que o modelo é adequado para estimar e avaliar o crescimento de diferentes linhagens de frango de corte. A superioridade da linhagem Ross AP95 foi predita pelo modelo proposto. Os machos apresentaram maiores valores para as medidas ósseas em relação às fêmeas e não houve diferenças significativas (P>0,05) para as análises hematológicas. Com base nos resultados apresentados observou-se que as aves da linhagem Ross AP95 apresentaram melhores resultados de desempenho. As linhagens não diferem nos parâmetros ósseos, mas os machos possuem melhor qualidade óssea em relação as fêmeas. As aves Cobb500 tiveram maior rendimento de peito, enquanto as aves Hubbard maior rendimento de coxa.
Abstract: This present research had as objectives to study the physiological differences in performance and carcass quality of different strains of broiler chicken. One hundred day old chicks of commercial lines Hubbard Flex, Cobb 500, Ross Ap95 and a new French lineage, males and females, were used. The birds were created in a completely randomized design in factorial arrangement 4X2 (lineage X sex), forming eight treatments with ten replications totaling 80 experimental plots. The birds received the same diets and were weighed weekly for subsequent calculation of feed intake, weight gain and feed conversion. At 21 and 42 days of age, blood was collected from one bird per plot to perform blood analysis. At 42 days of age two birds per plot were slaughtered and the yield of carcass, cuts and viscera determined. The tibias of the slaughtered birds were collected to determine seeder rate, percentage of bone ash and bone resistance test. The non -linear model of Gompertz was applied using body live weight to evaluate a growth curve for each gene line under study. Interactions occurred between the factors in most of the performance variables, except for CA up to the fifth week of age. Among males the Ross AP 95 strain presented the best performance results in all phases evaluated. For variable carcass yield there was no significant difference between the lines (P> 0.05). The cobb line presented higher breast yield and the Hubbard line had higher thigh yield. The females had a higher yield of edible viscera. Contrasting the values estimated by Gompertz with the observed values, showed that the model is suitable to estimate and evaluate the growth of different lines of broiler chicken. The precocity of the Ross AP95 lineage was predicted by the proposed model. The males had higher values for the bone parameters in relation to the females and there were no significant differences (P <0.05) for the hematological analyzes. Based on the presented results it was observed that there are differences between males and females and between the studied lines, but the differences occur in different levels within each line.
metadata.teses.dc.description: Arquivo retido, a pedido do autor, até abril 2019.
URI: http://repositorio.ufla.br/jspui/handle/1/29141
Publicador: Universidade Federal de Lavras
Idioma: por
Aparece nas coleções:DZO - Zootecnia - Mestrado (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Não existem arquivos associados a este item.


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.